Samsung diz que vai recuperar 157 toneladas de ouro, prata, cobalto e cobre através da reciclagem Note7

Agora que o Galaxy Note FE é oficial e já está disponível para compra na Coreia do Sul, a Samsung divulgou uma declaração sobre os esforços de reciclagem das unidades Galaxy Note7 recolhidas através das acções globais no ano passado.

Os telefones Note7 que não foram abertos e utilizados foram remodelados depois de instalar uma bateria menor de 3,200 mAh e renasceram como Note FE. E o resto dos Note7s? Bem, esses serão reciclados.

 

A Samsung diz que recuperará mais de 157 toneladas de ouro, prata, cobalto e cobre através do processo de reciclagem, que começará antes do final do mês. A empresa decidiu separar e reutilizar os principais componentes, como os displays AMOLED, os semicondutores de memória e os módulos da câmara "através de métodos de processamento ecológicos". Alguns desses componentes serão usados ​​como materiais de serviço (caso uma dessas unidades  Note FE tenha um problema), e o resto das peças serão vendidas.

O conglomerado vai cooperar com "empresas nacionais e estrangeiras" para extrair e reciclar as peças eletrônicas dentro do Note7. Tudo será feito de forma ecológica, para agradar a organizações ambientais. No futuro, a Samsung planeia liderar a indústria em termos de proteção ambiental e reciclagem de recursos.

Relacionado:  Samsung pretende enviar 7 milhões de equipamentos dobráveis este ano
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!