Samsung apostará em chips Exynos para economizar na produção de smartphones

Markennamen: "Samsung", Frankfurt am Main (nur fuer redaktionelle Verwendung. Keine Werbung. Referenzdatenbank: http://www.360-berlin.de. © Jens Knappe. Bildquellennachweis: Jens Knappe - 360-berlin.de. Veroeffentlichung nur bei Nennung des Urhebers sowie Honorierung und Beleg/ all rights reserved, unauthorized use prohibited. Kontakt/ Please contact: Tel. (0049)-(0)30-447 19 148 or (0049)-(0)177-6766763 - EMail: [email protected]. Bankverbindung: Konto-Nr. 419 40 23 108, Berliner Sparkasse, BLZ 100 500 00

“A Samsung aumentou a sua dependência da Qualcomm para chipsets de alta gama. No entanto, devido aos custos elevados, a empresa planeia aumentar o uso de chipsets Exynos nos seus dispositivos Galaxy a partir de 2024 para poupar dinheiro. Em 2023, a Samsung gastou quase 9 mil milhões de dólares em chipsets móveis.”

A Samsung e a sua aposta crescente nos chipsets Exynos

No universo dos smartphones, a Samsung tem vindo a estabelecer-se como uma referência em termos de tecnologia e inovação. Nos últimos anos, a empresa sul-coreana tem aumentado a sua dependência da Qualcomm para chipsets de alta gama, especialmente para os seus telemóveis dobráveis e a série Galaxy S23. No entanto, parece que a Samsung está a planear uma mudança estratégica neste sentido. Vamos descobrir o porquê.

Samsung apostará em chips Exynos para economizar na produção de smartphones 1

Exynos: O regresso ao jogo

Este ano, a Samsung decidiu reintroduzir o Exynos na sua linha de produtos, especificamente na linha Galaxy S24. Esta decisão surge num contexto em que os chipsets se tornaram um dos custos mais altos para a divisão móvel da Samsung. Se a Qualcomm aumentar os preços, a Samsung tem pouca escolha senão pagar o que é pedido. No entanto, acredita-se que os preços sejam consideravelmente altos, o que aponta para a possibilidade de que a Samsung pretende colocar os chipsets Exynos em mais dispositivos Galaxy a partir deste ano para poupar dinheiro.

Os custos dos chipsets para a Samsung

No ano passado, a Samsung gastou quase 9 mil milhões de dólares em chipsets móveis. De acordo com o relatório de negócios da Samsung Electronics de 2023, a divisão móvel da empresa gastou 8.87 mil milhões de dólares em chipsets móveis em 2023, um aumento de 3.1% em comparação com o ano anterior. Este aumento deve-se, em parte, ao facto de o preço dos chipsets móveis ter aumentado cerca de 30% em comparação com o ano anterior.

Vai gostar de saber:  Android previsto para crescer em dobro até 2024, ultrapassando iOS

Exynos-2400.jpg

Uma mudança de estratégia

Fontes indicam que a Samsung está a planear aumentar o uso de chipsets Exynos nos seus dispositivos Galaxy a partir de 2024. Este movimento ajudará a reduzir os custos de aquisição. Além disso, a Samsung também planeia investir na melhoria da competitividade dos seus chipsets Exynos para responder às preocupações dos utilizadores sobre o desempenho e a eficiência energética.

Os primeiros sinais de mudança

Já começamos a ver sinais desta mudança com a inclusão do Exynos 2400 na linha Galaxy S24. Segundo rumores, a Samsung pode adotar uma estratégia Exynos-only para a série Galaxy S25. Além disso, os novos Galaxy A35 e Galaxy A55 já apresentam chipsets Exynos, e a empresa também está a considerar a substituição dos chipsets MediaTek na sua linha de baixo custo pelo seu próprio chipset.

Conclusão

Em resumo, a Samsung está a fazer movimentos estratégicos para aumentar a sua independência em relação a fornecedores externos de chipsets, ao mesmo tempo que procura melhorar a competitividade dos seus próprios chipsets. Ficaremos a acompanhar de perto estes desenvolvimentos e a partilhá-los convosco aqui no AndroidGeek, a vossa fonte de confiança para todas as coisas relacionadas com tecnologia.

 

Via

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!