Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes?

A Huawei anunciou três modelos de smartphones emblemáticos para este ano: o Huawei P50 exclusivo da China, o Huawei P50 Pro, e o P50 Pocket dobrável. Este último é talvez o novo modelo mais apelativo da empresa, mas é o P50 Pro que vai deslumbrar aqueles que querem um equipamento poderoso que tire fotografias fantásticas.

O Huawei P50 Pro foi construído para impressionar, com uma roupagem totalmente nova e com habilidades fotográficas deslumbrantes. A Huawei salienta que o P50 Pro é um regresso à filosofia da marca que se baseia na fotografia de alto nível e usa as câmaras do telefone como o seu principal ponto de venda. Mas como sabemos demasiado bem, esse não é o único tema de conversa que surge quando se discute a icónica série P de Huawei. Leia a nossa análise do Huawei P50 Pro para saber mais.

 

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 1

 

O que precisa de saber sobre o Huawei P50 Pro

  • Huawei P50 Pro (SD888, 8GB/256GB): 1 149,99 €

A Huawei anunciou três modelos de smartphones emblemáticos para este ano: o Huawei P50 exclusivo da China, o Huawei P50 Pro, e o P50 Pocket dobrável. Este último é talvez o novo modelo mais apelativo da empresa, mas é o P50 Pro que vai deslumbrar aqueles que querem um equipamento poderoso que tire fotografias fantásticas.

A Huawei anunciou também algumas variantes do seu P50 Pro, mas o único modelo disponível para encomenda na Europa,, é o de 8GB de RAM, opção de armazenamento de 256GB por um total de 1 149,99 €. Nos mercados globais, o Huawei P50 Pro é enviado com um processador Snapdragon 888 do ano passado, em vez do Kirin 9000 SoC.

Devido às sanções aplicadas pelos EUA, a Huawei não pode vender telefones 5G a clientes internacionais. Assim, o telefone não só tem um processador mais antigo do que outros  lançados em 2022, como também não apresenta capacidades de 5G. Para os mercados globais, o telefone está também a executar o EMUI 12 (baseado no Android 11 de 2021), em vez da plataforma Harmony OS da própria Huawei, que é tão desejada na Europa. Em geral, o Huawei P50 Pro deixa algumas dúvidas em relação a quento tempo se manterá atual com o seu chipset mais antigo e uma versão de software que não é a mais recente. Naturalmente, o telefone continua a não contar com as aplicações e serviços Google também devido às consequências das sanções dos EUA.

Mesmo assim, o Huawei P50 Pro traz muita tecnologia de ponta, incluindo um ecrã OLED de 6,6 polegadas de 120Hz 2.700 x 1.228 OLED com amostragem táctil de 300Hz. Há também uma configuração quad-câmera da marca Leica com lentes monocromáticas, ultravioleta e telefoto, juntamente com capacidades de carregamento com e sem fios. Este é um membro da família P da Huawei e isso significa que é um equipamento espetacular em todos os sentidos.

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 8

A Huawei comercializa o P50 Pro em Cacau Gold, Golden Black, e Midnight Blue na Europa. O telefone vem com um carregador SuperCharge de 66W e um cabo USB-A para USB-C na caixa. O Huawei P50 Pro pode ser adquirido na loja online da Huawei e na Amazon em países europeus selecionados.

Qual é o aspecto do novo design?

Depois do Huawei P40 Pro um pouco volumoso, o P50 Pro é um regresso ao estilo elegante. O telefone tem apenas 8,5 mm de espessura, mas parece ainda mais elegante devido ao vidro curvo de 6,6 polegadas. O estilo do aparelho faz lembrar o próprio Mate 20 Pro da Huawei e isso é bom.

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 9

Na parte de trás, o Huawei P50 Pro é também muito apelativo. A configuração de câmara de dois anéis é icónica, embora não inteiramente única. A disposição de quatro câmaras diferentes é acentuada com um acabamento dourado que acrescenta algum brilho adicional. Este não é um visual pelo qual todos se apaixonarão, mas eu gosto muito.

O mais recente design da Huawei apresenta uma moldura de alumínio, mas é mais perceptível na parte superior e inferior do telefone. Os lados são demasiado finos para se poder senti-lo realmente. Na parte inferior, encontra-se uma grelha de altifalante, uma porta USB-C, e uma ranhura SIM que também inclui espaço para um cartão de memória Nano Expansível da Huawei.

 

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 10

A traseira de vidro é semelhante a outros equipamentos, mas o revestimento altamente reflector é um íman de impressões digitais, que é algo em que se deve pensar se forem daqueles que querem ter o vosso telefone sempre imaculado. O telefone tem a classificação IP68 para resistência ao pó e à água.

Quanto ao ecrã, o visor OLED do P50 Pro é óptimo para jogos, filmes, e afins. Há, no entanto, uma peculiaridade com o ecrã. Embora o P50 Pro tenha um painel de 120Hz, o seu padrão é o modo “Smart” da Huawwei, isto signifca que o painel alterna entre 60Hz e 120Hz para a grande maioria das aplicações. o modo 120Hz está lá, mas apenas para uma seleção de aplicações Huawei, tais como o Calendário ou o Explorador de Ficheiros.

Quão boa é a câmara da Huawei P50 Pro?

Naturalmente, uma das maiores razões para comprar um telefone Huawei durante a maior parte de meia década tem sido a sua capacidade de capturar imagem. O Huawei P50 Pro apresenta uma nova configuração de quad-câmera, combinando um sensor principal de 50MP com um sensor monocromático de 40MP, ultravioleta de 13MP, e um sensor telefoto de 64MP com um zoom óptico de 3,5x. Mas as suas capacidades não se medem apenas em números – a Huawei imbui a câmara com a sua tecnologia proprietária XD Optics e XD Fusion Pro Imaging Engine. Este último engloba o que a Huawei chama tecnologias Super HDR, Super Zoom, e AIS Pro.

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 11

Os resultados falam mais do que especificações e mais abaixo podem ver uma selecção de imagens capturadas no Huawei P50 Pro.

Como temos vindo a esperar da Huawei ao longo dos anos, a câmara é uma das melhores no ramo. Os detalhes e a exposição em boa iluminação são imaculados e as fotografias macro estão livre da distorção da lente que encontramos noutros smartphones. A lente principal pode lidar com fotos assuntos macro suficientemente bem, mas a câmara muda automaticamente para a lente ultrawide quando o foco está demasiado próximo.

Muito à semelhança do modelo do ano passado, o pacote de câmaras da Huawei é super rápido para focar, mesmo em assuntos em movimento. O telefone continua a superar os seus rivais também quando se trata de fotografia com pouca luz.

A minha única queixa é que as cores podem estar um pouco sobre-saturadas. Algumas da relva e do céu azul em fotos ao ar livre parecem um pouco exuberantes e vibrantes demais.

 

Ainda assim, isto não prejudica a versatilidade do telefone. Apesar dos números incriveís de Zoom os resultados que vão poder e querer usar são os de até 10x, isso é mais do que suficiente para praticamente todos os cenários. Mais importante, a qualidade de imagem é muito consistente quer esteja a filmar com o ultrawide, main, a 2x, 5x, ou a 10x. A qualidade de imagem diminui ligeiramente a distâncias mais longas com a câmara periscópio, particularmente quando se trata de cor e nitidez. O XD Fusion Pro da Huawei parece funcionar maravilhosamente. Finalmente, o ultrawide da Huawei dá-nos agora 4:3 em vez de apenas 16:9.

 

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 14

A câmara selfie também é flexível. É bastante larga por defeito, mas oferece opções para 0,8x e ultrawide também, caso seja necessário encaixar mais. Embora esta última opção tenha um pouco mais de distorção de perspectiva para ser útil em todas as circunstância, como habitual a Huawei oferece um conjunto de opções de retrato de ’embelezamento’, incluindo alisamento pele, contorno, e efeitos de fundo. Mas estes estão desativados por defeito, felizmente.

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 15

Quando se trata de vídeo, o Huawei P50 Pro oferece um pacote semelhante de características. A resolução de vídeo é limitada a 4K a 30 ou 60fps. Há também uma opção slo-mo que suporta captura de 1080p a 960fps, e um modo de dupla visualização para capturar usando as câmaras dianteiras e traseiras ou duas câmaras traseiras ao mesmo tempo. A tecnologia de estabilização de vídeo da Huawei é muito eficaz e o desempenho de baixa luminosidade, é também muito bem conseguido.

 

O Huawei P50 Pro tem aplicações Google?

É impossível falar de Huawei hoje em dia sem mencionar a situação do software. Infelizmente, a Huawei ainda não tem aplicações Google ou suporte GMS, o que significa que a experiência mais tradicional do Android não está disponível. Algumas aplicações, como Uber, não funcionam nativamente devido à ausência de suporte API, apesar do investimento da Huawei na sua alternativa HMS. Dito isto, há algumas soluções para a maioria das aplicações, se tiverem a vontade de procurar. Por exemplo, ainda se pode usar os serviços Uber através de uma alternativa de aplicação baseada na web.

Vai gostar de saber:  Huawei lança HarmonyOS para rivalizar com Android e iOS

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 22

Esta é uma experiência de software complicada, mas não só porque não tem os serviços do Google.

Vale também a pena notar que o SO EMUI 12 do telefone é baseado no Android 11, em vez do Android 12 ou o do próprio SO Harmony 2.0. Embora o telefone seja enviado com a actualização de segurança de Dezembro de 2021, o sistema operativo não suporta todas as APIs ou características mais recentes do Android. Também não sabemos se ou quando o telefone receberá uma actualização Android 12 ou por quanto tempo a Huawei irá suportar o telefone no futuro.

Ainda assim, se se conseguirem abtrair de tudo isto, o EMUI 12 é uma skin excelente, com muitas funcionalidades e optimizações este é um software com o qual outras marcas poderiam aprender uma coisa ou duas. Huawei está também a eliminar a sua dependência de outros ecossistemas com os seus próprios Livros, Música, e Vídeos. Os fãs Huawei podem encontrar utilidade nestes serviços mais integrados, embora lhes falte a profundidade de conteúdo de outros serviços. O ecossistema da Huawei também engloba Saúde, Jogos, Mapas, e as suas ferramentas de Colaboração Multi-ecrãs, juntamente com a habitual variedade de aplicações utilitárias.

Huawei tem abordado gradualmente alguns dos problemas derivados da situação GMS também, mas ainda não se trata de uma experiência sem falhas. Por exemplo, a pesquisa no ecrã inicial continua a encaminhar-nos para lojas de aplicações de terceiros para download. Mesmo a própria App Gallery da Huawei não mostra algumas aplicações a menos que introduza termos extremamente específicos. Pode encontrar a maioria (mas  não todas) as que precisa.

 

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 23 Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 24
Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 25 Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 26

 

 

Demasiadas aplicações da Huawei pedem para ter permissão para enviar ofertas através de notificações ou mensagens. Isto não é algo que se esperaria ver ao abrir o Petal Maps, por exemplo. Existem também anúncios incorporados na Petal Search, o que prejudica a experiência do utilizador. Ser confrontado com um anúncio em ecrã inteiro ao abrir a aplicação de vídeo é no mínimo irritante. O resultado final é uma experiência de software que não compatível com a etiqueta de preço.

E quanto ao desempenho e duração da bateria?

Com um Snapdragon 888, o desempenho é praticamente o que se esperaria de um smartphone 2021. No entanto, existem algumas melhorias de assinalar. Os resultados de referência abaixo estão ao nível de 2022, no entanto, os resultados do CPU foram inferiores aos dos telefones rivais, a menos que se ligue o modo de desempenho. Os valores de referência do CPU acabam por se aproximar mais do Kirin 9000 do ano passado ou mesmo do Snapdragon 865 de 2020 do que os valores típicos 888. A diferença entre os resultados do modo de desempenho ligado e desligado é de aproximadamente 15-20%. Felizmente, as pontuações da GPU não parecem ser afetadas.

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 27

GeekBench 5 — Default

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 28

GeekBench 5 — Performance Mode

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 29

3DMark Wild Life — Default

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 30

AnTuTu — Default

 

A Huawei tem sido historicamente mais agressivo do que a maioria quando se trata de gerir as aplicações em background, mas isto não parece ter tido um efeito tão significativo na vida da bateria desta vez. A bateria de 4,360mAh irá certamente durar um dia inteiro de uso moderado a intensivo. Mas não podem esperar dois dias de utilização completa com uma única carga.

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 31Tirar fotografias gasta a bateria muito mais rapidamente do que noutros telefones. Talvez os algoritmos da Huawei simplesmente não funcionem tão eficientemente em Snapdragon como funcionavam em Kirin? A Huawei tentou claramente trabalhar o consumo da bateria do telefone, mas o resultado final não parece estar no mesmo nível que os modelos da geração anterior.

Algo mais?

  • Carregamento rápido: Com 66W com fios e 50W de capacidade de Super Carga sem fios, o Huawei P50 Pro é um dos mais rápidos no mercado. O aparelho demora cerca de 55 minutos a carregar de 0% a 100%, o que é um pouco mais lento do que o nível de potência sugere. O Mate 30 Pro de 40W demora também cerca de uma hora. Embora seja necessário utilizar um carregador da Huawei para obter estas velocidades de pico, o telefone também carrega a 15W por USB Power Delivery.
  • Leitor de impressões digitais no ecrã: O leitor óptico de impressões digitais no visor funciona bem. Se não gostar desta opção, Huawei também suporta o desbloqueio facial. Mas como esta utiliza simplesmente a câmara frontal, não é a opção mais segura.
  • Bluetooth audio: Os codecs de áudio Huawei P50 Pro SBC, AAC, LDAC, e LDHC mas não há suporte para nenhuma das tecnologias aptX ou aptX HD da Qualcomm.
  • Connectividade: Infelizmente, não há suporte para 5G. O telefone também carece de Wi-Fi 6E. O Huawei P50 Pro não apresenta as capacidades de rede mais rápidas.

Especificações Huawei P50 Pro

  • Display 6.6-inch OLED 2,700 x 1,228 resolution ;120Hz refresh rate; 300Hz touch sampling
  • Processor: Qualcomm Snapdragon 888 (4G)
  • RAM: 8GB
  • Storage: 256GB; Nano Memory expandable storage, up to 256GB
  • Power: 4,360mAh battery; 66W wired charging; 50W wireless charging
  • Câmara Traseira:  50MP main (ƒ1.8, OIS) –  13MP ultrawide (ƒ2.2) – 64MP telephoto (ƒ3.5, OIS, AF) – 40MP monochrome (ƒ1.6)
  • Câmara Frontal: – 13MP main (ƒ2.4)
  • Certificação: IP68
  • Software: EMUI 12
  • Dimensões e peso; 158.8 x 72.8 x 8.5mm; 195g
  • Cores: Golden Black; Cocoa Gold

O Huawei P50 Pro é um equipamento com uma etiqueta de preço ambiciosa no entanto, tem alguns detalhes que não estão ao nível do preço Com um processador do ano passado, sem rede 5G, e sem suporte do Google, falta ao telefone funcionalidades chave de hardware e software que seriam de esperar de qualquer telefone a este preço. O ponto forte do Huawei P50 Pro é sem dúvid o seu excelente pacote de câmaras.

Análise Huawei P50 Pro : O Veredito

A Huawei continua a ser líder na indústria quando se trata de hardware e software de imagem, e o P50 Pro deixa poucas dúvidas nestes aspetos. Se estiver exclusivamente atrás de um dos melhores telefones com câmara, o P50 Pro é certamente uma opção que devem considerar. O restante hardware do telefone também é excelente, desde que ignorem o processador ligeiramente mais antigo, a duração média da bateria, e a falta de rede 5G.

Infelizmente, o hardware, por si só, não proporciona uma experiência de smartphone da melhor qualidade. O EMUI 12 tem algumas falhas; a falta do ecossistema do Google e uma versão antiga do Android podem ser um problema para alguns utilizadores.

Análise Huawei P50 Pro. Basta ter câmaras excelentes? 32
Huawei P50 Pro

 

A divisão de smartphones da Huawei está claramente num momento difícil, com software e hardware de chipset que não estão ao nível dos seus concorrentes. Eu estaria preparado para abdicar do 5G, em troca da excelente máquina fotográfica. Quanto ao software, a Huawei tentou resolver os problemas mais imediatos com ideias como Petal Maps e Search.

Infelizmente, o Huawei P50 Pro não se destacou significativamente do P40 Pro e apesar de ser um excelente equipamento a sua etiqueta de preço aliada às limitações que já detalhámos tornam difícil recomendar o Huawei P50 Pro.

78%
Bastar ter câmaras excelentes?

Análise Huawei P50 Pro

A Huawei continua a ser líder na indústria quando se trata de hardware e software de imagem, e o P50 Pro deixa poucas dúvidas nestes aspetos. Se estiver exclusivamente atrás de um dos melhores telefones com câmara, o P50 Pro é certamente uma opção que devem considerar. O restante hardware do telefone também é excelente, desde que ignorem o processador ligeiramente mais antigo, a duração média da bateria, e a falta de rede 5G.

  • Design
  • Ecrã
  • Câmaras
  • Bateria
  • Software
  • Conectividade

Infelizmente, o hardware, por si só, não proporciona uma experiência de smartphone da melhor qualidade. O EMUI 12 tem algumas falhas; a falta do ecossistema do Google e uma versão antiga do Android podem ser um problema para alguns utilizadores.

A divisão de smartphones da Huawei está claramente num momento difícil, com software e hardware de chipset que não estão ao nível dos seus concorrentes. Eu estaria preparado para abdicar do 5G, em troca da excelente máquina fotográfica. Quanto ao software, a Huawei tentou resolver os problemas mais imediatos com ideias como Petal Maps e Search. 

Infelizmente, o Huawei P50 Pro não se destacou significativamente do P40 Pro e apesar de ser um excelente equipamento a sua etiqueta de preço aliada às limitações que já detalhámos tornam difícil recomendar o Huawei P50 Pro.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!