Android Geek
O maior site de Android em Português

Resultados Negativos da Samsung poderão levar ao fecho de fábrica na China

Não é nenhum segredo que a Samsung vem a enfrentar uma forte concorrência no mercado chinês de smartphones. Há uma intensa concorrência no mercado, não apenas da Apple no segmento de alta tecnologia, mas de fabricantes locais que têm como alvo clientes em todos os segmentos, no maior mercado mundial de smartphones.

A quota de mercado da Samsung na China, caiu abaixo de 1 por cento mais uma vez no segundo trimestre deste ano. Embora a empresa tenha prometido fazer mais para reverter este cenário, resta saber se isso realmente irá acontecer. Talvez a empresa esteja agora a pensar em alguma contenção de custos, porque tudo indica que poderá fechar uma das suas duas fábricas de smartphones na China.

De acordo com um novo relatório, a Samsung está a pensar em fechar uma das seus duas fábricas de smartphones na China, devido às vendas fracas e ao aumento dos custos de pessoal. A empresa deverá suspender as operações da fábrica de Tianjin Samsung Telecommunication (TSTC) em Tianjin, norte da China, no próximo ano.

Resultados Negativos da Samsung poderão levar ao fecho de fábrica na China 1

Segundo as últimas informações, a marca terá informado os seus fornecedores sobre esta decisão. “A Samsung diz que não haverá mais pedidos de Tianjin”, disse uma fonte ETNews, acrescentando que “Isto significa suspender a produção lá”.

A fábrica em Tianjin foi criada em 2001, quando a Samsung deu um grande impulso na China. Ela desempenhou um papel importante como centro de produção global da Samsung, mas depois foi reduzido para atender o mercado local, à medida que a empresa transferia instalações de produção para mercados emergentes como o Vietname.

A Samsung também possui uma unidade de produção em Huizhou, no sudeste da China, além da fábrica de Tianjin. Poderá ser a última fábrica de smartphones que a Samsung irá possuir no país, se este relatório se tornar verídico. Embora a empresa não tenha confirmado oficialmente a paralisação iminente, um executivo da Samsung não identificado disse aos media que reduziram a produção na fábrica de Tianjin, e que irão continuar a fazê-lo no futuro. Mas ainda não decidiram sobre a sua total paragem.

 

Via

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link