Redmi 10 totalmente revelado por loja que não sabe guardar segredos

Rumores sobre o Redmi 10 já apareceram na rede, onde a ênfase foi colocada no facto de se tornar um dos smartphones acessíveis com uma câmara de 50 megapixels.

Xiaomi já apresentou a linha Redmi Note 10 este ano, e agora a décima geração deve contemplar a série padrão Redmi. Rumores sobre o Redmi 10 já apareceram na rede, onde a ênfase foi colocada no facto de se tornar um dos smartphones acessíveis com uma câmara de 50 megapixels. E ontem, quase todas as características da Redmi 10, que foram encontradas no website de uma das lojas em Singapura.

Redmi 10

O vendedor indica que o smartphone terá um ecrã de 6,5 polegadas com resolução FullHD + e uma taxa de actualização de 90 Hz, uma bateria de 5000 mAh com carregamento rápido de 18 watts, uma porta USB Type-C 2.0 e suporte para Bluetooth 5.0.

Redmi 10 totalmente revelado por loja que não sabe guardar segredos 1

O Redmi 10 é creditado com o mais recente chip Helio G88 com acelerador de vídeo Mali-G52 MC6; 6 GB de RAM e 128 GB de armazenamento. A resolução da câmara de selfie é de 8 megapixels e a câmara principal recebeu quatro sensores de 50 MP + 8 MP + 2 MP + 2 MP. É fácil assumir que um grande angular e um par de módulos inúteis para análise de profundidade e fotografia macro funcionarão em coordenação com o sensor principal.Redmi 10 totalmente revelado por loja que não sabe guardar segredos 2

Além disso, as dimensões do Redmi 10 são 162×75,3×8,95 mm e o ecrã deve ter proteção Gorilla Glass 3. O dispositivo irá executar a MIUI 12 com base no sistema operativo Android 11. A imagem do smartphone indica que pode ter uma configuração rectangular para a câmara traseira, onde o sensor principal tem uma borda prateada ao estilo Xiaomi Mi 10 Ultra. De acordo com a fonte, o painel posterior é de plástico.

Relacionado:  Nova série Vivo NEX será lançada em 2022 e será atualizada regularmente

Redmi 10 totalmente revelado por loja que não sabe guardar segredos 3

Segundo a Counterpoint, a Xiaomi ultrapassou a Samsung pela primeira vez na história; tornando-se o maior fabricante de smartphones do mundo em termos de vendas em Junho de 2021. A empresa coreana detém uma posição de liderança no mercado há muitos anos, mas a Xiaomi tem gradualmente feito crescer a sua quota.

Ao considerar os dados relativos a todo o segundo trimestre de 2021;  a Samsung ainda mantém a  liderança. No entanto, em Junho, a Xiaomi enviou 17,1% do total de smartphones do mundo. A Samsung segue com 15,7% de quota de mercado e a Apple com 14,3%. De acordo com o relatório, a Xiaomi registou um aumento de 26% em relação ao mês anterior. Assume-se que a perda da posição da Samsung se deve à oferta limitada causada pela escassez de componentes.

A Counterpoint espera que a Samsung recupere a sua posição de liderança assim que as questões de abastecimento forem resolvidas. Os analistas salientam que o declínio da Huawei, causado pelas sanções dos EUA, também contribuiu para o crescimento de Xiaomi.

Desde a sua estreia em 2011, a empresa já vendeu mais de 800 milhões de smartphones e ganhou um exército de fãs. Além disso, durante vários anos Xiaomi tem sido o líder na Índia (segundo maior mercado mundial atrás da China) ; e no segundo trimestre, tornou-se o líder no mercado europeu.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!