Realme vai ser a primeira fabricante com o novo chipset Snapdragon 778G

‎De acordo com informações partilhadas no twitter da fabricante Realme, o smartphone tem o nome de código “Quicksilver” e ‎‎a Realme‎‎ está a trabalhar em estreita colaboração com ‎‎a Qualcomm‎‎ no seu desenvolvimento.‎

‎Ontem, ‎‎a Qualcomm‎‎ anunciou um novo chipset chamado ‎‎Snapdragon 778G‎‎. Espera-se que este chipset de 6nm apareça brevemente em novos smartphones, e segundo as informações que nos chegam através da Realme, esta será uma das primeiras fabricantes a lançar um telefone alimentado pelo novo chipset de gama média da Qualcomm.‎

‎De acordo com informações partilhadas no twitter da fabricante Realme, o smartphone tem o nome de código "Quicksilver" e ‎‎a Realme‎‎ está a trabalhar em estreita colaboração com ‎‎a Qualcomm‎‎ no seu desenvolvimento.‎

‎As especificações do smartphone que irá ter este novo chipset da Qualcomm, ainda são um mistério de momento, tal como o seu design. No entanto, esperamos que ele tenha umas características impressionantes, para a sua gama.‎

‎O Snapdragon 778G é um processador octa-core com núcleos de CPU Kryo 670 (Cortex-A78) com clock a 2.4GHz. Possui uma GPU Adreno 642L, um Hexagon 770 AI Engine e um Spectra 570L ISP. O chipset suporta displays com resoluções de até FHD+ e taxas de atualização de até 144Hz.‎

Relacionado:  Honor 50 SE visto no Geekbench com MediaTek Dimensity 900

Realme vai ser a primeira fabricante com o novo chipset Snapdragon 778G 1

‎Há um modem Snapdragon X53 que traz suporte para redes mmWave e Sub-6. Também tem suporte para redes SA e NSA. A Qualcomm diz que a velocidade máxima de download sobe para 3,3Gbps. O chip tem o FastConnect 6700 da Qualcomm, bem como suporte para Wi-Fi 6E, Wi-Fi 6, Bluetooth 5.2 e NavIC. A Qualcomm também adicionou suporte para a tecnologia AptX Adaptive Audio e Snapdragon Sound Suite.‎

Em notícias relacionadas, a Realme irá lançar em breve o GT Neo Flash Edition, principalmente com novidades no carregamento, substituindo a bateria de uma célula de 4500mAh (típica) por uma bateria de 4440mAh de duas células (nominal), e com o carregamento flash de 50W para 65W. Além disso, o Realme GT Neo Flash Edition vai estar equipado com o chipset Dimensity 1200, as mudanças de configuração não são muito significativas. Apresentar este produto com carregamento mais poderoso, o motivo pode ser entrar na guerra do carregamento rápido de 65W ± para o segmento de baixo preço.

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!