Android Geek
O maior site de Android em Português

Quem é a BBK, o segundo maior fabricante de telefones do mundo?

A Huawei tem vindo a tentar consolidar a sua posição como segunda maior marca nos mercados asiáticos e europeus. Mas a sua posição foi posta em risco devido ao facto da Huawei ter sido ostracizada por uma proibição de negociar com os mercados dos EUA e comprar Tecnologia Made In USA.

A Huawei tem vindo a tentar consolidar a sua posição como segunda maior marca nos mercados asiáticos e europeus. Mas a sua posição foi posta em risco devido ao facto da Huawei ter sido ostracizada por uma proibição de negociar com os mercados dos EUA e comprar Tecnologia Made In USA.

Atualmente, o mercado de smartphones tem vários grandes players, fora das marcas mais populares como Apple e Samsung temos a Huawei que tem vindo a tentar consolidar a sua posição como segunda maior marca nos mercados asiáticos e europeus. Mas a sua posição foi posta em risco devido ao facto da Huawei ter sido ostracizada por uma proibição de negociar com os mercados dos EUA e comprar Tecnologia Made In USA. Isto abre a porta a outros intervenientes como a BBK Electronics.

A BBK é uma empresa multinacional chinesa. Possui várias marcas em vários mercados de electrónicos de consumo, onde se incluem fones de ouvido, aparelhos de Blu-ray e smartphones. A BBK também detém várias das principais marcas de smartphones, onde se incluem nomes que vos poderão surpreender - Oppo, Vivo, Realme e OnePlus.

Quem é o grupo BBK?

A BBK Electronics atua em várias seções da indústria eletrónica da China desde os anos 90. Duan Yongping é o bilionário que lidera empresa. Depois de gerar com sucesso mais de mil milhões de Yuan com a consola de jogos "Subor", um concorrente do Nintendo Entertainment System, Duan deixou o cargo de gestor de uma fábrica chinesa em 1995 e de seguida, fundou a empresa Bubugao, que eventualmente se tornaria o grupo BBK. A empresa agora possui fábricas espalhadas por 10 hectares de terra e mais de 17.000 funcionários.

Quem é a BBK, o segundo maior fabricante de telefones do mundo? 2

A BBK Electronics começou por fabricar uma variedade de aparelhos de CD, MP3 e DVD, assim como outros aparelhos domésticos. Eles apareceram numa variedade de produtos e marcas globais. Em 2004, Duan fundou a Oppo com o CEO Tony Chen. A Oppo aproveitou a experiência de Duan no mercado de vídeo e vendeu aparelhos de DVD e Blu-ray, antes de entrar no mercado de smartphones.

Conheçam as marcas BBK

 

Vivo

A Vivo foi a primeira grande subsidiária da BBK. Fundada por Duan e o CEO da Vivo, Shen Wei, em 2009. Os primeiros smartphones da Vivo apareceram em 2011 com foco em formatos ultrafinos, além de contar com o apoio de celebridades para capitalizar o boom dos smartphones. O principal negócio da Vivo são os gama média cheios de recursos, mas também ganharam lugar de destaque nas manchetes nos últimos anos com telefones conceito como o Vivo Apex e a série Vivo Nex.

Vivo Nex
Vivo Nex

Realme

A Realme é na verdade um spin-off semelhante, mas muito mais recente da Oppo. A Realme foi criada por Sky Li (Bingzhong Li), anteriormente vice-presidente da Oppo Electronics, a 4 de maio de 2018. A marca apareceu originalmente na China como Oppo Real em 2010, antes de mudar de nome e entrar numa série de novos mercados, onde se incluem Europa e Índia, em 2018 e 2019. Os telefones da Realme combinam tecnologia FlagShip com preços acessíveis.

Realme 3 Pro
Realme 3 Pro

Segundo ou terceiro lugar, dependendo de a quem se pergunta

Quando falamos de smartphones, a BBK Electronics é um gigante incontornável, mesmo que a maioria dos consumidores nunca tenha ouvido falar deste nome. A Oppo e a Vivo têm sido grandes participantes não apenas no mercado chinês de smartphones, mas também internacionalmente. A OnePlus e a Realme estão a crescer rapidamente em diversos mercados e adicionam vendas e volume de negócio ao grupo BBK.

Quem é a BBK, o segundo maior fabricante de telefones do mundo? 3

Na China, Oppo e Vivo conseguiram superar a taxa de crescimento da outrora aparentemente invencível Xiaomi construindo uma rede de lojas locais, enquanto a Xiaomi se concentrava nos seus esforços online. Apple e Samsung têm se esforçado para acompanhar a natureza competitiva em termos de custo das marcas da China, onde se incluem as da rede BBK.

Numa escala global, com base nos dados da CounterPoint , as quotas de mercado combinadas da marca BBK colocam-na em segundo lugar no final de 2019. Na última contagem, a BBK está à frente da Huawei e Honor e está logo atrás da Samsung em termos de remessas e participação globais. A Apple manteve o segundo lugar com o seu novo lançamento no quarto trimestre. No entanto, está no quarto lugar no panorama global das coisas.

Observar as marcas BBK individualmente mostra uma imagem bastante diferente. O pódio faz-se como esperado por Samsung, Huawei e Apple, respectivamente. A Oppo continua a ser a maior marca individual da BBK e está apenas alguns pontos percentuais atrás da Apple na luta pelo terceiro.

Este sucesso deve-se principalmente ao enorme crescimento em mercados como China e Índia. As marcas chinesas capitalizaram nos seus mercados domésticos e a proposta de valor pelo dinheiro resultou bem nos mercados da Índia e do Sudeste Asiático. Combinado com marketing agressivo e investimentos em elaboradas redes de venda, o líder de mercado da Índia, Xiaomi, começou a sentir a pressão.

As estimativas do mercado têm sempre alguma margem de erro, mas os dados mostram uma corrida pelo segundo lugar entre BBK e Huawei no cenário global mais abrangente. Os dois também não estão muito atrás da Samsung, 2020 vai ser um ano de confrontos ferozes.

Grupo BBK está a chegar a Portugal

A BBK Electronics não está satisfeita por ter apenas uma forte liderança na China. A empresa está a lutar com a Xiaomi pelo primeiro lugar na Índia, que continua a ser um mercado em crescimento. Ainda que, a Realme e OnePlus estejam, a alargar os horizontes da empresa fora da Ásia. A BBK lançou outra marca chamada ikoo há alguns anos. Essa submarca de smartphones aproveita a experiência em brinquedos electrónicos educacionais para crianças para criar o primeiro aparelho educacional do mundo.

Oppo está prestes a entrar em Portugal e esperamos que traga o Oppo Find X2 no bolso

A Oppo é uma empresa Chinesa que não deve nunca ser subestimada. A Oppo faz parte do grupo BBK do qual também fazem parte "tubarões" *com a OnePlus e Vivo. 

A Oppo foi responsável nos ultimos anos por grande parte da tecnologia de ponta na indústria de smartphones, vimos o Super Zoom de 10x do Oppo Reno (antes de qualquer outra marca),  entre outras coisas como carregamento rápido , capaz de envergonhar qualquer concorrente.

A Oppo enviou convites a especialistas e media Portugueses para um evento pré-MWC 2020 a acontecer dia 22 de feveiro em Barcelona. Esta é uma prova irrefutável que a OPPO está empenhada em dar a conhecer aos meios nacionais o que de melhor tem para 2020, o que indica que veremos uma presença, que esperamos forte, no mercado Português nos próximos meses.

OPPO Find X2 poderá ser a surpresa que o mercado Português merece

O OPPO Find X2 é um dos smartphones chineses mais esperados deste ano. O telefone será lançado como sucessor do Find X de 2018 que fez suspirar um pouco por todo o mundo. Como habitual, antes do lançamento do telefone, as especificações começaram a aparecer nos cantos recônditos da web. Hoje, uma fonte habitual de segredos da indústria revelou detalhes sobre o ecrã do OPPO Find X2.

OPPO Find X2 em destaque

No mês passado, quando foi confirmado que o Find X2 será lançado este ano, o Vice-presidente da OPPO, Brian Shen, revelou que o telefone terá um ecrã melhor do que o antecessor. Isso não deve surpreender, já que os Displays têm tido uma atenção redobrada por parte dos fabricantes e a par do 5G serão um dos pontos de venda de smartphones em 2020.

De acordo com a informação disponível o ecrã do Find X2 terá uma resolução QHD + e uma taxa de atualização de 120Hz. A resolução é realmente 3168 x 1440 e o ecrã é um painel OLED curvo fabricado pela Samsung. A fonte acrescenta que o ecrã mede cerca de 6,5 polegadas de tamanho e tem um único orifício no canto superior esquerdo para uma câmara selfie.

A OPPO permitirá que os utilizadores alternem entre FHD + e QHD + e poderão escolher entre uma taxa de atualização de 60Hz ou uma taxa de atualização de 120Hz, independentemente da resolução em que o ecrã estiver definido. Os fãs da Samsung ficarão descontentes, pois a série Galaxy S20 só poderá mudar para 120Hz quando a resolução estiver definida como FHD +.

Embora uma combinação de uma resolução QHD + e uma taxa de atualização de 120Hz afete negativamente a vida da bateria, dar a opção aos utilizadores de escolherem qual a combinação que desejam usar é a coisa mais inteligente a fazer.

O OPPO Find X2 terá um processador Snapdragon 865 e um modem Snapdragon X55 para suporte à rede 5G. A previsão é de lançamento neste trimestre, portanto esperamos que mais fugas de informação sejam conhecidas em breve.

O AndroidGeek estará no MWC 2020 a convite da Oppo e trar-vos-á todas as novidades da marca para 2020

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais