Android Geek
O maior site de Android em Português

Qualcomm Snapdragon 855 deverá novamente ser construido pela Samsung no processo de 7nm

Tal como na geração anterior, o Snapdragon 855 da Qualcomm, deverá ser fabricado pela Samsung, que vem contrariar os rumores de dezembro, que dava conta que a Qualcomm já tinha entregue esse trabalho à TSMC. Embora a TSMC e a Qualcomm possam já ter chegado a um acordo sobre o fabrico do novo chip móvel, a Qualcomm ainda pode retornar à Samsung e pode estar inclinada a fazê-lo, uma vez que a sul-coreana concluiu o processo EUV de 7 nm seis meses antes do previsto. Embora as novas soluções da empresa não estejam prontas para suportar a produção de fluxo até o segundo semestre do ano, a Qualcomm provavelmente não planeia fabricar o Snapdragon 855, em massa, antes do final de 2018.

Ao ter a primeira operação de fundição capaz de utilizar a luz ultravioleta extrema para produzir chips móveis contemporâneos, a Samsung deve ser capaz de fornecer SOCs que permita eficiência energética e desempenho sem precedentes em larga escala, e com melhores taxas de rendimento que a TSMC, porque reduz os tempos e os ciclos de produção, alem de diminuir a frequência de erros durante o processo de criação de chips. Não se espera que os custos de fabrico diminuam de maneira significativa, pelo menos não em relação à primeira geração de soluções EUV de 7nm, embora outros benefícios sejam por si só grandes o suficiente para que a Samsung a invista na tecnologia.

Qualcomm Snapdragon 855 deverá novamente ser construido pela Samsung no processo de 7nm 1

Os chips de 7nm da TSMC ainda serão fabricados com litografia ultravioleta profunda utilizada para as duas últimas gerações de nós de processo que não podem garantir taxas de rendimento comparáveis ​​às esperadas de soluções baseadas em EUV, embora nenhuma tecnologia beneficie diretamente o produto final em si. Os projetistas de nodos da Samsung já disseram que pensarão em mudar para o processo de 5nm, quando o de 7nm estiver totalmente preparado para a produção em massa.

Isso tudo poderá fazer com a que a Qualcomm retorne à Samsung com o Snapdragon 865 destinado a ser produzido no final de 2019.

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉
Através de digit

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link