Processador Snapdragon 8 Gen4 vai ultrapassar os 4GHz

Qualcomm redesenha o Snapdragon 8 Gen4 para competir com o Apple M4/A18 Pro. Processador terá 4.26GHz e arquitetura Nuvia Phoenix. Batalha de alto desempenho à vista! Descubra como o novo Apple Bionic A18 Pro desafia o Snapdragon 8 Gen4 com pontuações de benchmark impressionantes e a arquitetura ARMv9. A competição entre Apple e Qualcomm promete inovação no mercado de smartphones.

Qualcomm Redesenha Snapdragon 8 Gen4 para Competir com Apple

Numa tentativa de se manter competitiva no mercado de chipsets de smartphones em constante evolução, a Qualcomm está a redesenhar o seu próximo processador Snapdragon 8 Gen4 para aumentar a frequência alvo para impressionantes 4,26GHz. Esta decisão estratégica surge em resposta ao lançamento antecipado do poderoso chipset M4/A18 Pro da Apple, que se espera alimentar a série iPhone 16.

Snapdragon 8 Gen4

Confiança da Qualcomm no Snapdragon 8 Gen4

De acordo com o blogger jasonwill101, a Qualcomm tem confiança no processador Snapdragon 8 Gen4 redesenhado. A empresa acredita que atingirá a frequência alvo de 4,26GHz com a tecnologia de processo de 3 nanómetros “N3E” da TSMC. Esta confiança advém da adoção da arquitetura Nuvia Phoenix desenvolvida pela Qualcomm, que se espera oferecer vantagens de desempenho superiores em comparação com a arquitetura ARM. O Snapdragon 8 Gen4 também contará com uma CPU Oryon única com seis núcleos de desempenho personalizados, prometendo um desempenho superior em comparação com o Dimensity 9400 da MediaTek. O diretor de marketing da Qualcomm, Don McGuire, deu a entender a “evolução da nossa história da NPU”, sugerindo melhorias significativas na unidade de processamento neural.

Adoção da Arquitetura Nuvia Phoenix

A Qualcomm tomou uma grande decisão ao abandonar a arquitetura pública ARM e, em vez disso, adotar a sua própria arquitetura Nuvia Phoenix para o Snapdragon 8 Gen4. Esta mudança marca a primeira vez que a Qualcomm desenvolveu completamente um sistema em um chip (SoC). A arquitetura Nuvia Phoenix deverá oferecer vantagens de desempenho superiores em comparação com a arquitetura ARM, graças à aquisição da Nuvia pela Qualcomm, uma empresa conhecida pela sua experiência em design de processadores de alto desempenho.

Os esforços da Qualcomm para lidar com a pressão competitiva e os desafios técnicos, evidenciados pelo redesenho do Snapdragon 8 Gen4, implicam que o mercado de smartphones se tornará ainda mais competitivo no futuro. À medida que os fabricantes de chipsets se esforçam para oferecer o melhor desempenho e funcionalidades, os consumidores podem esperar avanços significativos nas capacidades dos smartphones.

Snapdragon 8 Gen 4

Processo de Fabrico e Eficiência Energética

O Snapdragon 8 Gen4 deverá ser o primeiro chip da Qualcomm a utilizar o nó de processo de 3 nanómetros. Isso poderá resultar em melhorias na miniaturização e eficiência energética. No entanto, o aumento da velocidade do relógio para 4,3GHz do núcleo principal pode resultar em maior consumo de energia e possíveis problemas de sobreaquecimento. A Qualcomm terá de equilibrar cuidadosamente o desempenho e a eficiência energética para garantir uma experiência do utilizador fluida. Os fabricantes de telemóveis poderão precisar de usar áreas de dissipação de calor maiores para garantir que o Snapdragon 8 Gen4 consiga manter níveis elevados de desempenho.

Vai gostar de saber:  O mundo dos jogos abre as portas para os dispositivos Apple

É importante notar que o processador Snapdragon 8 Gen4 não suporta a função de Extensão de Matriz Escalável (SME). Em contraste, o próximo chipset A18 Pro da Apple deverá adotar a arquitetura ARMv9 e suportar a tecnologia “Scalable Matrix Extension”. Esta diferença de funcionalidades pode ter levado a Qualcomm a aumentar a frequência alvo do Snapdragon 8 Gen4 para reduzir a diferença de desempenho com os seus concorrentes.

Apple Bionic A18 Pro: Um Concorrente Formidável

O Apple Bionic A18 Pro, que poderá alimentar o iPhone 16 Pro e o iPhone 16 Pro Max, tem gerado bastante interesse recentemente devido a uma fuga de informação sobre a pontuação nos testes de benchmark. Construído com tecnologia de ponta, este chip integrará funcionalidades avançadas. Também se concentrará na eficiência e potência. Assim, esperamos que o A18 Pro ofereça velocidades ultrarrápidas e capacidades de multitarefa sem falhas.

A17 Bionic

De acordo com os relatórios, o A18 Pro obteve 3.300 pontos no teste de núcleo único e 8.200 pontos no teste de múltiplos núcleos. Estas pontuações representam um aumento significativo em relação ao A17 Pro, que obteve 2.898 pontos no teste de núcleo único e 7.201 pontos no teste de múltiplos núcleos. Embora o Snapdragon 8 Gen4 possa superar o A18 Pro em desempenho de núcleo único, espera-se que o A18 Pro supere o Snapdragon 8 Gen4 nos testes de múltiplos núcleos. Além disso, o A18 Pro poderá superar o chip M3 da Apple no MacBook Pro de 14 polegadas.

Uma das principais vantagens do Apple Bionic A18 Pro reside na sua unidade neural, que melhora o desempenho da IA e permite uma variedade de funcionalidades inteligentes, como processamento de imagem avançado e tarefas de aprendizagem automática. Esta unidade neural não só melhora o desempenho geral do dispositivo, mas também abre caminho para possibilidades emocionantes em realidade aumentada e fotografia computacional, tornando o A18 Pro uma potência versátil para uma ampla variedade de aplicações.

Conclusão

A batalha entre o Snapdragon 8 Gen4 da Qualcomm e o Bionic A18 Pro da Apple promete ser emocionante, com ambos os chipsets a prometerem melhorias significativas de desempenho. A decisão da Qualcomm de aumentar a frequência alvo do Snapdragon 8 Gen4 para 4,26GHz e adotar a sua arquitetura Nuvia Phoenix demonstra o compromisso da empresa em permanecer competitiva no mercado.

Fonte

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!
Deixe um comentário