Prepare-se: o preço da sua subscrição Spotify pode aumentar

O Spotify planeia aumentar os preços e introduzir um novo plano de assinatura. A mudança inclui um aumento de $1 para individuais e $2 para casais e famílias, e um novo plano de $11/mês sem anúncios, mas sem audiolivros.

Preparem-se, amantes de música! O gigante do streaming de música, Spotify, está a abanar as águas com aumentos de preços e um novo plano de assinatura. Se adoras o Spotify mas odeias anúncios, então prepara-te para abrir um pouco mais os cordões à bolsa.

Segundo a Bloomberg, muito em breve o Spotify vai aumentar os preços. Até ao final de Abril, as assinaturas premium em locais como o Reino Unido, Austrália e Paquistão vão subir – mais $1 para indivíduos e $2 para casais e famílias. Os EUA não serão excepção, apenas o aumento de preço será aplicado mais tarde no ano.

Interessado em Audiobooks? Vai Ter de Pagar Mais

 

Aqui é onde as coisas ficam interessantes: o Spotify está alegadamente a adicionar um novo patamar de $11/mês – o mesmo preço que o plano Premium actual. Este plano oferece-te música e podcasts sem anúncios, mas os audiobooks estão fora de questão. Simplesmente, se queres audiobooks, vais ter de pagar mais.

 

Prepare-se: o preço da sua subscrição Spotify pode aumentar 1

 

Esta é uma novidade intrigante, considerando que o Spotify acabou de lançar o seu plano de audiobooks de $9.99 no mês passado. Além disso, ofereceu 15 horas gratuitas de conteúdo de audiobook no plano premium nos EUA. O Spotify tem sido bastante consistente com os preços até ao aumento do ano passado. Então, por que é que estão a implementar um aumento de preço agora? Posso pensar em duas grandes razões:

 

    • Os audiobooks custam dinheiro: Adicionar audiobooks significou fazer acordos com editoras. O Spotify precisa de dinheiro para cobrir esses custos em cima do que já paga pela música.
Vai gostar de saber:  Mensagens Google: Como editar mensagens enviadas agora é possível

 

    • As editoras de discos querem a sua parte: O Spotify esperava que os audiobooks diminuíssem a sua dependência de acordos musicais. Mas as editoras discográficas não estavam felizes com a possibilidade de receber menos, por isso pressionaram por preços mais altos para compensar.

 

Os Utilizadores Vão Aceitar o Aumento?

A questão agora é se os utilizadores vão considerar ter audiobooks como uma razão suficientemente boa para justificar um aumento de $1/mês, ou se vão mudar de planos para manter o mesmo preço que antes. Também é difícil dizer se as pessoas vão abandonar o Spotify por causa disto.

O aumento do ano passado não assustou os utilizadores, considerando que o Spotify na verdade ganhou assinaturas depois disso. No entanto, só o tempo dirá como esta última ronda irá impactar os seus ouvintes leais.

Como sempre, vamos continuar de olho nas novidades do mundo da tecnologia e a partilhar contigo as mais importantes. Para não perderes pitada, mantém-te ligado ao AndroidGeek, a tua fonte de confiança para tudo o que envolve tecnologia.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!