Pesquisa Google vai ajudar Europeus a Poupar Energia em resposta à Crise

As pessoas estão a recorrer ao Google para perguntar sobre conservação de energia e gestão de custos. Em resposta, o Google está a lançar uma nova funcionalidade em 29 países europeus para ajudar as pessoas a encontrar informação relevante e accionável sobre a poupança de energia.

A crise energética na Europa está a agravar-se, com os preços a subir e as tensões a aumentar. Esta situação é causada pela guerra ilegal da Rússia na Ucrânia. As pessoas estão a recorrer ao Google para perguntar sobre conservação de energia e gestão de custos. Em resposta, o Google está a lançar uma nova funcionalidade em 29 países europeus para ajudar as pessoas a encontrar informação relevante e accionável sobre a poupança de energia.

Pesquisa Google vai ajudar Europeus a Poupar Energia em resposta à Crise 1

O que deve saber:

  • A Europa enfrenta uma crise energética, com preços a subir e pressões sobre a rede.
  • Esta situação é motivada pela guerra ilegal da Rússia na Ucrânia.
  • As pessoas recorrem ao Google para fazer perguntas sobre a conservação de energia e a gestão dos seus custos
  • Em resposta, o Google está a lançar uma nova funcionalidade em 29 países de toda a Europa para ajudar as pessoas a encontrar informação relevante e accionável sobre a poupança de energia.

O Google tem sido sempre um recurso valioso para as pessoas que procuram informação sobre qualquer tópico. Mas em tempos de crise, o Google pode ser uma ferramenta ainda mais indispensável. É por isso que a empresa está a lançar uma nova funcionalidade de “poupar energia” em 29 países europeus. O objectivo é ajudar as pessoas a encontrar informações práticas que possam utilizar para poupar energia e dinheiro

A partir de hoje, quando as pessoas procuram informações sobre a paisagem energética na Europa, verão características com informações úteis e fiáveis. Quando procurarem coisas como “crise energética na Europa” e “preço da energia”, verão artigos noticiosos, informação local incluindo assistência financeira que poderá estar disponível, e acções recomendadas pela Agência Internacional de Energia para ajudar a conservar energia.

A Europa está a enfrentar uma crise energética, com os preços a subirem e pressões sobre a rede. A situação é particularmente grave no norte da Europa, onde o sistema está sob enorme stress devido ao clima extremo. No entanto, a crise não se limita ao norte da Europa e abrange todo o velho continente. O problema é que a maioria das nações europeias depende fortemente de importações de energia, principalmente gás natural e petróleo. Com os preços do petróleo bruto aumentando constantemente, as nações estão a ver o seu consumo de energia aumentar dramaticamente. Além disso, as redes eléctricas estão sob pressão devido ao aumento do consumo de electricidade, o que pode levar a picos de demanda e, eventualmente, à interrupção do fornecimento. A crise energética da Europa é um problema complexo, mas há soluções que os líderes políticos podem implementar para aliviar as pressões sobre o sistema. É vital que as nações europeias trabalhem juntas para encontrar uma solução para este problema crescente.

Conclusão

A crise energética na Europa está a tornar-se cada dia mais grave, mas o Google está a fazer a sua parte para ajudar as pessoas a resistir à tempestade. Com a sua nova funcionalidade “poupar energia”, o Google está a fornecer aos europeus os recursos de que necessitam para conservar energia e baixar as suas contas. Além disso, a Google está a estabelecer parcerias com várias organizações para oferecer ainda mais apoio. Assim, se estiver à procura de formas de poupar energia e dinheiro, não deixe de verificar o que a Google tem para ajudar nos resultados de pesquisa.

Mais informação aqui num post publicado e assinado por Matt Brittin, President, Google Europe, Middle East and Africa.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!