Android Geek
O maior site de Android em Português

[Opinião] O que de melhor podemos esperar do mundo Android em 2017

É um momento interessante para ser um aficcionado Android. O iPhone 7 foi provavelmente o equipamento da empresa da maçã que mais desiludiu os seus próprios fâs, isto porque a arrojada decisão de remover o fone de ouvido é na minha opinião a confirmação de tudo o que está mal na Apple. As decisões são tomadas apenas com o lucro como objectivo e nos acessórios que podem vender por retirar ou acrescentar funcionalidades.

[Opinião] O que de melhor podemos esperar do mundo Android em 2017 1

Acredito que o ano de 2017 seja um periodo em que o Android ganhará ainda maior quota de mercado. O Android no entanto, está longe de ser perfeito, pois a panóplia de equipamentos de diferentes marcas e especificações que existem no universo Android são a sua maior força e também a sua mais evidente fragilidade, a diversidade oferece uma grande possibilidade de escolha ao consumidor, mas agrava uma questão que exaspera os fãs.. a fragmentação. Este é o desafio que o Android tem para resolver no futuro.

O que vamos ver das principais marcas em 2017?

HTC U Ultra

Houve um tempo, antes da Samsung liderar, onde parecia que a HTC poderia ser rainha e senhora quando se pensava em telefones Android. Apesar de a HTC ainda conseguir mover-se na alta roda, está muito longe dos seus tempos de glória. A expectativa da marca (e minha) é que consigam inverter o cenário atual com o novo HTC U Ultra, o próximo flagship da empresa.

[Opinião] O que de melhor podemos esperar do mundo Android em 2017 2

Quando for apresentado em março, o HTC U Ultra apresentará um ecrã de 5,7 polegadas com uma pequena tira de ecrã secundário (tip LG V10) na parte superior que exibe informações rápidas e atalhos. Os fones de ouvido personalizados ligam-se por USB-C para uma maior qualidade de som e os quatro microfones omnidirecionais captam o som de locais específicos. Além disso, a nova câmera possui algo chamado Phase Detection Auto Focus para imagens melhores, mais claras e mais rápidas.

BlackBerry Mercury

A última vez que a empresa colocou os seus esforços no desenvolvimento de um  telefone Android, o resultado foi o Priv. Mas um telefone Android com um teclado é uma ideia que aparentemente vale a pena explorar. Então,vemos aqui o Round 2 desta estratégia com o BlackBerry Mercury, a primeira colaboração entre o BlackBerry e a TCL, o pessoal que faz os telefones da Alcatel.

[Opinião] O que de melhor podemos esperar do mundo Android em 2017 3

Para além do teclado de hardware, o BlackBerry Mercury suportará todos as aplicações Android. Tem uma porta USB-C e 3GB de RAM. Estes são detalhes confirmados. Informações não confirmadas falam em um processador Qualcomm Snapdragon 625, câmeras de 8MP e 18MP, e uma bateria de 3400mAh. A BlackBerry é uma empresa com História e um ADN muito próprio, é com grande satisfação que vejo que seguem a linha em que acreditam. Alternativas diferentes é o que torna o mundo Android tão especial!

Asus Zenfone AR

O Google Project Ara pode estar morto, mas essa não era a única inovação emocionante do Android que estava na manga. O Tango é uma plataforma projetada para transformar dispositivos móveis em máquinas perfeitas de realidade aumentada, graças ao rastreamento de movimento, percepção de profundidade capacidade de perceber o ambiente circundante.

[Opinião] O que de melhor podemos esperar do mundo Android em 2017 4

Em abril, o Asus Zenfone AR será o primeiro smartphone a suportar o Tango AR e o Daydream VR. Para além destas novas e emocionantes características que alteram a realidade, o Asus Zenfone AR tem especificações promissoras. Ele inclui um processador Qualcomm Snapdragon 821, um ecrã 2K AMOLED e alguns recursos intrigantes como um modo de noite e um modo de fusão de fotos.

OnePlus 4

O Oneplu 3 e 3T foram dos equipamentos mais elogiados em 2016 pelo que oferecem por cerca de 400$. Isto deixa as expectativas sobre o que poderemos ver no OnePlus 4 em alta. Basta olhar para algumas destas especificações: 256 GB de armazenamento, câmera de 23 megapixels, 8 GB de RAM, processador Snapdragon 830, display OLED, suporte USB-C e NFC.

[Opinião] O que de melhor podemos esperar do mundo Android em 2017 5

Agora pensem que tudo isto poderá estar num telefone que custa menos de 400$ e vem com o Android 7 Nougat de fábrica. A expectativa é que vejamos mais sobre este novo Oneplus na primavera.

Nokia 8

A Nokia está de volta em 2017, e pelo que já ouvimos voltará em máxima força tendo planos para apresentar até 6 novos smartphones. Após o lançamento do Nokia 6 em exclusivo para o meracdo chinês, as atenções viram-se agora para o topo de gama Nokia 8 que iremos ver (esperamos) na MWC 17 em Barcelona.

[Opinião] O que de melhor podemos esperar do mundo Android em 2017 6

Ao contraio do Nokia 6 que se enquadra na categoria de média gama, este Nokia 8 já será um equipamento topo de gama.

Segundo as informações que tem vindo a público estamos a falar de um terminal com Ecrã AMOLED Quad HD de 5,7 polegadas, alimentado por um impressionante Qualcomm Snapdragon 835 e 6GB de RAM, o armazenamento será de 64GB/128GB e o armazenamento interno expansível via cartão microSD até 256GB. Em termos de captura de imagem esperamos uma Câmara principal de 24 megapixels com OIS e Super EIS nativa e uma Câmara frontal de 12 megapixels. Para além disto é também falado em colunas frontais duplas.

A Nokia já confirmou a sua presença no Mobile World Congress 2017, que irá decorrer no próximo mês.

Samsung Galaxy S8

Depois do azarado Note7 a Samsung está a apostar forte no novo flagship Galaxy S8, o objectivo é limpar a imagem dos percalços que surgiram com o modelo Note, dando aos fâs da marca razões para mais uma vez optarem por um equipamento da Sul Coreana.

[Opinião] O que de melhor podemos esperar do mundo Android em 2017 7

Temos visto muita especulação em torno deste novo terminal e isso mostra a ansiedade que a Samsung consegue causar no mundo de tecnologia móvel. O Líder é o Líder.

No novo Galaxy S, teremos a continuidade do ecrã dual-edge, a manutenção de um sensor da câmera e a remoção do sensor biométrico, que nem na parte traseira aparece, como vimos em rumores recentes. Neste caso, ao que tudo indica, o leitor de digital seria incorporado no ecrã

Formato de ecrã 17:9: três vídeos promocionais foram publicados no canal Samsung Display, e claramente mostram características de design esperadas no novo Galaxy S8. Vimos a ausência do botão de início físico e um grande aproveitamento da parte frontal do aparelho para o ecrã. Cada um dos vídeos mostra uma característica do display AMOLED da Samsung. A primeira delas, está na nova proporção da tela, que passaria de 16:9 para 17:9.

É esperado ainda 6GB de RAM e 256GB de armazenamento no novo modelo. Não está confirmado, contudo, se o modelo com essa capacidade de memória interna suportará cartão microSD. Os primeiros rumores sobre o Galaxy S8 indicavam que o aparelho poderia contar com 8GB de RAM, ao invés dos 6GB atuais, mas, segundo o site SamMobile esta opção foi descartada pela marca.

Segundo algumas fontes de referência a Samsung já escolheu o Exynos 8895 como o chipset do S8. Essa versão do chipset poderia alcançar um clock de até 4,0 GHz (30% mais veloz que o Exynos 8890, que atinge até 3,0 GHz). As chances de termos este componente no futuro Galaxy S8 são realmente grandes. Este é um dos equipamentos que esperamos ansiosamente ver em Barcelona em fevereiro na MWC.

Huawei P10

A fasquia deste ano está elevada para a Huawei depois de um 2016 cheio de sucessos. Nos últimos tempos têm surgido diversos rumores acerca do Hauwei P10 o mais recente indica que poderá fazer parte do lote de aparelhos apresentados no MWC 2017. O design do Huawei P10 também tem sido alvo de especulação e hoje surgiram imagens reais que confirmam algumas das caracteristicas avançadas nos leaks.

[Opinião] O que de melhor podemos esperar do mundo Android em 2017 8

Espera-se que o Huawei P10 venha equipado com um ecrã 1080p de 5.2″ e uma bateria de 3100 mAh. Alguns meios de informação afirmam que, à semelhança do aconteceu com o P9, também o modelo de 2017 terá uma versão Plus, o Huawei P10 Plus, com ecrã 2K de 5.5″ e bateria de maior capacidade (3650 mAh). Ambas as versões terão o poderoso SoC Kirin 960 a comandar as operações.

Relativamente à fotografia, o Huawei P10 terá ao seu dispor um modulo de dupla câmara Leica com dupla abertura f/2.0 e suporte para zoom óptico e EOI (estabilização óptica de imagem) nos dois sensores.

Estas são as opções que mais curiosidade me despertaram para o ano de 2017, alguma das vossas escolhas me passou ao lado? Deixem nos comentários.

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link