O outro lado da Tech. Trabalhadores Samsung, Apple e outros dormem nas fábricas no Vietname para evitar Covid-19

Algumas áreas industriais no Vietname estão a disponibilizar espaços para que os trabalhadores se mudem temporariamente para as fábricas e, assim, trabalhem longe do vírus.

Parece que a pandemia está a acelerar novamente em algumas áreas do planeta, e isto é evidente ao vermos que trabalhadores vietnamitas de algumas das grandes empresas de tecnologia como Samsung, Apple e muitos dos seus principais fornecedores de componentes, estão até a dormir nas suas fábricas para evitar o contágio de Covid-19.

A informação chega-nos através da Bloomberg numa extenso relato que analisa a situação no país asiático, onde a pandemia se agravou e todos os esforços estão a ser feitos pelas autoridades para não comprometer a posição vantajosa do Vietname na cadeia global de abastecimento de tecnologia.

Acampar em uma fábrica no Vietnã

Fábrica de Hana Micron Vina, transformada em acampamento no Parque Industrial Van Trung.

Assim, algumas fábricas nas mais importantes áreas industriais do país estão a implementar áreas de acampamento ou instalação de quartos com beliches de metal e colchões de bambu, para permitir que os seus funcionários se mudem temporariamente para fábricas para continuar o trabalho mantendo a distancia do vírus reduzindo as hipóteses de infeções massivas.

A própria Samsung ativou um plano de trabalho inteligente para todos os seus funcionários no enorme complexo Thai Nguyen, reorganizando escritórios como quartos e tornando as condições mais flexíveis.

Muitas fábricas instalam parques de campismo e abrigos, a Samsung implementa um plano de trabalho inteligente com escritórios convertidos em dormitórios e as autoridades estão empenhadas em enviar todas as doses possíveis da vacina para as empresas de tecnologia.

Falamos de mais de 150.000 trabalhadores envolvidos apenas nas áreas de Bac Ninh e Bac Giang com ciclos de trabalho de 15 dias e, após o intervalo em casa, uma quarentena obrigatória ao regressar ao trabalho que atesta a não infeção com SARS_CoV_2 do funcionário.

Relacionado:  Data de lançamento Vivo S10 oficialmente anunciada

Deve-se notar que o Vietname, nos últimos anos, foi "roubando " esta posição antiga da China como "Fábrica global", em parte por causa das guerras comerciais e também por causa dos custos mais baixos envolvidos na produção no país, portanto, os governantes estão mais empenhados do que nunca em manter as fábricas a funcionar e estruturas produtivas.

Um trabalhador que concordou em comentar a situação reconheceu que a experiência não está a ser a melhor e que é um pouco difícil dormir e descansar na fábrica, mas que entende as necessidades e que está ciente que é uma situação que será temporária.

O Vietname ganhou espaço relativamente à  China como fornecedor de tecnologia de primeira linha com base no esforço, e os trabalhadores estão cientes e alinhados com o governo para não perder a posição privilegiada.

Macro-complexo Samsung no Vietnã

O enorme complexo de fabrico da Samsung em Thai Nguyen, Vietname.

Em qualquer caso, a única certeza é que as infecções por Covid-19 estão a aumentar no Vietname desde há alguns meses, e até mesmo fábricas tão importantes quanto Foxconn ou Luxshare, onde os Apple AirPods são montados, por exemplo, foram forçados a fechar temporariamente por cautela.

Além disso, o Vietname está a usar todas as medidas à sua disposição para evitar perder o que estes ganharam até ao momento, disponibilizando aos trabalhadores das fábricas tecnológicas todas as as doses da vacina que vão tendo disponível.

 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!