O Google expandirá o número de motores de pesquisa ao configurar o Android pela primeira vez

A Comissão Europeia está a obrigar o Google a seguir algumas diretrizes relacionadas a Leis antitruste.

Hoje os rapazes de Mountain View usara o seu blog para anunciar que vão aumentar o número de motores de pesquisa no ecrã inicial de configurações dos dispositivos Android.

A Comissão Europeia está a obrigar o Google a seguir algumas diretrizes relacionadas a Leis antitruste. Não é a primeira vez que o Google se vê nesta posição, até nos EUA o Google foi obrigado a fazer alterações.

O Google expandirá o número de motores de pesquisa ao configurar o Android pela primeira vez 1

Claro, o Google na sua publicação enaltece as virtudes e benefícios do Android como um sistema operacional aberto e gratuito para que os utilizadores possam escolher o que desejam instalar, mas é verdade que tudo se deve aos esforços da Comissão Europeia.

Mais opções para escolher o motor de busca no Android
Mais opções para escolher o motor de busca no Android

Em discussões com a Comissão Europeia, os engenheiros de Mountain View têm vindo a trabalhar há anos em tornar o Android um sistema operativo mais aberto e com mais possibilidades para todos os utilizadores. Em 2018 o Google foi forçado a incluir outras opções de pesquisa separadas do Google Play. Introduziram outros navegadores e motores de pesquisa no ecrã de configuração onde podem escolher o motor de pesquisa padrão desejado.

Relacionado:  Estes são os iPhone 13.Especificações, recursos, preço, data de lançamento

Motor de busca Google

As mudanças mais recentes no ecrã de Seleção inclui a participação gratuita de provedores de pesquisa qualificados. O Google vai expandir o número de participantes mostrados nessa ecrã e isto acontecerá a partir de setembro deste ano no Android.

Uma decisão determinada pela Comissão Europeia que irá evitar mais problemas para que os utilizadores possam sempre escolher livremente. O Android é o sistema operativo mais instalado no planeta, mais não deve implicar que estejamos "presos" às aplicações do Google.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!