Android Geek
O maior site de Android em Português

O acesso á internet tem um novo recorde de velocidade de uns incríveis 178 Tbps

não é nada de especial. Pelo menos se compararmos com o novo recorde de velocidade, que acaba de ser registado de 178 terabits por segundo.

não é nada de especial. Pelo menos se compararmos com o novo recorde de velocidade, que acaba de ser registado de 178 terabits por segundo.

Se acham que os 300 Mbps de fibra óptica que as operadoras muitas vezes vendem como sendo um gran de feito... não é nada de especial. Pelo menos se compararmos com o novo recorde de velocidade, que acaba de ser registado de 178 terabits por segundo. De acordo com os investigadores, é como fazer download de todo o catálogo da Netflix em menos de um segundo. Uau!

Ver a imagem de origem

O projeto foi executado por alguns investigadores da University College London. Como se trata de uma experiência, foi feito num laboratório com equipamento especial. É mais direccionado para investigação e desenvolvimento de tecnologia do que para uso real, no entanto, isso não diminui o feito.

Um espectro diferente e amplificadores especiais

Conforme indicado, é o dobro da velocidade de qualquer outro sistema atualmente implementado no mundo. Para conseguir isso, o que estes equipamentos fizeram para o projeto foi usar uma gama maior de comprimentos de onda do que aquelas transmitidas por fibra óptica. O espectro actual usado é de 4,5 THz, os investigadores usaram uma largura de banda de 16,8 THz.

Fibra

Além disso, conseguiu amplificar o sinal para aumentar a quantidade de dados transmitidos. Atualmente, os sistemas de fibra ótica já possuem amplificadores a cada poucos quilómetros para recuperar e melhorar o sinal que pode ser perdido ao longo do caminho. Eles basearam-se nesta ideia, mas com amplificadores especiais com os quais manipularam as propriedades de cada comprimento de onda individual.

Para os testes, os investigadores geraram bits aleatórios com um computador. E estes dados foram enviados por uma rede de fibra óptica de 40 quilómetros. O resultado? 178 Tbps, ou cerca de 22.250 GB enviados num segundo. Isto é cerca de dois milhões de vezes mais rápido do que uma conexão comercial via fibra óptica em casa.

Os responsáveis ​​pelo projeto indicam que este também pode ser aplicado à infraestrutura existente de fibra óptica. Não serão alcançados impressionantes 178 Tbps, mas podem ajudar a melhorar as velocidades actuais e reduzir o potencial congestionamento de tráfego. Para se ter uma ideia, os gigantescos cabos submarinos que ligam o mundo chegam a 26,2 Tbps no caso do cabo que conecta Bilbao aos EUA.

O recorde anterior de velocidade da Internet vem da Austrália, era de 44.2 Tbps.

Via | UCL

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!