Android Geek
O maior site de Android em Português

Todo o detalhe do novo Exynos 8 Octa da Samsung

A novidade é que a Samsung está a trabalhar no seu próprio Chipset que se chamará M1, desenvolvido em parceria com o centro de pesquisa e desenvolvimento Austin.

Há cerca de dois meses a Samsung apresentou de forma oficial o chipset Exynos 8890 que será um dos chipsets usados no muito desejado Galaxy S7 a ser anunciado no próximo mês no evento Galaxy Unpacked 2016 que acontecerá um dia antes da MWC 2016 conforme habitual. O Exynos 8890 mantém a mesmas características dual CPU com dois blocos quad-core.

 

A novidade é que a Samsung está a trabalhar no seu próprio Chipset que se chamará M1, desenvolvido em parceria com o centro de pesquisa e desenvolvimento Austin.

Poderão gostar de ler : Exynos 8890  anunciado oficialmente pela Samsung

O processador M1 será uma versão melhorada do Cortex-A72 da ARM, tal como o Kryo do Snapdragon 820. Isto possibilitará à Samsung atingir um desempenho 30% superior reduzindo o consumo em 10%. Apesar disto a Samsung mantém um processador secundário formado por quatro núcleos Cortex-A53, os mesmos encontrados no Exynos 7420. Isto permite um equlíbrio entre desempenho e consumo mais efciente do que por exemplo nos produtos Qualcomm.

Na GPU também existem novidades, modem, controlador de memória, processador de imagens, entre outros, podem ver abaixo um infográfico disponibilizado pela Sul Coreana onde se encontram todos os pontos dignos de destque do seu novo Chipset.

Desempenho em jogos ao nível de consolas graças à GPU Mali-T880MP12, que consegue uma performance 50% superior à da Mali-T760 . No infográfico vemos ainda que o Exynos 8890 está preparado para suportar equipamentos com ecrã Ultra HD, o que pode sustentar a ideia de que uma das variantes do Galaxy S7 terá ecrã 4K.

Nas novidades também encontramos um modem LTE integrado de categoria 12, pode atingir velocidades de download de até 600 Mbps em redes móveis, além de chegar a 150 Mbps de upload.

Para finalizar a litografia de 14nm garante baixo aquecimento, além de menor consumo comparado a outros do mercado.

FONTE

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link