Moto E7 Power no Geekbench com MediaTek Helio P22, 4GB RAM e Android 10

A empresa detida pela Lenovo deverá lançar três novos telemóveis, como o Moto E7 Power, o Moto G10 e o Moto G30 nos próximos dias.

‎A Motorola‎‎ ‎‎lançou recentemente‎‎ o smartphone ‎Motorola Moto E6i‎‎ no Brasil. A empresa detida pela Lenovo deverá lançar três novos telemóveis, como o Moto E7 Power, o Moto G10 e o Moto G30 nos próximos dias. Antes do lançamento, o Moto E7 Power visitou a plataforma de benchmarking Geekbench.

Moto E7 Power no Geekbench com MediaTek Helio P22, 4GB RAM e Android 10 1

‎A listagem hoje divulgada no Geekbench revela que o smartphone Motorola Moto E7 power é equipado pelo chipset MT67672V/WB‎‎(Helio P22)‎‎ e acompanhado de 4 GB de RAM. Esta listagem contradiz uma recente fuga de ‎informação por parte de Winfuture.de, ‎que anteriormente ‎‎afirmava‎‎ de que o smartphone seria equipado pelo chipset MediaTek ‎‎Helio G25.‎‎ No entanto, a informação divulgada pela ‎‎TechnikNews ‎‎no início deste mês‎‎ alegou que o Moto E7 Power era alimentado pelo chipset MediaTek Helio P22.‎

‎O Motorola E7 Power corria a anterior versão do sistema operativo da Google, Android 10. Este smartphone mais modesto marcou 152 pontos no teste de single-core e 879 no teste multi-core, por isso não esperem uma potência de um smartphone orientado para jogos (o foco do equipamento será a sua bateria). Esta passagem pelo Geekbench deste smartphone sugere que a empresa poderá estar a verificar o seu desempenho (não muito famoso) antes do seu anúncio oficial.‎

Relacionado:  Imagens Samsung Galaxy Buds2 reveladas

Moto E7 Power no Geekbench com MediaTek Helio P22, 4GB RAM e Android 10 2

‎Especificações Moto E7 Power (Rumores)‎

‎O Moto E7 Power tem um ecrã LCD de 6.5 polegadas com um entalhe gota de água. Oferece uma resolução HD+ de 720 x 1600 pixels e uma proporção de aspeto de 20:9. Para tirar selfies, tem uma câmara frontal de 5 megapixels, e a sua traseira tem uma câmara principal de 13 megapixels e uma lente secundária de 2 megapixels.‎

‎Diz-se que o smartphone está equipado com uma bateria de 5.000mAh. Será enviado com 64 GB de armazenamento interno e deverá ter uma ranhura de cartão microSD para armazenamento adicional. É provável que custe cerca de 150 euros.‎

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!