Meizu Pro 7 com processador Kirin 960 tira a exclusividade ao Mate 9

O Meizu Pro 6s que foi revelado há menos de duas semanas atrás  é na verdade um Meizu Pro 6 Lite, esta estratégia explica-se facilmente por irmos ver o Meizu Pro 7 até ao final do ano, e aí é que a Meizu vai jogar uma cartada forte.

Slides de apresentação do anúncio do smartphone revelam uma tonelada de especificações chave. A novidade mais imponente é o chipset Kirin 960.

O Pro 7 vai contar com o SoC mais recente da Huawei, que introduz os novos núcleos CPU Cortex-A73 eo Mali- GPU G71 Vulkan.

O flagship da Meizu irá trazer também uns confirtáveis 6 GB de RAM o que eleva a fasquia face à  concorrência, além disto a câmara traz um sensor Sony IMX 386 encarregado da manipulação de captura de imagem - com os mesmos 12MP do Pro 6s.

Um dos slides revela outra informação muito interessante, que á possibilidade de inclusão de um sensor de leitura de impressão digital ultra sónico que virá posicionado no ecrã do equipamento.

Relacionado:  Novo relógio Meizu vem com Snapdragon Wear 4100 e ESIM

Este Meizu Pro 7 vai ser um equipamento muito interessante.

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!