A última vez que falámos sobre o projeto LineageOS Oreo oficial foi para vos contar que estava disponível para o Nextbit Robin, o Asus Zenfone Max Pro M1 e outros dispositivos. Duas semanas desde esse post, ainda mais dispositivos estão a receber o Oreo, esta nova lista inclui telefones da Motorola e da Wileyfox.

LineageOS 15.1 Oreo agora disponível para Moto X4, Wileyfox Swift, Moto Z2 Play e outros 1

Sem mais demoras, aqui estão as novas adições à lista do LineageOS 15.1 Oreo:

  • Yuphoria YU ()Lettuce, atualizado de 14.1
  • Wileyfox Swift (crackling), atualizado de 14.1
  • Tempestade de Wileyfox (kipper), atualizado de 14.1
  • Motorola Moto X4 (payton)
  • Motorola Moto Z2 Play (albus)

Alguns dos telefones acima já possuem atualizações Oreo oficiais, mas é bom ter opções de ROM personalizadas também. numa nota relacionada, dois telefones foram retirados do LineageOS 14.1 – o YU Yunique (jalebi) e YU Yureka / Yureka Plus (tomato). De acordo com o commit do servidor de compilação, não há mais programadores a trabalhar nesses dispositivos.

Para quem não sabe, não é preciso fazer root no seu telefone para instalar o LineageOS, no entanto o bootloader do equipamento precisa estar desbloqueado. Além disso, precisam de um RecoverY costumizado, como o TWRP.

O processo não é muito complicado, mas existe sempre o risco de alguma coisa correr mal e ficarem com um pisa papeis em vez de um smartphone. Portanto se quiserem instalar é por vossa conta e risco.

O que é o LineageOS 15.1 Baseado No Android 8.1 Oreo?

Muitos projetos de código aberto, incluídos no LineageOS, vivem pelo mesmo lema – “não peça uma ETA”. A maioria dos programadores da Lineage tem outros empregos e responsabilidades, de modo que grandes empreendimentos (como criar uma nova atualização importante) levam tempo. Finalmente, a espera acabou, a LineageOS 15.1 é oficial, e está a chegar a um dispositivo perto de si.

A equipa fez um post no blog sobre a transição da Lineage para o Oreo. Como pode esperar, a maior parte do trabalho envolveu o Projeto Treble, o novo componente AOSP que separa os drivers de dispositivos de baixo nível do resto do Android. A equipa também realizou uma grande limpeza de código e todas as referências restantes do antigo CyanogenMod foram removidas. Como pode ter adivinhado a partir do nome da versão, a Lineage ignorou o Android 8.0 e a versão 15.1 usa o 8.1 como base.

Novas características

Além de transferir a maior parte dos grandes recursos da versão 14.1, também há algumas funcionalidades novas. Agora pode definir cores personalizadas e mudar entre uma UI clara e escura (algo que o Google ainda não implementou ). O novo recurso ‘Automagic’ até pode alterar temas automaticamente com base no seu papel de parede atual, semelhante a um recurso de software no Google Pixels .

O launcher ‘Trebuchet’ que tem sido um elemento básico de CyanogenMod e Lineage há anos está a receber uma grande atualização. Ele agora suporta pacotes de ícones e ícones adaptativos, e remove alguns recursos redundantes. Como no Pixel Launcher (e algumas aplicações de terceiros), também pode alterar o formato do ícone usado.

Finalmente, a Lineage adicionou um scanner de código QR à aplicação Câmara, que é algo que a Google já deveria ter feito há muitos anos.Os programadores da XDA criaram um vídeo que destaca os recursos do LineageOS 15.1 , se quiser os ver em ação.