Android Geek
O maior site de Android em Português

LG espera que o V50 ThinQ 5G faça milagres; após outro trimestre mau

A LG não é excepção e os seus problemas começaram quando a indústria móvel como um todo ainda estava a prosperar, não é surpresa ver a divisão de smartphones da gigante de tecnologia registar outra grande perda trimestral entre janeiro e março de 2019. A LG está a tentar concentrar-se no positivo, e destacar que o último déficit operacional da sua Companhia de Comunicações Móveis “reduziu” no quarto trimestre de 2018, é igualmente importante notar que o resultado do primeiro trimestre de 2019 é pior do que o relatado no ano passado.

Este não é certamente o melhor momento para estar no negócio de fabrico e venda de smartphones. Todos os fabricantes fora da China, desde a Apple,Samsung e Google continuam a lutar contra números decrescentes do mercado global de telemóveis. A LG não é excepção e os seus problemas começaram quando a indústria móvel como um todo ainda estava a prosperar, não é surpresa ver a divisão de smartphones da gigante de tecnologia registar outra grande perda trimestral entre janeiro e março de 2019.

A LG está a tentar concentrar-se no positivo, e destacar que o último déficit operacional da sua Companhia de Comunicações Móveis "reduziu" no quarto trimestre de 2018, é igualmente importante notar que o resultado do primeiro trimestre de 2019 é pior do que o relatado no ano passado. Ou seja, a LG Mobile perdeu o equivalente a US $ 127 milhões (KRW 136,1 mil milhões) durante o primeiro trimestre de 2018, um valor que subiu para pouco mais de US $ 180 milhões (KRW 203,5 mil milhões) no período de janeiro a março de 2019.
Isso obviamente não é uma tendência muito animadora, embora a LG insista que os seus planos de reconstrução do negócio de smartphones estão a correr bem. Como parte dessa estratégia, a empresa está a realocar operações de fabrico da Coreia para o Vietname, um movimento esperado para "melhorar a rentabilidade e a competitividade global" já no segundo semestre deste ano.
Curiosamente (e preocupante para os fãs da LG que esperam uma recuperação rápida), não há menção na última informação financeira trimestral da empresa dados sobre o lançamento recente do G8 ThinQ. Em vez disso, a LG está a contar com o V50 ThinQ 5G para "criar momentum positivo no segundo trimestre".
Infelizmente, "hardware, software e otimização de rede" originaram um atraso indesejado num aparelho que parece improvável de gerar muita agitação,  considerando o seu preço proibitivo e a modesta implementação da tecnologia 5G até ao momento.

Além dos lucros, a receita geral da LG Mobile também caiu no 1T 2019, de aproximadamente US $ 2 mil milhões e US $ 1,5 mil milhões  no 1T e 4T de 2018, respectivamente, para apenas US $ 1,34 mil milhões (KRW 1,51 trilhão). Isto graças principalmente ao negócio de eletrodomésticos, a LG Electronics conseguiu registar vendas consolidadas de mais de US $ 13 mil milhões e um lucro operacional de aproximadamente US $ 800 milhões. Embora esses números também tenham caído desde o primeiro trimestre do ano passado, eles são indiscutivelmente indicativos de um conjunto de negócios saudável capaz de compensar certas perdas da divisão móvel.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais