Android Geek
O maior site de Android em Português

Kirin 970 da Huawei é o processador de que todos estavam à espera

A Huawei anunciou ontem o seu chipset de próxima geração para smartphones, o Kirin 970. Ele é forte em AI e vem com o que a Huawei chama de uma unidade de processamento neural (ou NPU) trazendo recursos de AI no dispositivo.

Kirin 970 da Huawei é o processador de que todos estavam à espera 1

O novo chipset possui uma CPU octa-core com núcleos Cortex-A73 e 4x1.8GHz Cortex-A53 de 4x2.4GHz e uma GPU Mali-G72MP12 de 12 núcleos. Construído em processo de 10nm, o SoC contém cerca de 5,5 mil milhões de transistores num único centímetro quadrado. A Huawei diz que sua "nova arquitetura de computação heterogénea oferece até 25x o desempenho com 50x maior eficiência" do que o seu típico cluster quad-core Cortex-A73 que a ajudou a superar outros chips no mercado em tarefas de AI. E uma vez que toda essa força de AI precisa de aplicações reais, a Huawei afirma que está a abrir o Kirin 970 para programadores independentes para encontrar usos práticos. Um novo ISP duplo promete uma melhor redução de ruído em pouca luz e fotos melhoradas através da adaptação automática de parâmetros de imagem ao objeto . 4-Híbrido é o nome que a Huawei deu ao seu novo sistema de focagem automática e inclui a detecção de fase e contraste. Além disso, o chipset possui suporte para 4.5G Cat.18 LTE para download com velocidades de até 1.2Gbps (o Snapdragon 835 e Exynos 8895 'somente' suportam Gigabit LTE).

O Kirin 970 está programado estrear-se no Huawei Mate 10, que será anunciado a16 de outubro. Mal podemos esperar.

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link