Android Geek
O maior site de Android em Português

Instagram beta revela que poderemos ter a linha cronológica de volta (Yay!)

O Instagram beta está a testar um recurso de TimeLine ordenada cronológicamente. De acordo com alguns utilizadores. Um dos utilizadores, Gunnar Freyr (@icelandic_explorer) publicou um vídeo no Instagram Stories através da sua cronologia agora cronológica (desculpem a redundância). Alguns outros utilizadores também relataram ter verificado esta alteração, embora a maioria das pessoas atualmente, incluindo eu, ainda não o tenham.

Instagram beta revela que poderemos ter a linha cronológica de volta (Yay!) 1

Uma das alterações mais polémicas quando o Facebook adquiriu o Instagram, foi a alteração da TimeLine para algo controlado por um algoritmo semelhante ao Facebook ao invés da habitual linha cronológica. Esta funcionalidade é controlada por um algoritmo que mostra automaticamente imagens de pessoas com quemj interagimos ou que seguimos e empurra o outro conteúdo mais abaixo da linha do tempo. A lógica éi que, independentemente da hora do dia em que abrir o aplicativo, as contas que mais gostamos estarão no topo. Eu estou um bocado farto que algoritmos me digam o que ver, não sei o que vocês acham.

Instagram beta revela que poderemos ter a linha cronológica de volta (Yay!) 2

A maioria dos utilizadores,  viu isso como um downgrade. Uma linha cronológica é fácil de entender, mesmo para novos utilizadores. Ele atribui a cada publicação um lugar lógico na sua linha de tempo que é consistente sempre que abrirmos o aplicativo. Ele também fornece uma hierarquia clara ás várias imagens publicadas por um utilizador, uma após a outra, especialmente se essa ordem for importante para essas imagens.

Apesar de isto parecer ter sido criado a pensar no utilizador, é na verdade uma forma do Facebook/Instagram conseguir garantir aos anunciantes que as suas publicações não ficam “enterradas” na TimeLine dos utilizadores, mas sim podem aparecer a qualquer momento que o algoritmo ache conveniente.

Parece díficil de acreditar, mas dois anos depois desta alteração poderemos estar a ver um retrocesso nesta decisão unilateral da equipa do Mark Zuckerberg.

FonteVia

 



Fique atento à nossa página do Facebook e Twitter para obter as notícias em primeira mão.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais