Android Geek
O maior site de Android em Português

A Huawei não pretende que comprem os seus telefones por patriotismo

Muitas foram as pessoas na China, que não concordam com a visão de Trump nem com as suas decisões. O que levou muitos cidadãos chineses a despoletar aquele sentimento de patriotismo e começaram a comprar mais dispositivos Huawei para dar suporte à empresa.

Depois desta guerra política entre os Estados Unidos e a China,  que levou empresas chinesas a verem os seus contratos com empresas americanas por um fio, o mundo tecnológico ficou abalado e na nossa opinião nunca mais será o mesmo.

A face mais evidente desta guerra comercial revelou o seu immpacto n a relação da Huawei com a Google, o que poderia levar ao fim do ecossistema Android nos equipamentos da empresa chinesa. Obviamente, muitas são as pessoas na China (e no resto do mundo), que não concordam com a visão de Trump ,nem com as suas decisões.

Isto levou muitos cidadãos chineses a ir buscar aquele sentimento de patriotismo e começaram a comprar mais dispositivos Huawei, de forma a dar suporte à empresa. Assim, nos últimos meses,  muitos foram os consumidores, que defendiam uma etiqueta patriótica nos produtos da Huawei.

Huawei não quer patriotismo, mas sim reconhecimento pelos seus produtos

Huawei patriotismo

Essencialmente, isso significava que se fossem patriotas, comprariam produtos da Huawei em vez de algo, “americano” como Apple. No entanto, Chen Lifang, diretor e presidente do Departamento de Assuntos Públicos e Comunicações da Huawei, tem uma opinião diferente a esse respeito.

Patriótico ou não, o Huawei P30 Pro é um dos melhores telefones o mercado! Chen Lifang diz que a empresa sabe perfeitamente onde se posiciona e o que valem os seus produtos.

Ela afirma que, é essenecial fazer um bom trabalho com os seus produtos, tecnologias e serviços, é impossível sobreviver a longo prazo simplesmente por um rótulo patriótico da empresa.

Por isso, a Huawei não presta atenção ao rótulo que as pessoas ou a imprensa lhes dá, apenas se concentra em produzir produtos de boa qualidade.

Inclusive em maio, o fundador da empresa, Zhengfei Ren, tentou acalmar a crescente onda de sentimento nacionalista em relação à empresa e disse que a Apple oferece nos seus equipamentos, um ecossistema muito bom. E que inclusive, ainda compra iPhones para a sua família, quando estes viajam para fora do país.

A partir destes comentários, concluímos que a empresa chinesa, não quer que os seus utilizadores comprem os seus produtos só porque é uma atitude patriótica. Mas sim, porque são os melhores

Em vez disso, prefere manter o foco no fabrico de produtos de boa qualidade, e honestamente, faz sentido que queiram ficar longe de um selo nacionalista.

Apesar da sua origem chinesa, os smartphones Huawei são vendidos mundialmente a milhões de pessoas. Logo precisam do apoio dos seus utilizadores a nível global e a única maneira de garantir isso é fabricar produtos de alta qualidade a preços competitivos.

Fonte
Através de

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais