Android Geek
O maior site de Android em Português

Huawei adia lançamento do Mate X, a culpa é da Samsung e não do Trump

A empresa chinesa está a adoptar uma abordagem mais cautelosa, em parte, devido ao fracasso do dispositivo dobrável da Samsung, o Galaxy Fold. O azarado e incompleto Galaxy Fold foi apresentado em abril, mas o lançamento no mercado do telefone foi atrasado indefinidamente após os dispositivos que foram distribuídos para análise terem falhado de diversas maneiras.

A Huawei adiou o lançamento do seu smartphone dobrável, sim o Mate X ficou suspenso para algures entre Junho e Setembro.

O gigante de tecnologia chinês disse á CNBC e ao Jornal de Wall Street que está a realizar testes exaustivos para garantir que o dispositivo está efectivamente pronto para os consumidores. A empresa chinesa está a adoptar uma abordagem mais cautelosa, em parte, devido ao fracasso do dispositivo dobrável da Samsung, o Galaxy Fold.

O azarado e incompleto Galaxy Fold foi apresentado em abril, mas o lançamento no mercado do telefone foi atrasado indefinidamente após os dispositivos que foram distribuídos para análise terem falhado de diversas maneiras.

Mate X

"Não queremos lançar um produto que possa afectar a nossa reputação", disse um porta-voz da Huawei à CNBC. O maior problema para a Huawei, porém, não é necessariamente a fiabilidade da tecnologia dobrável - são os efeitos contínuos da proibição do comércio dos EUA.

Como a Huawei foi colocada na chamada Lista de Entidades, as empresas americanas não podem vender ou licenciar nenhuma tecnologia para que seja usada pela Huawei. Isso originou vários tipos de problemas para a Huawei, mais notavelmente a incapacidade de licenciar a versão completa do sistema operativo Android do Google para os seus novos equipamentos, isto claro, se a proibição se mantiver.

O Mate X será lançado com Android porque o telefone foi “licenciado antes de a Huawei ser colocada na Lista de Entidades em lista negra”, mas o WSJ diz que essa questão ainda está a ser discutida.

Existe sempre  possibilidade de a Huawei numa jogada arrojada lançar o seu telefone dobrável com o seu próprio sistema operativo, o HongMeng OS. Um porta-voz da empresa disse à CNBC que preferiria usar o software do Google, mas acrescentou: “Se formos obrigados a fazer tudo sozinhos, estamos prontos. Podemos ter resultados nos próximos seis a nove meses ”.

O Mate X foi originalmente revelado a fevereiro e foi elogiado por alguns como o mais promissor da nova onda de dispositivos dobráveis. Este equipamento apresenta um único painel OLED de 8 polegadas que se dobra em dois, 8 GB de RAM, três câmaras, suporte 5G e custa cerca de € 2.299.

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais