Android Geek
O maior site de Android em Português

Google anuncia a morte do serviço Goo.gl

A Google anunciou que vai encerrar o seu serviço de encurtamento de URLs (goo.gl) em favor do Firebase Dynamic Links (FDL). Como resultado, os utilizadores a partir de 13 de abril deixarão de conseguir criar novos links. No entanto, os links existentes continuarão operacionais após 13 de abril e até 30 de março de 2019, data em que o suporte da Google terminará completamente. Isso não significa que esses links ainda não sejam redirecionados como pretendido, apenas significa que não haverá benefícios adicionais associados ao uso de um serviço de encurtamento de URL. Em vez disso, o link encurtado agirá como se fosse um link de URL genérico.

Google anuncia a morte do serviço Goo.gl 1

A razão pela qual a Google está a terminar o suporte deve-se a como os links são hoje usados de forma ​​diferente, do que quando lançou a sua solução pela primeira vez. Especificamente, os diferentes pontos de acesso (dispositivos) que as pessoas usam agora e os diferentes pontos de destino dos links. É aí que entram os FLDs, pois é uma solução baseada em links diretos, embora seja uma versão mais avançada. Por exemplo, os links diretos oferecem o benefício de redirecionar alguém não apenas para um site, mas um ponto dentro de um site. Isso funciona da mesma forma para uma aplicação com desenvolvedores capazes de direcionar utilizadores para um destino específico num aplicação. As FLDs são ainda mais avançadas a esse respeito, pois são capazes de contabilizar diferentes dispositivos e sistemas operativos, algo que nem sempre foi o caso dos links diretos padrão.

Para os desenvolvedores, também há benefícios adicionais nesta oferta, pois o destino pode ser muito mais personalizado com a opção de redirecionar os utilizadores que não têm uma aplicação de destino instalada para a listagem da Google Play Store. Ainda mais importante do ponto de vista do desenvolvedor, um FDL continuará a operar como originalmente planeado, uma vez que a aplicação tenha sido instalado e aberta. Resumindo, as FDLs são uma solução muito mais robusta para links curtos do que as versões anteriores de links diretos e uma solução geral melhor em geral. Não apenas para desenvolvedores, já que as FDLs garantem essencialmente que a navegação de um utilizador é ininterrupta, e independentemente de uma aplicação precisar de ser instalada. Como o utilizador acaba onde o link originalmente pretendia levá-los, a razão pela qual o utilizador clicou no link em primeiro lugar.

Fonte Google

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais