Android Geek
O maior site de Android em Português

Fãs ameaçam de morte criadores do jogo The Last Of Us 2

  O título exclusivo para PlayStation 4, The Last Of Us 2 foi lançado a 19 de junho. Em menos de três semanas, os fãs tiveram tempo de sobra para correr o jogo, e explorar grande parte do seu mundo.

Alguns fãs particularmente infelizes do jogo The Last of Us part 2 chamaram de tudo ao vice-presidente da Naughty Dogs e chegaram mesmo a ameaçar de morte a atriz que dá a voz a um dos personagens do jogo. 

Fãs ameaçam de morte criadores do jogo The Last Of Us 2 1

O título exclusivo para PlayStation 4, The Last Of Us 2 foi lançado a 19 de junho. Em menos de três semanas, os fãs tiveram tempo de sobra para correr o jogo, e explorar grande parte do seu mundo. Se o título de Naughty Dog é quase unânime, alguns jogadores parecem ter odiado o modo como a equipa criativa desenvolveu a segunda parte. Tanto é assim que alguns chegaram mesma a ameaçar os autores do jogo com a morte.

Na mira dos jogadores, encontramos Neil Druckmann, vice-presidente da Naughty Dog. Alguns fãs não hesitam em mostrar toda a sua raiva pois não concordam com as escolhas. Vítima de ataques homofóbicos, transfóbicos e anti-semitas, alguns até o acusam de fazer propaganda política através de The Last of Us part II.

Fãs querem esfaquear a atriz que dá voz a um dos personagens principais do jogo

Laura Bailey, que dá a voz a Abby, foi ameaçadoma de morte por jogadores descontentes. A própria atriz partilhou no Twitter algumas das mensagens que recebeu desde o lançamento do jogo, em junho passado. Alguns ameaçam matá-l,  esfaqueá-la, enquanto outros dizem querer matar os seus filhos ou desejam que os seus pais morram de cancro. A jovem, porém, mantém a cabeça erguida e agradece a quem "envia mensagens positivas para equilibrar tudo".

Por quê tanto ódio contra o jogo e os seus criadores? Alguns jogadores (e parecem ser apenas uns poucos malucos) criticam os criadores de se terem desviado da linha narrativa como foi apresentado nos diferentes trailers do jogo. Se a Naughty Dog agiu dessa maneira e escondeu muitos elementos antes do lançamento do jogo, era principalmente para impedir que os Trailers revelasse demais e estragassem a experiência. Mas os ataques não param por aí e alguns fãs criticam os criadores de fazer "propaganda política" e "LGBT" e de ideias "feministas extremistas".

Diante dessas palavras e ameaças, a Naughty Dog foi rápida a reagir através da sua conta oficial, condenando "qualquer forma de assédio e ameaças diretas à equipa ou ao elenco". Apesar desse ódio que éeevidente na web por parte de alguns, o jogo mantém uma pontuação de 94/100 no Metacritic, uma pontuação baseada em 113 avaliações de sites de imprensa e blogs.

 

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!