Android Geek
O maior site de Android em Português

Facebook reconhece falha que expõs fotos dos seus utilizadores

Facebook, a rede social mais usada no mundo, acaba de reconhecer uma falha grave na sua plataforma que teria permitido a aplicações de terceiros acesso indevido a fotografias de cerca de 6,8 milhões de utilizadores. Facebook e um novo problema de segurança que colocou em risco os dados dos seus utilizadores Facebook, a empresa fundada por Mark Zuckerberg em 2004 e cuja sede é em Menlo Park (Califórnia), acaba de adicionar um novo capítulo negativo à sua série de problemas de segurança e privacidade na plataforma. Através de uma declaração oficial no blog para programadores da plataforma, a empresa reconheceu que uma vulnerabilidade afetou a rede social por 12 dias de 13 a 25 de setembro deste ano.

Facebook, a rede social mais usada no mundo, acaba de reconhecer uma falha grave na sua plataforma que teria permitido a aplicações de terceiros acesso indevido a fotografias de cerca de 6,8 milhões de utilizadores.

Facebook reconhece vulnerabilidade que fornece acesso indevido a fotos dos seus utilizadores

Facebook e um novo problema de segurança que colocou em risco os dados dos seus utilizadores

Facebook, a empresa fundada por Mark Zuckerberg em 2004 e cuja sede é em Menlo Park (Califórnia), acaba de adicionar um novo capítulo negativo à sua série de problemas de segurança e privacidade na plataforma.

Através de uma declaração oficial no blog para programadores da plataforma, a empresa reconheceu que uma vulnerabilidade afetou a rede social por 12 dias de 13 a 25 de setembro deste ano.  Esta vulnerabilidade permitia a aplicações de terceiros acesso indevido a um conjunto de fotos dos seus utilizadores, mais do que o permitido.

A vulnerabilidade do Facebook põe em perigo as fotos dos seus utilizadores

Especificamente, o erro (bug) concedeu direitos de acesso a aplicações de terceiros em relação a fotografias das secções Histórias, Market Place e – mais preocupante – tiveram acesso a fotos que os utilizadores fizeram upload, mas decidiram não publicar. O falhanço como destacado pelo TechCrunch, teria afetado cerca de 6,8 milhões de utilizadores e até 1.500 aplicações criados por cerca de 876 programadores.

O que não está claro e não foi comentado é se a vulnerabilidade detectada pelos engenheiros permitiu que qualquer uma dessas aplicações usasse mal as fotos. A empresa emitiu apenas um breve pedido de desculpas: “Lamentamos que isso tenha acontecido”.

O Facebook também garantiu que, durante a próxima semana,  irá apresentar aos programadores de aplicações ferramentas que permitem determinar quais os utilizadores que foram afetados por essa falha. E, além disso, começará a notificá-los através de um alerta nos seus perfis.

A publicação oferece uma recomendação aos utilizadores: verifiquem se as fotos possam ter sido partilhadas por meio de aplicações nas quais usaram o perfil do Facebook para fazer login. Também é possível visitar um site dedicado a fornecer informações sobre o problema.

Facebook notificará utilizadores afetados por falhas na sua plataforma

Esta não é a primeira vez que o Facebook está na mira devido a problemas na privacidade dos dados dos seus utilizadores: basta lembrar o incidente de Cambridge Analytica e um ataque massivo que teria permitido que os cibercriminosos acedessem a mais de 120 milhões de contas, das quais mais de 80.000 mensagens privadas foram vendidas a um preço ridículo.

O Facebook conseguirá resolverá esse tipo de problemas de uma vez por todas? Ou vai continuar a perder credibilidade e confiança? Talvez seja um dos grandes desafios da empresa para 2019.

 

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Ajuda-nos a chegar mais longe, partilha com os teus amigos

Obrigado pela visita!
close-link