Android Geek
O maior site de Android em Português

EY Portugal contrata 300 jovens no próximo ano

Business Intelligence, IoT, Ciber Security, Artificial Intelligence, Robotics e Blockchain são algumas das áreas para as quais a EY está a desafiar os melhores talentos   Lisboa, 19 de novembro de 2018 – A EY Portugal tem tudo a postos para receber mais 300 jovens, sejam eles de Economia, Gestão, Ciências, Tecnologias, Engenharias e Matemáticas, no decorrer do próximo ano. Uma aposta da EY que tem como objetivo fortalecer a sua oferta na área do Digital Transformation.

Business Intelligence, IoT, Ciber Security, Artificial Intelligence, Robotics e Blockchain são algumas das áreas para as quais a EY está a desafiar os melhores talentos

 

Lisboa, 19 de novembro de 2018 – A EY Portugal tem tudo a postos para receber mais 300 jovens, sejam eles de Economia, Gestão, Ciências, Tecnologias, Engenharias e Matemáticas, no decorrer do próximo ano. Uma aposta da EY que tem como objetivo fortalecer a sua oferta na área do Digital Transformation.

EY Portugal contrata 300 jovens no próximo ano 1

 

Ao longo dos próximos meses e apostando na diversidade, a EY irá identificar os melhores talentos do país, não só das áreas de Finanças e de Gestão, como também de Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática. No último ano, 27% dos recém mestres contratados pela empresa são STEM, ou seja, vieram de áreas de Engenharia, Matemática, Ciências ou Tecnologias de Informação, uma percentagem que tem vindo a aumentar nos últimos anos.

 

Para Margarida DiasDiretora da Talent Team da EY PortugalA revolução tecnológica que estamos a viver pressupõe, a existência de equipas multidisciplinares e é por este motivo que estamos a intensificar a contratação de new graduates com diversos backgrounds técnicos e científicos. Nesta matéria, para além das habituais áreas de gestão e economia, as STEMs (Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática) representam, igualmente, um recurso fundamental para um mundo em permanente mudança.

 

Este é um desafio exigente e começa logo quando estes estudantes nos perguntam, “mas o que faz um Engenheiro numa Auditora? Ou um Matemático numa Consultora como a EY? Ou um Informático em Fiscalidade?” Certo é que os 27% de STEMs que começaram aqui as suas carreiras neste ultimo ano, estão muito entusiasmados com as perspetivas de carreira, formação e desenvolvimento que vieram encontrar na EY e que anteriormente desconheciam por completo.

Tem-nos ajudado, e muito, a celebração de diversas parcerias que temos vindo a estabelecer e a reforçar com as escolas nacionais que formam estudantes com estes backgroundsconclui a responsável

 

O processo de recrutamento da EY para 2019, que já arrancou, tem como finalidade conhecer e avaliar um conjunto alargado de estudantes, de uma forma rápida mas sem abdicar do rigor, profundidade e exigência dessa avaliação. Com a aplicação desta metodologia, a EY tem conseguido anualmente sinalizar, em média, mais de 600 perfis, que, tendo como foco predominante o sucesso académico dos candidatos, aliado a um set robusto de competências pessoais configuram exatamente o perfil EYer que a consultora pretende atrair.

 

Com mais este intake de New Graduates em 2019 a EY irá ultrapassar as 1000 contratações de jovens universitários, nos últimos quatro anos.

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link