Android Geek
O maior site de Android em Português

Este roubo de iPhone no valor de US $ 590.000 mais parece um filme de ação

Uma investigação de um ano terminou no último fim de semana, quando a polícia prendeu um gangue de cinco ladrões oriundos da Romênia. No esconderijo, os policias encontraram US $ 590 mil em iPhones que os suspeitos supostamente retiraram de um camião em movimento numa auto estrada. Sim, leram bem.

A imprensa holandesa chama a esta manobra o “método romeno”. Aparentemente, os ladrões conduzem uma carrinha modificada até ao pára-choque de um camião de carga e, em seguida, dois saem do telhado da carrinha e de seguida, o mais maluco dos dois arromba o cadeado na parte de trás do camião, enquanto o outro ladrão lhe segura as pernas. Quando as portas do camião estão abertas, eles entram e transferem a carga cara para a carrinha. De acordo com a polícia, esse único gangue foi responsável por 17 assaltos rodoviários nos últimos dois anos.

O método romeno data de há cinco anos. Um vídeo lançado pela polícia da Romênia em 2012 mostra uma tentativa de assalto ocorrido em maio daquele ano. Filmado por um helicóptero da policia em completa escuridão, o video mostra claramente dois ladrões que emergem do teto de uma carrinha e sobem até ao capô enquanto o veículo avança para um camião de carga. Por algum motivo, depois de espreitar em no camião, eles abortam o assalto. Não está claro se o gangue romeno recentemente preso usou uma técnica idêntica, mas certamente aperfeiçoaram a estratégia.

A polícia encontrou os ladrões escondidos na pequena aldeia de Otterlo, perto de um parque nacional na área central da Holanda.

É preciso ser um acrobata destemido para fazer uma proeza destas. Acho que os rapazes se enganaram na profissão.

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link