Android Geek
O maior site de Android em Português

Encontradas mais de 2.000 aplicações perigosas na Google Play Store

Há algumas que exigem uma quantidade suspeita de permissões, enquanto outras são malwares descarados. Esta informação chegas da Universidade de Sydney e da Data61 da CSIRO.

Um estudo que durou dois anos concluiu que, pelo menos, 2.040 aplicações na Google Play Store são prejudiciais de alguma forma. Há algumas que exigem uma quantidade suspeita de permissões, enquanto outras são malwares descarados.

Esta informação chegas da Universidade de Sydney e da Data61 da CSIRO. A pesquisa incluiu cerca de um milhão de aplicações no Google Play e encontrou uma grande quantidade de aplicações falsas sem malware, mas que pedem de permissões para aceder a dados com os quais não deveriam ter contacto. p

Alguns dos títulos são famosos- Hill Climb Racing ou Temple Run. Estudo encontra mais de 2.000 aplicações perigosos na Google Play Store, alguns são famososPara processar o milhão de aplicações, os investigadores usaram redes neurais e aprendizagem de máquina. O algoritmo foi configurado para procurar por uma descrição de texto semelhante e ícones visualmente semelhantes às 10.000 aplicações mais populares na loja de aplicações. O algoritmo retornou 49.608 ameaças potenciais. com o VirusTotal, cerca de 7.246 das aplicações foram marcados como maliciosas e 2.040 deles eram aplicações falsas e de alto risco. Além disso, 1.565 solicitam pelo menos cinco permissões sensíveis e 1.407 incorporam bibliotecas de anúncios de terceiros. As aplicações que foram estudadas já foram removidas e a equipa do Google informa que o número de aplicações rejeitadas aumentou mais de 55% no último ano e que a suspensão de aplicações aumentou para 66%.

Fonte

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais