Android Geek
O maior site de Android em Português

De quem é a culpa pelo atraso da actualização do Sistema operativo do teu telefone?

A notícia de que a Google passou a exigir aos fabricantes o uso das versões mais recentes do seu sistema operativo causou uma reviravolta no universo Android. E isso me fez recordar do infográfico publicado pela HTC a colocar a responsabilidade pelos atrasos na entrega das actualizações nas costas das operadoras móveis. Mas quem é realmente responsável pelo atraso da actualização do sistema operativo do teu dispositivo?

Segundo a explicação oficial da HTC, um dos únicos fabricantes que pareceu ter interesse em explicar tal processo até o momento, temos que levar em consideração 3 tipos de dispositivos: aqueles vinculados às operadoras (MEO, Optimus, ZON, Vodafone, etc.), os desbloqueados e as versões Google Edition. Apesar dos detalhes superficiais sobre os prazos, o gráfico traz algumas informações que indicam como uma actualização pode morrer na praia ou seguir em frente.

De acordo com o fabricante Chinês, existem dois grandes obstáculos para o update do sistema operativo de um dispositivo Android. O primeiro está relacionado com os fabricantes de processadores, tais como Qualcomm e Nvidia, que necessitam de actualizar e optimizar os seus drivers. Se os fabricantes dos chipsets decidirem que não irão oferecer suporte para a nova versão, o processo morre no primeiro estágio: chamado de “Desenvolvimento”. Agora, se elas decidem suportar a nova versão, então criarão os drivers necessários e as optimizações para tal chipset.

E agora vem o segundo obstáculo. Este se refere às próprias OEMs (HTC, Samsung, Motorola, LG e outras) que precisam de fazer as alterações de software para acrescentar os seus recursos e tornar seus dispositivos únicos.

Se levarmos em consideração o infográfico abaixo, o principal culpado pela lenta actualização do sistema operativo do teu dispositivo é mesmo a tua operadora. Tomando como exemplo os dispositivos Google Play Edition, existem apenas 8 etapas entre o processo inicial e final; já um dispositivo desbloqueado que utiliza a skin do fabricante precisa de passar por 9 etapas; e aparelhos bloqueados a uma operadora móvel necessitam de passar por 12 etapas.

Assim, a mensagem aqui é clara: as operadoras móveis atrasam o processo de actualização mais do que qualquer outra coisa. Na imagem abaixo, isso fica bastante óbvio. O HTC One desbloqueado e as variantes Google Play Edition e Developer Edition já contam, por exemplo, com a actualização para Android KitKat, enquanto os modelos bloqueados às operadoras continuam à espera pela versão mais recente do novo sistema da Google:

A lista indica que os modelos HTC One da AT&T, T-Mobile, Sprint, Verizon ainda estão na fase de “integração”, que é apenas a segunda etapa dos quatro passos necessários para poder disponibilizar uma actualização. Na fase de integração a HTC e as operadoras negociam e fazem as alterações em relação à versão desbloqueada (geralmente agrupando aplicações e serviços da própria operadora). Depois de acrescentadas as mudanças, os dispositivos ainda precisam ser testados novamente, por isso, na imagem acima as variantes do HTC One ligadas às operadoras ainda precisarão de mais tempo para receber o respectivo update.

Conclusão

Respondendo a pergunta inicial deste artigo, o atraso nas actualizações de dispositivos Android está diretamente ligado aos serviços da tua operadora. E vou além, pois muito desta burocracia por trás da disponibilização das novas versões do sistema operativo da Google vem da lei de mercado, pois se o teu smartphone não possui a versão mais recente, terás que comprar um novo, certo?

Qual é a tua teoria para o atraso das actualizações dos smartphones Android? Deixe-nos saber a tua opinião nos comentários abaixo.

Fonte: HTC & AndroidPit

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link