Android Geek
O maior site de Android em Português

Cortana da Microsoft chega ao topo! Para empresas pelo menos

Uma empresa chamada Spiceworks analisou mais de 500 empresas na Europa e na América do Norte em relação ao uso de assistentes digitais no local de trabalho. Os assistentes baseados em AI tornaram-se comuns em muitos dos nossos dispositivos. Existem em smartphones, smartwatches, computadores, aplicações individuais e até mesmo dentro dos seus próprios colunas. Eles podem controlar tudo, desde o nosso telefone , até às nossas luzes ou ar condicionado e até mesmo o nosso PC. Não é de admirar que as empresas possam estar interessadas em utilizar estes assistentes digitais para simplificar o fluxo de trabalho dos seus funcionários.

Então quem está por cima e por quê?

Os resultados são informativos, mas não totalmente surpreendentes, se considerarmos que tipo de tecnologia se usa num local de trabalho. A Cortana da Microsoft ficou no topo. O estudo mostrou que 49% das empresas incluídas no estudo usam a Cortana. O vice-campeão foi o Siri, da Apple , com 47 por cento. O Google Assistant ficou atrás de ambos com apenas 23%. Isso não é de todo surpreendente. De facto, a pequena diferença entre Siri e Cortana é provavelmente o resultado mais surpreendente. A maioria dos utilizadores corporativos usa Windows. Isso já é um facto há algum tempo, embora os computadores Mac tenham feito um grande progresso neste segmento. Alguns estudos prevêem que a Apple superará a Microsoft no mercado corporativo, embora muito disso dependa o custo. Portanto, não é surpreendente que a Cortana tenha assumido a liderança nesta categoria.
No entanto, o facto de a Apple estar tão bem posicionada próxima num campo que antes era propriedade da Microsoft demonstra algumas coisas.
Cortana da Microsoft chega ao topo! Para empresas pelo menos 1
Um dos factores mais importantes é a consagração do iPhone nos negócios. O Windows Phone está morto e é óbvio que o aparelho da Apple é o telefone de escolha para empresas. Os iPads também estão a tornar-se mais habituais nas empresas. Estes dispositivos fora do âmbito do PC provavelmente contribuem para a porcentagem crescente da Siri. A maioria dos utilizadores classifica a Siri muito abaixo quanto às capacidades. A Cortana está bem integrada no sistema operativo Windows e também está implementada em ferramentas de colaboração.

Como são usados os assistentes digitais usados ​​no ambiente de trabalho?

O estudo mostra que o uso mais comum é o ditado de voz. 46 por cento das organizações utilizam um assistente digital para passar voz para texto. 26% utilizam para colaboração em equipa e outros 24% consideram-nos úteis para a gestão de calendários. E-mail, atendimento ao cliente e gestão de help desk varia à volta de 14%, a análise de dados é a última. Parece que aqueles que trabalham no departamento de TI são os utilizadores mais comuns seguidos pela gestão. Embora os assistentes digitais ainda tenham um longo caminho a percorrer, eles são muito bons em algumas coisas e podem ser usados ​​para economizar tempo valioso. Eles são muito úteis quando se trata de definir lembretes e criar eventos. Não só são rápidos, o que pode economizar horas na folha de pagamento, mas eles podem melhorar a produtividade. Tornar mais fácil definir lembretes e eventos, assim como ajudar a garantir que os funcionários são menos esquecidos e, portanto, mais bem-sucedidos.

O que trará o futuro?

Bem, o estudo também mediu o número de empresas que planeiam implementar alguma forma de assistente digital nos próximos 12 meses. 13% das empresas planeia usar a Cortana no próximo ano, enquanto apenas 5% adicionarão a Siri à sua linha. Curiosamente, 15% planeiam adicionar o Alexa da Amazon e 16% planeia usar algum outro chatbot em breve. O estudo mostrou que o assistente da Amazon é mais comum para os consumidores do que para os negócios. Muito poucas empresas estão a optar por criar os seus próprios chatbots (2%), aparentemente muitos mais preferem usar a Cortana. Há muitas preocupações para as empresas que desejam utilizar essa tecnologia crescente. Cada smartphone e computador tem um, mas muitos não sabem como eles funcionam. A segurança e a falta de estudos de caso estão entre as três principais razões pelas quais eles não são usados. No entanto, mais e mais empresas estão a perceber a crescente necessidade dos departamentos de TI e de profissionais de TI qualificados. À medida que essa tendência ascendente continua, é provável vermos um aumento no uso de assistentes digitais de forma generalizada.

 

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link