BlackBerry quer licenciar a sua própria versão de Android

Nos últimos anos, a BlackBerry transformou-se de uma empresa que criou e vendeu smartphones com o seu próprio sistema operativo para uma que vende o seu nome a fabricantes que querem aproveitar o reconhecimento da marca junto dos consumidores.  Ela também desenvolve o que diz ser uma versão mais segura do Android do que a versão que sai do seio da Google.

No entanto, a parceria com a TCL, Optiemus e BB Merah Putih para a produção de smartphones foi apenas a primeira fase da estratégia de licenciamento da BlackBerry, como se verifica. A segunda fase envolve o licenciamento da sua versão Android centrada na segurança do Android para empresas que desejam vender aparelhos de marca que não sejam BlackBerry, que executem o "BlackBerry Secure" - que é o nome que  é dado ao sistema operativo Android modificado pela BlackBerry.

A BlackBerry diz que já está a trabalhar em "vários contratos diferentes" em relação a esses licenciamentos, alguns dos quais serão anunciados em breve. A informação vem de Alex Thurber, vice-presidente senior da BlackBerry e gestor geral de soluções móveis. 

A BlackBerry quer eventualmente distribuir a sua interpretação do Android para empresas em outros campos também - dispositivos médicos e TVs, por exemplo. Isto ocorre porque mais e mais coisas estão a começar a usar o Android, e todas as coisas conectadas podem ser pirateadas e usadas para ataques cibernéticos. Assim, a empresa sente que sua experiência em segurança pode ser útil, até certo ponto pelo menos.

Relacionado:  Xiaomi revela carregamento rápido HyperCharge de 200W com fio e 120W sem fio
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!