Android Geek
O maior site de Android em Português

BlackBerry ainda agora entrou no mundo Android, e já faz o que os utilizadores não gostam

Parece que pouco depois de entrar no mundo Android, a BlackBerry já está a cavar o seu fosso. É que o BlackBerry Priv nunca será atualizado para o Android 7.0 Nougat ou versões posteriores do sistema operativo móvel da Google, confirmou o gerente geral da Mobility Solutions Alex Thurber da empresa. Enquanto falava no blogcast da UTB na sexta-feira, Alex Thurber explicou que a complexa rede de parceiros de produtos que teria que contribuir ativamente para a hipotética atualização tornou a possibilidade de que isso acontecesse praticamente impossível.

Os seus comentários confirmam que o BlackBerry Priv permanecerá oficialmente no Android 6.0.1 Marshmallow que recebeu no ano passado depois de ter sido lançado com Android 5.0 Lollipop em novembro de 2015.
Atualmente, não está claro se o DTEK50 e o DTEK60, que foram lançados com o Android 6.0 Marshmallow em agosto e outubro de 2016, também não serão atualizados para o Nougat pelo mesmo motivo, embora Thurber tenha dito que esse cenário é possível.

blackberry-priv-main.jpgOs smartphones da marca DTEK ainda estão configurados para continuar a receber as actualizações de segurança mensais desenvolvidas pela Google e otimizadas pela BlackBerry, disse o executivo da empresa, acrescentando que a empresa está atualmente no processo de finalizar a sua compilação do Android 8.0 Oreo para o BlackBerry KEYone.
No entanto não ficou claro quando é que o intermediário da BlackBerry irá receber a próxima grande atualização do sistema operativo da Google, embora a atualização seja amplamente esperada para ser lançada no início de 2018.

O gigante tecnológico canadense fez uma grande mudança de estratégia de produtos nos últimos tempos, tendo optado por desligar a sua divisão de hardware e começar a colaborar com fabricantes de design originais (ODMs), além de licenciar a sua marca a terceiros. O BlackBerry KEYone é o produto de uma dessas parcerias com a Chinesa TCL Communication e mais dispositivos similares, como o ainda não anunciado "Krypton", que também se acredita ser feito em colaboração entre a BlackBerry e ODMs independentes. A empresa não fez nenhuma indicação de que está a planear lançar outro smartphone em 2017 e, dado os padrões recentes de lançamento do produto, parece provável que o próximo aparelho da empresa seja exibido na edição de 2018 de Consumer Electronics Show, com sede em Las Vegas, Nevada em janeiro.

A BlackBerry mostrou o KEYone na CES 2017, meses antes de lançar oficialmente o seu produto no Mobile World Congress (MWC) em Barcelona, ​​Espanha, e a empresa pode optar por uma abordagem similar para a introdução do seu próximo smartphone Android em 2018.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais