Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo

Este conjunto eleva a fasquia no segmento de smartphones de média gama. Introdução Samsung Galaxy A9 (2018) Um dos primeiros telefones com cinco câmaras a bordo e, vários meses após o anúncio continua a ser o único com quatro câmaras na parte de trás – é único, é o Samsung Galaxy A9 (2018).

Primeiro veio o Samsung Galaxy A7 com um sistema de três câmaras traseiras e agora, o Galaxy A9 que vem com um sistema de quatro câmaras traseiras épico - o primeiro do mundo! O Galaxy A9 tem um design gradiente reflexivo, cores vibrantes, vidro resistente a arranhões e Infinity Display. Este conjunto eleva a fasquia no segmento de smartphones de média gama.

Introdução Samsung Galaxy A9 (2018)

Um dos primeiros telefones com cinco câmaras a bordo e, vários meses após o anúncio continua a ser o único com quatro câmaras na parte de trás - é único, é o Samsung Galaxy A9 (2018).

Já vimos que tem características que o tornam único, mas a dúvida era como se portaria no mundo real em uso real. Esta análise é para clarificar esta questão.

Se olharmos para a série Galaxy A, vemos que este Galaxy A9 é uma das estrelas da estrela da companhia. Sim, tem mais câmaras que qualquer outro. Mas não é apenas a quantidade que faz a diferença, entre estas quatro câmaras encontramos um módulo telefoto adicionado configuração regular / ampla / profundaidade do A7. Há apenas uma única câmara na frente -  e o sensor selfie de 24MP não possui um sensor de profundidade próprio.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 1

Não é apenas a contagem de câmaras que diferencia o A9 do resto dos modelos Galaxy de média gama de 2018 - ele também tem o chipset mais potente. O seu Snapdragon 660 supera os chipsets Exynos dos seus irmãos mais económicose só fica aquém dos recentemente anunciados A8s.

Um dos melhores ecrãs da série A também reside na parte frontal do A9 (2018), a sua diagonal de 6,3 polegadas é apenas superada pelo A8s. De qualquer forma, o conjunto de recursos A9 (2018) continua a apresentar mais RAM do que o utilizador poderia precisar, 128 GB de armazenamento que o utilizador também pode expandir com um slot microSD dedicado e uma ampla capacidade de bateria completa com carregamento rápido da Samsung. Sim, esta folha de especificações parece ter tudo o que poderíamos pedir nesta gama.

 

Especificações do Samsung Galaxy A9 (2018)

  • Corpo: Vidro na traseira, armação de metal; 162,5 x 77 x 7,8 mm, 183 g; Esquemas de cores Caviar Black, Lemonade Blue e Bubblegum Pink;
  • Ecrã: Visor Infinity de 6,3 "Super AMOLED, FullHD + 2,220x1,080px de resolução (18,5: 9), densidade de pixels de 392ppi.
  • Câmaras traseiras: (1) 24MP, abertura f / 1.7; autofoco de detecção de fase; (2) 8 MP, abertura f / 2.4, foco fixo, 12 mm ultra largo; (3) 10MP, abertura f / 2.4, focagem automática, teleobjectiva com zoom óptico de 2x; (4) 5MP, abertura f / 2.2, apenas detecção de profundidade. Flash LED. Gravação de vídeo de 2160p / 30fps.
  • Câmara frontal: Abertura de 24MP, f / 2.0; foco fixo; Gravação de vídeo 1080p / 30fps.
  • SO / Software: Android 8.0 Oreo; Sobreposição personalizada Samsung Experience 9.0.
  • Chipset: Snapdragon 660: octa-core 4x2,2 GHz Kryo 260 e 4x1,8 GHz Kryo 260, Adreno 512 GPU.
  • Memória: 6GB / 8GB (dependente do mercado) de RAM, 128GB de armazenamento; slot microSD
  • Bateria: 3.800 mAh Li-Po (seladA); Carregamento rápido adaptável da Samsung.
  • Conectividade: Dual SIM; LTE Cat. 9 (download de 450Mbps / upload de 50Mbps); Porta USB 2.0 Tipo C; Wi-Fi a / b / g / n / ac; GPS, GLONASS, BDS, GALILEO; NFC; Bluetooth 5.0; Radio FM.
  • Misc Leitor de impressão digital na parte traseira; Samsung Pay; único alto-falante na parte inferior; Jack de 3,5 mm.

Bem, dissemos que a folha de especificações é quase perfeita, isto porque queríamos ver o Android Pie em vez do Oreo do ano passado, mas num mundo onde alguns topos de gama ainda não saborearam o Android Pie não é totalmente surpreendente que este A9 saia com Oreo de fábrica.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 2

E, embora normalmente evitemos pensar em termos de preço versus desempenho antes de avaliar um telefone pelos seus méritos, o valor que a Samsung pede pelo Galaxy A9 (2018) suscitou alguma desconfiança.

Mas o preço só por si não diz absolutamente nada, vamos ver este Galaxy A9 em detalhe.

 

Design Samsung Galaxy A9 (2018) 

O Galaxy A9 (2018) tem alguns toques de design que mostram que a Samsung está disposta a liderar já com os seus modelos actuais em vez de esperar que o próximo Galaxy S flagship venha assumir as despesas. O Galaxy A9 (2018) vem em três visuais distintos, um dos quais é simples preto, enquanto os outros dois são exuberantes. Gradientes multicor são claramente a última tendência de design, com Huawei, Oppo e mais recentemente OnePlus a entrar na onda. A Nossa unidade de análise do Galaxy A9 (2018) é a versão Lemonade Blue, com um ponto verde amarelado claro no topo desvanecendo num azul rico e profundo na parte inferior. A última opção é o Bubblegum Pink, que é um vermelho leve que se desvanece num rosa muito mais profundo. Qualquer um deles certamente atrairá muita atenção, então estamos contentes que a Samsung ofereça uma opção preta simples para quem não gosta de dar nas vistas.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 3

Não são apenas as cores do Galaxy A9 (2018) que o fazem sobresair - o acabamento é muito brilhante e há uma textura granulada que lhe dá profundidade e capta luz à medida que o telefone a reflecte. O módulo de câmara quádrupla e o sensor de impressão digital do Galaxy A9 (2018) são destacados em azul brilhante. A estrutura de metal do telefone também é azul e combina com a parte inferior do gradiente, mas destaca-se acentuadamente contra o verde amarelado no topo. O contraste é muito perceptível pois a parte traseira deste telefone é curva nos lados.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 4

A frente deste telefone não é tão chamativa quanto a sua traseira. O ecrã Infinity Display não se curva nas laterais e há margens relativamente grossas acima e abaixo. Não achamos que esteja mal, mas o Galaxy A9 (2018) não parece tão moderno quanto alguns dos seus concorrentes.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 5

As quatro câmaras estão dispostas numa estreita faixa vertical, semelhante ao que vimos pela primeira vez na câmara tripla do Galaxy A7 (2018). De cima para baixo, temos uma câmara ultra larga de 8 megapixels com um campo de visão de 120 graus; uma câmara telefoto de 10 megapixels com uma lente zoom de 2X; a câmara principal de 24 megapixels que possui uma abertura f / 1.7 e um sensor de profundidade de 5 megapixels para auxiliar com focagem e retratos.

Especificações e software do Samsung Galaxy A9 (2018)

Em vez de usar um dos seus processadores Caseiro Exynos, a Samsung escolheu o Qualcomm Snapdragon 660 para este telefone.  O Snapdragon 660 apesar de estar presente em equipamentos mais baratos que este Galaxy A9 (2018) não é um calcanhar de Aquiles. Com oito núcleos de CPU e gráficos integrados Adreno 512, ele pode oferecer uma experiência premium a par com alguns flagships (de há alguns anos).

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 6

A Samsung decidiu vender duas variantes deste telefone, mas curiosamente, a única diferença é que um tem 6GB de RAM e o outro tem 8GB. A unidade que testámos tem 6GB de RAM e em Portugal será díficil encontrarem outra versão. Ambas as opções apresentam 128 GB de armazenamento. Suporte de capacidade MicroSD até 512GB.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 7

O ecrã Super AMOLED de 6,3 polegadas do Galaxy A9 (2018) tem uma resolução de 1080x2220. As cores são vibrantes e permite uma visualização correcta mesmo com reflexos, fica bem de qualquer ângulo e sob qualquer tipo de luz. Podem não apenas ajustar os perfis de cores e a temperatura, mas também ajustar individualmente os níveis vermelho, verde e azul na aplicação de Configurações de Visualização.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 8

Este painel suporta um modo Always On que mostra a hora, a data, o nível da bateria e os ícones  de notificação sempre que o telefone estiver em espera (ou de acordo com as vossas preferências). Os estilos do ecrã sempre ativados agora são um componente dos temas de interface do utilizador da Samsung, portanto podem fazer o download de muitos outros estilos, onde se incluem os mais coloridos.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 9

O Samsung Galaxy A9 (2018) vem com uma bateria de 3800mAh, que é uma capacidade surpreendentemente alta, em comparação com os Galaxy S. Há também o Bluetooth 5, 802.11ac Wi-Fi de banda dupla, NFC, GPS e GLONASS e, claro, 4G LTE em ambos os SIMs. Este telefone possui um sensor geomagnético que funciona como uma bússola, além de um giroscópio, sensor de proximidade, sensor de luz ambiente e acelerómetro.

A nossa unidade de análise estava a correr a versão 9.0 da interface do Samsung Experience UI com o Android 8.0 como base. Recebemos uma atualização que incluiu o patch de segurança do Android de Dezembro de 2018 pouco tempo depois de o começarmos a testar. Existem muitas aplicações da Samsung, várias dos quais duplicam ou substituem as aplicações do Google. Como de costume, o utilizador também encontrará aplicações Microsoft Office e algumas aplicações de terceiros.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 10

Câmaras Samsung Galaxy A9 (2018)

Claro que o que deve causar mais curiosidade é o módulo de câmara quádrupla na parte traseira. A Samsung alega que o Galaxy A9 (2018) é o primeiro telefone do mundo a ser lançado com quatro câmaras na traseira e pode parecer exibicionismo, mas a lógica das quatro câmaras é bastante sólida. Nunca houve um padrão para telefones com duas câmaras. Geralmente, há uma câmara primária comum, mas a outra pode ter uma lente zoom ou grande angular, um sensor especializado de pouca luz ou apenas um sensor de profundidade. Os utilizadores tinham sempre que tomar uma decisão ao escolher um telefone e abdicar de um desses recursos, agora a Samsung está a oferecer múltiplos sensores num único dispositivo.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 11

A aplicação da câmara mostra um conjunto de três ícones logo acima do disparo do obturador. Alternar entre as câmaras ampla, padrão e zoom leva um ou dois segundos. O comutador de câmaras só está disponível nos modos Auto e Scene Optimizer. Ao gravar vídeo, Podem começar com qualquer uma das três câmaras ativas, mas atenção que se a câmara zoom estiver selecionada e o utilizador tocar no botão de gravação, o utilizador começará a gravar através da câmara padrão com zoom digital de 2X aplicado, e os resultados podem não ser o que procuram. Isso permite alternar entre as vistas padrão e zoom instantaneamente durante a gravação, mas os ícones não mudam. Não há indicação de que a câmara com zoom real não está a ser usada. Por outro lado, Podem começar a gravar com a câmara grande angular, mas não podem alternar para nenhuma das outras enquanto gravam.

Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 12

As câmaras padrão, zoom e grande angular também não são combinadas. A principal tem um sensor de 24 megapixels e f / 1.7 de abertura, o que é ótimo para pouca luz. A câmara zoom possui um sensor f / 2.4 de 10 megapixels, e a câmara ultra-wide rem apenas um sensor de 8 megapixels com a mesma abertura f / 2.4. Na prática, há uma enorme diferença de qualidade nas fotos que tiramos exatamente no mesmo lugar, com as três câmaras.

As fotos em modo Wide são as mais evidentes, com a distorção de barril imediatamente perceptível. As fotos ampliadas são muito boas. Quando o utilizador muda para a câmara com zoom no escuro, o Galaxy A9 primeiro ativa o recurso, mas depois, volta para a câmara padrão e mostra um quadro com zoom digital. Podem ver claramente um quadro escuro no ecrã no início, que de repente se ilumina. Isso também aconteceu algumas vezes durante o dia, sob a luz do sol. Assim como no vídeo, colocar um dedo sobre cada lente,  confirma qual a câmara ativa.

Há momentos em que cada uma das câmaras de pode revelar útil, mas os utilizadores ficam muito melhor servidos com a câmara principal na maioria das vezes.

Outros recursos da aplicação da câmara incluem um modo Profundidade que funciona bem, um modo de Embelezamento e adesivos AR Emoji. Para vídeo, existem opções de câmara lenta, super-movimento e hyperlapse. Não contem no entanto com estabilização ótica da imagem, mas há estabilização eletrónica, excepto ao fotografar em 4K, wide HD (2224x1080) ou 1: 1 (1440x1440). O Bixby Vision permite identificar monumentos alimentos, rótulos de garrafas de vinho e texto. Podem fazer uma pesquisa na Web ou tentar comprar algo que estão a fotografar.

A câmara frontal deste telefone não deve ser esquecida. É uma unidade f / 2.0 de 24 megapixels com foco fixo.

Samsung Galaxy A9 (2018) desempenho e duração da bateria

Dado o seu preço, o Samsung Galaxy A9 (2018) vai competir com vários telefones com Snapdragon 845 ou processadores de classe flagship equivalentes. A boa notícia é que o desempenho do dia-a-dia é completamente impecável e o utilizador teria dificuldade em identificar quaisquer situações em que este telefone não seja tão fluído ou responsivo quanto as suas contrapartes. As aplicações são carregadas rapidamente e a multitarefa é fluídal.

Os Benchmarks, claro, revelam diferenças no poder bruto desses dois processadores. O Galaxy A9 (2018) marcou 140.275 pontos no AnTuTu, e os testes single-core e multi-core do Geekbench deram 1.608 e 5.779 pontos, respectivamente. O benchmark de jogos GFXBench T-rex foi de 47fps e o Manhattan 3.1 foi de 14fps.

O ecrã é adequadO para ver vídeos e jogar jogos. Tudo parece vibrante e o movimento é muito suave. A coluna embutida é alto e com bom som, mas sentimos falta de som estéreo.

Em termos de autonomia, conseguimos começar às 9h e a terminar quase à meia-noite, sem precisar de pensar sequer num carregador. Durante esse tempo, jogamos alguns jogos por cerca de uma hora, fizemos streaming de um filme, navegámos por aplicações e websites.

 

Veredito Samsung Galaxy A9 (2018)

A Samsung fez um excelente trabalho neste Galaxy A9 (2018) e mostra um lado criativo ao oferecer algo único no mercado. Encontrou uma necessidade e apostou na sua concretização. Esperamos que este seja o começo de uma nova e forte fase de inovação da empresa Sul Coreana. Se a média gama da série A é assim, a próxima série S vai certamente deixar-nos surpreendidos.

Este é um telefone competente que oferece um forte desempenho e com uma construção e Design excelentes. Quanto às quatro câmaras, a teoria é boa, mas na prática não se revelam da maior utilidade e é possível resultados equiparados com menos câmaras.

Tudo se resume, no entanto, ao preço. Está claro que a Samsung está a apontar baterias a concorrentes como o OnePlus 6T que se encontra sensivelmente na mesma faixa de preço. Para quem não se importa com o desempenho bruto do equipamento e quer ter um equipamento que é sem dúvida único , este Galaxy A9 (2018) é uma boa opção. No entanto há opções mais completas.

Preço e Disponibilidade

O Galaxy A9 (2018) já está disponível na Phone House por 589€.

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo
Análise Samsung Galaxy A9: o primeiro smartphone de quatro câmaras do mundo 13
Este conjunto eleva a fasquia no segmento de smartphones de média gama. Introdução Samsung Galaxy A9 (2018) Um dos primeiros telefones com cinco câmaras a bordo e, vários meses após o anúncio continua a ser o único com quatro câmaras na parte de trás - é único, é o Samsung Galaxy A9 (2018).
Editor's Rating:
4

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Gostaram? Podia ter sido melhor?
Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link