Apple vai começar a analisar as fotos dos utilizadores para detetar pedófilos

A empresa existe desde 1978, mas o seu mais recente projecto, promete gerar polémica.

A Apple é conhecida por estar na vanguarda da tecnologia e da inovação. A empresa existe desde 1978, mas o seu mais recente projecto, promete gerar polémica. O gigante da tecnologia vai analisar as suas fotografias para verificar se há abuso de crianças.

A Apple está a dar um passo pró-activo para proteger as crianças de abusos, procurando nas fotografias dos utilizadores e mensagens sinais de violência e abuso. A empresa planeia introduzir a funcionalidade de uma forma que mantenha essas comunicações ocultas à Apple, garantindo ao mesmo tempo que a privacidade dos utilizadores permanece inviolada.

Apple vai começar a analisar as fotos dos utilizadores para detetar pedófilos 1

A Apple está a adicionar novas funcionalidades ao seu software, como mensagens e fotos. A empresa irá integrar estas actualizações em todas as suas plataformas ainda este ano com iOS 15, iPadOS 15, WatchOS 8 e Mac OS Monterey.

A Apple anunciou a nova funcionalidade para o iOS 12 que utiliza a aprendizagem no aparelho para analisar mensagens nos dispositivos, a fim de detectar um perigo potencial. Esta é uma medida de precaução extra, e será apenas a análise de fotos enviadas ou recebidas por crianças com menos de 13 anos de idade com conteúdo sexualmente explícito. A análise terá lugar inteiramente no telefone para que os utilizadores possam ter a certeza de que estão seguros ao utilizar esta função - a Apple não poderá ver qualquer informação pessoal sobre os utilizadores sem o seu consentimento!

A fim de evitar que os predadores sexuais possam contactar crianças, um novo programa está agora a ser implementado. Se alguém enviar uma mensagem ou foto inadequada, a criança será avisada de que pode conter conteúdo sensível e receber informações sobre como denunciar tais contactos, bem como bloqueá-los. Uma vez alertados, poderão então ver mensagens se assim o desejarem, mas serão avisados que os pais serão alertados ao fazê-lo.

Relacionado:  iPhone 13 pode afinal custar mais do que o esperado. Saiba porquê

A Apple acrescentou uma nova camada de protecção para as crianças que tiram fotografias com os seus iPhones. Os pais podem configurar notificações quando a criança envia qualquer foto, a fim de controlar mais de perto o que está a ser enviado e recebido.

Mas mais controverso, é uma segunda funcionalidade que faz uma busca de fotografias possíveis de Materiais de Abuso Sexual Infantil, ou CSAM. Esta tecnologia no iOS e iPadOS irá analisar a biblioteca de fotografias iCloud dos utilizadores à procura de mensagens - mas sempre com a privacidade do utilizador assegurada.

O iOS analisa a biblioteca de fotografias em busca de imagens de abuso com uma base de dados fornecida por organizações de segurança infantil, sem ter de estar ligado em rede.

A Apple desenvolveu uma nova tecnologia que será capaz de perceber se o conteúdo de uma conta for suficientemente semelhante ao que consta na base de dados. Se houver alguma correspondência, a Apple comunicará as contas às autoridades.

Esta nova funcionalidade que permitirá analisar as fotografias e mensagens das pessoas, procurando sinais de abuso. A empresa diz que as funcionalidades estão a ser introduzidas de forma a manter essas comunicações ocultas à Apple; de modo a não comprometer a privacidade dos utilizadores.

Fonte

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!