Apple iPad Air 2022 não deverá ter painel OLED da Samsung Display

‎De acordo com a informação da TheElec, ‎o projeto conjunto foi cancelado por determinadas razões, ou pela estrutura única de painéis OLED ou pela rentabilidade ou talvez até mesmo por ambas.

‎Uma nova informação sugeriu que a Apple aparentemente está a sair do seu projeto conjunto com a Samsung Display para a sua tecnologia de displays OLED. A empresa não irá usar o painel OLED desta última, para os seus tablets iPad Air 2022.‎

‎De acordo com a informação da TheElec, ‎o projeto conjunto foi cancelado por determinadas razões, ou pela estrutura única de painéis OLED ou pela rentabilidade ou talvez até mesmo por ambas. Fontes próximas do assunto revelaram esta informação. Para quem não sabe, uma única pilha é a estrutura de painel OLED amplamente utilizada onde o vermelho, verde e azul formam uma camada de emissão. No entanto, a gigante baseada em Cupertino não está “satisfeita” por causa dos níveis de brilho dos painéis OLED de pilha única.‎

A quarta geração do Apple iPad Air é alimentada por um chip de 5 nm de ponta - Tablets para experimentar mais crescimento em 2021

‎Além disso, a fabricante de iPhones também desconfia da vida útil do painel, pois os seus clientes estão cada vez mais inclinados a ficarem com os seus iPads por mais tempo do que os seus iPhones, que assim prevê um ciclo de atualização mais agressivo. De momento, a Apple está supostamente a planear mudar para uma estrutura de duas pilhas para o seu primeiro iPad OLED. Esta pilha oferece duas camadas de emissão vermelha, verde e azul em vez de uma única. Isso, por sua vez, ajuda a aumentar o seu brilho, ao mesmo tempo em que estende a vida útil do painel em até quatro vezes.‎

‎Atualmente, a Samsung oferece estrutura de pilha única e não é capaz ou está disposta a fornecer duas tecnologias de pilha. As fontes também acrescentaram que a rentabilidade poderá ser um fator importante também. Desta forma para mudar para uma tecnologia de duas pilhas para o iPad Air OLED, que pode não ser vendido por muito tempo é um investimento incerto para a Samsung.‎ Poderá ser muito provavelmente esta a sua principal razão.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!