Apple fecha mais lojas devido ao aumento nos casos COVID-19

A Apple normalmente fecha uma loja se cerca de 10 por cento dos seus funcionários tiverem testado positivo para COVID-19, disse a agência de notícias. Os seguintes locais estão fechados desde terça-feira:

Uma mão cheia de Apple Stores nos Estados Unidos e no Canadá não vão estar disponíveis para atender às compras de última hora dos clientes. De acordo com a Bloomberg, a gigante da tecnologia fechou temporariamente oito locais devido a um aumento repentino de casos COVID-19, tanto entre o público quanto entre os seus funcionários. A Apple normalmente fecha uma loja se cerca de 10 por cento dos seus funcionários tiverem testado positivo para COVID-19, disse a agência de notícias.

Apple fecha mais lojas devido ao aumento nos casos COVID-19 1

Os seguintes locais estão fechados desde terça-feira:

 

  • Dadeland em Miami
  • The Gardens Mall em Palm Beach
  • Lenox Square em Atlanta
  • Cumberland Mall em Atlanta
  • Highland Village em Houston
  • Summit Mall em Ohio
  • Pheasant Lane em New Hampshire
  • Sainte-Catherine em Montreal

A empresa também encerrou lojas no Hawai, Maryland, Ohio, Ottawa (Canadá) e Texas no início deste mês, embora tenha durado apenas alguns dias. Um dos seus locais de venda em Miami, no entanto, continua fechado. A empresa disse à Bloomberg : “Monitoramos regularmente as condições e ajustaremos nossas medidas de saúde para apoiar o bem-estar de clientes e funcionários. Continuamos comprometidos com uma abordagem abrangente para nossas equipas que combina testes regulares com exames de saúde diários, máscaras para funcionários e clientes, limpeza profunda e licença médica remunerada. ”

Talvez num esforço para persuadir as pessoas a fazerem compras online, a Apple está a oferecer aos clientes “entrega gratuita em duas horas em itens elegíveis em stock.” A oferta não se aplica a equipamentos “Mac customizado, produtos gravados e … certos tipos de pedidos, onde se inclui pedidos pagos com financiamento ou por transferência bancária.” Mas, se o produto estiver qualificado e disponível – podem contar com a entrega em 2h.

As empresas ainda estão com dificuldades com a escassez de componentes, a disponibilidade será provavelmente limitada – os compradores podem ver os seus pedidos entregues gratuitamente se fizerem o pedido antes das 12h do dia 24 de dezembro.

A Apple havia tomado outras medidas no início deste mês após o aumento de casos e o surgimento da variante Omicron. Os novos desenvolvimentos atrasaram os planos de regresso ao escritório, que estava programado para fevereiro, e reforçou os requisitos de máscara em todas as suas lojas nos EUA.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!