Android Geek
O maior site de Android em Português

Aplicação da Samsung permite que quem sofre de ELA "fale" através dos olhos

Tallk é a nova aplicação da empresa coreana cujo objetivo é ajudar na comunicação com pacientes com ELA, fiquem a conhecer todos os seus detalhes.

A Samsung apresentou oficialmente uma nova aplicação, chamada Talk, que permite "falar" através do olhar com doentes de ELA. É uma ferramenta de software que facilita a comunicação de pessoas com mobilidade reduzida e ausência de linguagem oral.

O Tallk foi desenvolvido pela startup espanhola Irisbond, especializada em soluções de rastreio ocular; e torna-se a primeiroma aplicação baseada em tecnologia de rastreio ocular para isso faz uso da câmara num tablet para a comunicação interpessoal. Esta aplicação está disponível em espanhol para alguns modelos do Samsung Galaxy Tab em Espanha.

Saber mais: Smartphones com parte traseira de plástico não são maus, de acordo com a Samsung

Samsung Talk

A Samsung lança o Talk, uma aplicação para ajudar as pessoas com ELA a comunicarem.

A empresa coreana comunicou que o objetivo da Talk é facilitar a comunicação verbal às pessoas que sofrem com este tipo de patologia e outras semelhantes, bem como dar-lhes maior independência, melhorar a qualidade de vida e dos seus entes queridos e cuidadores.

Um projeto que teve um forte componente de P&D e graças a uma combinação de Inteligência Artificial, mecanismos de rastreio facial e metodologias de aprendizagem profunda baseadas em redes neurais, foi possível desenvolver um rastreio ocular sem necessidade de dispositivos adicionais e simplesmente usando a câmara de certos modelos do Galaxy Tab.

Uma ferramenta para melhorar a comunicação com pacientes com ELA

Com um tamanho mínimo de ecrã de 8 polegadas por motivos de usabilidade e acessibilidade, a tecnologia de rastreio ocular da Tallk usa a câmara do tablet para localizemar a íris usando os padrões faciais do utilizador. Graças a diferentes algoritmos e Inteligência Artificial, o software traduz o movimento dos olhos em traços aproximados dentro do ecrã para aceder a um teclado virtual preditivo e reproduz oralmente o texto digitado pelo utilizador, utilizando a voz configurada no menu de acessibilidade do tablet.

Os algoritmos de software do Irisbond, com a modelagem e reconhecimento de padrões faciais, com a Inteligência Artificial aplicada, capturam o movimento dos olhos e traduzem esses movimentos dentro de um ecrã. Desta forma, qualquer pessoa pode operar o teclado virtual naturalmente, intuitivamente e sem usar as mãos; temos assim uma nova maneira de se relacionar com o ambiente através de tecnologias de rastreio ocular.

A aplicação também permite que o utilizador defina uma lista com as frases favoritas do utilizador, bem como um histórico das frases usadas ​​recentemente, para que o utilizador possa aceder a esta informação e usar a qualquer momento, de forma rápida e fácil. Além disso, o teclado permite ao utilizador usar o Bixby, o assistente de Inteligência Artificial da Samsung, com o objetivo de utilizar os seus comandos para diversos pedidos, como definir um alarme, ler em voz alta as mensagens recebidas ou reproduzir uma música.

Além disso, também permite controlar dispositivos domésticos compatíveis com smartthings, como televisão ou eletrodomésticos. A Samsung confirmou que o Tallk já passou por diversos testes piloto, com especialistas em tecnologias de comunicação e pacientes com ELA, para terem um feedback preciso e caso necessário incorporar todas as melhorias necessárias. A aplicação pode ser obtida gratuitamente nas lojas Galaxy Store e Play Store em Espanha.

Parabéns Samsung!

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!