Android Geek
O maior site de Android em Português

O Android está mais seguro do que nunca e o Google pode provar

Todos os meses o Google faz questão de revelar as notícias mais relevantes sobre o nosso sistema operativo. As informações sobre a distribuição do sistema são as mais visíveis, embora a partir de agora o boletim informativo mensal do Google irá mostrar informações ainda mais relevantes.

Todos os meses o Google faz questão de revelar as notícias mais relevantes sobre o nosso sistema operativo. As informações sobre a distribuição do sistema são as mais visíveis, embora a partir de agora o boletim informativo mensal do Google irá mostrar informações ainda mais relevantes.

Esta informação importante é nada menos do que a percentagem de aplicações maliciosas na loja do Google. Dados importantes para conhecer o estado das aplicações no nosso sistema operativo, bem como a segurança dos seus utilizadores.

O Android está mais seguro do que nunca e o Google pode provar 1

Índice de aplicações maliciosas, de acordo com o Google

O Android está mais seguro do que nunca e o Google pode provar 2As versões do Android deste gráfico representam Aproximadamente 90% do ecossistema Android de 2017. Esses dados mostram a percentagem de dispositivos com pelo menos uma aplicação potencialmente prejudicial instaladA por versão do Android. Imagem do Google.

O Google diz-nos que 2017 foi um ano importante para a segurança do Android. O Google Play Protect veio como uma forma de manter os nossos dispositivos protegidos, o que nos permitiu eliminar aplicações que poderiam ser prejudiciais ao nosso terminal. Quer tenham sido instalados a partir da loja ou de um APK externo.

Se falamos de percentagens, descobrimos que, apesar do mito de que o Android é inseguro, os números são realmente baixos. Estamos a falar de 0,83% de aplicações prejudiciais em abril de 2017, dentro dessa percentagem estão as aplicações da loja e os APKs externos. Até ao momento, com dados de setembro de 2018, os números caíram para 0,61% de aplicações prejudiciais, do Google Play e de outras fontes. Se falamos de dados exclusivamente do Google Play, o risco diminui para 0,09%.

O risco de instalarmos uma aplicação maliciosa no Google Play é de 0,09%

O Android está mais seguro do que nunca e o Google pode provar 3

Estes dados mostram a percentagem de dispositivos com pelo menos uma aplicação potencialmente prejudicial instalado por versão do Android. Imagem do Google.

Se falamos de percentagem de dispositivos com aplicações prejudiciais de acordo com a versão, observamos como a partir do Android 6.0 começou descer, até atingir seu mínimo histórico no Android 9 Pie.

Percentagem de aplicações potencialmente prejudiciais (PHA)

  • KitKat | 0,56%
  • Lollipop | 0,66%
  • Marshmallow | 0,51%
  • Nougat | 0,25%
  • Oreo | 0,14%
  • Pie | 0,06%

Por último, O Google diz-nos o estado de segurança no nosso sistema operativo, discriminado por país. Descobrimos que a Indonésia e a Índia têm os percentuais mais altos de aplicações potencialmente prejudiciais - 0,65% - enquanto a Coreia do Sul e a Turquia têm o número extremamente baixo de 0,1%.

O Android está mais seguro do que nunca e o Google pode provar 4

Percentagem de aplicações potencialmente prejudiciais em todo o mundo
Os 10 países neste gráfico têm o maior volume de dispositivos Android. Esses dados mostram a Percentagem de dispositivos com pelo menos uma aplicação potencialmente prejudicial instalado por país.
Google

Como podemos ver, o índice PHA - aplicações potencialmente prejudiciais - no Android é bastante baixo, e as melhorias de segurança implementadas em 2017 começam a fazer seu trabalho. De acordo com o Google, todas as aplicações do GPlay são revistas ​​antes da publicação, embora tenhamos que admitir que isso não impede que, de tempos em tempos, publiquem alguma outra aplicação com malwares que consegue passar o filtro.

É preciso ter em conta também que estes relatórios referem-se a aplicações detectados como PHA mas obviamente o Google não detecta todos os PHAs. No entanto, os números são tranquilizadores e continuam a mostrar que o Android não é tão inseguro quanto parece.

Fonte | Google

 

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link