Android Geek
O maior site de Android em Português

Android, iOS e Windows Phone: Vamos comparar os números dos gigantes

 

O mercado de smartphones está em alta e muitos consumidores já utilizam os aparelhos como principal forma de aceder à internet — tendo até mesmo substituído os computadores em diversos casos. E, além de marcas e modelos de aparelhos, também existem muitas diferenças nos sistemas operativos utilizados por cada um deles. Sem dúvidas, o software também é um diferencial.

Mas sabes qual é o sistema operativo portátil mais utilizado em mundo todo? E qual deles é o que mais dinheiro paga aos programadores? Pode parecer estranho, mas a resposta para essas duas perguntas não é a mesma. Ficaste curioso para entender melhor o que isso significa? Então confere agora mesmo o artigo criado para mostrar os diversos detalhes sobre os principais sistemas de smartphones do mundo.

 

 

O líder absoluto no mercado

Apesar de ter entrado no mercado um pouco depois do iOS, o Android é o sistema operativo mais utilizado em dispositivos móveis. Hoje existem mais de 1 mil milhões de aparelhos activos — o que significa que eles foram ligados à internet pelo menos uma vez nos últimos 30 dias — com o sistema da Google. O iOS hoje possui 800 milhões de utilizadores activos — considerando smartphones, tablets e iPods Touch.

 

 

Na terceira posição do mercado surge o Windows Phone, que hoje possui cerca de 60 milhões de utilizadores activos — a Microsoft não divulga dados concretos e actualizados sobre o mercado de seu sistema móvel. Vale a pena dizer que ainda há outros sistemas operativos, como o Firefox OS e o Blackberry, mas os números deles são bem menos expressivos actualmente.

Se já viste o infográfico que faz parte deste artigo, podes ter ficado com algumas dúvidas em relação ao Market share dos sistemas operativos. Como é possível que 200 milhões de utilizadores activos a menos signifiquem 73% de diferença entre Android e iOS? A verdade é que eles não representam, pois o Market share é relacionado ao número de aparelhos activados no último trimestre, não ao total deles.

 

Quantas aplicações existem em cada loja?

Por ser o sistema mais difundido, o Android é também o que mais atrai desenvolvedores iniciantes. Não é à toa que a loja de aplicações Google Play Store conta com 1,3 milhões de opções para os consumidores — sempre lembrando que nestes números não são separados os softwares de alta qualidade dos “clonewares”, que são cópias dos aplicações de sucesso.

 

 

No iOS, existem 1,2 milhões de aplicações, e nisso também estão as opções de menor qualidade — que são muito frequentes nos sistemas operativos de qualquer plataforma. O Windows Phone conta com um número menor na sua loja: são 300 mil programas actualmente — vale lembrar que grande parte das principais aplicações de outras plataformas já estão no sistema da Microsoft.

 

 

Qual é o mais rentável para os desenvolvedores?

Apesar de o Android ser mais popular e gerar mais downloads para as aplicações do que o iOS, isso não se reflete nas finanças dos desenvolvedores. O motivo para isso está no facto de que há menos utilizadores no sistema da Google que estão dispostos a pagar por aplicações — fazendo com que a média de ganhos por download seja a menor entre os três sistemas citados neste artigo.

Em média, cada download realizado na Play Store gera US$ 0,018 para os desenvolvedores, ao mesmo tempo em que na App Store da Apple esse valor chega aos US$ 0,10. No Windows Phone há ainda mais rentabilidade, terminando em US$ 0,15. Segundo o que publicou a Forbes, considerando as médias de vezes que cada aplicação é instalada — 60 mil (Android), 40 mil (iOS) e 4 mil (Windows Phone) —, chegamos aos seguintes valores médios de receita:

  • Android: US$ 1.125
  • iOS: US$ 21.276
  • Windows Phone: US$ 2.222

Os três pagam o mesmo para cada um dos desenvolvedores: 70% de cada venda realizada, sendo que os 30% restantes são direcionados para os responsáveis por cada plataforma.

 


O crescimento do Windows Phone

Segundo um relatório publicado pelo IDC, entre 2013 e 2014 o Windows Phone teve uma pequena queda na parcela de mercado que ocupa, mas isso não deve ser um padrão para os próximos anos. O instituto de análises de mercado revela que o sistema da Microsoft deve chegar aos 7% até o ano de 2018 — sendo impulsionado pelos aparelhos da Nokia.

 

 

Com isso, o Windows Phone seria a única plataforma móvel a crescer no mercado, uma vez que tanto Android quanto iOS devem perder pequenas parcelas nos anos que estão por vir. Estas previsões são feitas por especialistas em análises de mercado e como é óbvio trabalham com algumas margens de erro.

Como podes ter percebido ao longo deste artigo, actualmente os sistemas operativos móveis contam com papéis bem específicos no mercado. O Android continua a ser o líder absoluto e sistema mais disseminado, ao mesmo tempo em que o iOS ainda é o mais rentável de todos. O Windows Phone procura o seu espaço, mas há muitas hipoteses de que isso aconteça nos próximos anos. Como estará este mercado no futuro?

 

 

 

 

Fonte: Tecmundo

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhem com os vossos amigos e ajudem este projecto em Português.

Obrigado pela visita!
close-link