Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor

‎Depois de alguns dias a usar o Samsung Galaxy Z Fold3 5G como meu smartphone principal, não pude deixar de me maravilhar com sua versatilidade incomparável. Ao substituir facilmente um smartphone premium e um tablet high-end, este poderoso monstro Android pode começar a valer a pena o investimento para os utilizadores mais entusiastas. Vou detalhar a minha opinião acerca do mais incrível equipamento no mercado.

O Samsung Galaxy Z Fold 3 é a mais recente aposta da Samsung no mercado de smartphones dobráveis, e ainda a mais recente evolução da sua linha Z Fold. Esta terceira geração de smartphone dobrável da Samsung, está repleta de várias melhorias significativas, em termos de design e mesmo de hardware, em relação à sua anterior geração, Galaxy Z Fold 2. Entre as novidades que mais saltam à vista são a sua construção mais sólida, com uma surpreendente certificação de resistência à água IPX8, ambos os ecrãs AMOLED com uma atualização de 120Hz e o suporte para uma caneta Stylus.

‎Com um preço de 1859 euros, o Galaxy Z Fold3 5G custa menos do que o seu antecessor no lançamento. No entanto, ainda é muito mais caro do que os smartphones convencionais flagship, não dobráveis, no entanto estamos a caminhar para lá.‎

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 1

Especificações Principais

  • Chipset Qualcomm Snapdragon 888
  • Ecrã secundário dobrável de 7.6 polegadas QXGA+ Dynamic AMOLED 2X com taxa de atualização de 120 Hz, ecrã principal de 6.2 polegadasHD+ Dynamic AMOLED 2X com taxa de atualização de 120 Hz 
  • Câmara tripla composta por sensor principal de 12MP + 12MP telefoto + 12MP grande angular, com câmara de selfie no ecrã principal de 10MP e um sensor de 4MP debaixo do ecrã secundário de 1ª geração
  • 12GB of RAM, 256/512GB de armazenamento
  • 5G, Wi-Fi 6E, Bluetooth 5.2
  • Bateria de 4400mAh, carregamento rápido com fio, carregamento sem fio e ainda carregamento sem fio reverso
  • ‎Altifalantes estéreo,
  • Resistência à água iX8

‎Depois de alguns dias a usar o Samsung Galaxy Z Fold3 5G como meu smartphone principal, não pude deixar de me maravilhar com sua versatilidade incomparável. Ao substituir facilmente um smartphone premium e um tablet high-end, este poderoso monstro Android pode começar a valer a pena o investimento para os utilizadores mais entusiastas. Vou detalhar a minha opinião acerca do mais incrível equipamento no mercado.

Design

O mais recente Galaxy Z Fold 3 recebeu algumas alterações comparativamente com a anterior geração. Começando no seu design que inclui uma construção mais forte e durável, através de uma liga de alumínio, passando pela mais recente proteção Corning Gorilla Glass Victus e ainda a mais surpreendente resistência à água IX8. Mas há mais, o seu ecrã interior é quase duas vezes mais resistente do que o seu antecessor Z Fold 2, graças à sua película de protecção e ás várias camadas que o compõem. Em relação a esta película a Samsung acertou em cheio, o feeling é quase igual a um smartphone convencional.

É claramente um dos pontos fundamentais que a Samsung conseguiu evoluir de uma geração para a outra. Claro que temos de nos mentalizar que plástico é plástico, e que poderá sofrer danos, colocando mais pressão com uma unha ou algumas canetas stylus que não sejam suportadas. A própria Samsung menciona isso mesmo, e tem um disclaimer acerca desta situação. Mas comparativamente com a geração anterior, é claramente uma evolução. Pareceu-me evidente que a Samsung desenvolveu esta película interior, muito devido á possibilidade de o Z Fold 3, poder suportar uma caneta stylus.

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 2

Todos nos lembramos o quão delicado era o primeiro Galaxy Z Fold de 2019, mas não se preocupem que esta terceira geração é claramente um produto de alta qualidade e de uma construção fenomenal. Com um peso de 271 gramas é, ainda assim, um equipamento mais pesado, quando comparado a um smartphone convencional.

A resistência à água era notavelmente uma das características mais em falta nas gerações anteriores. Mas no entanto também era algo que para quem adquiria um equipamento do género, não era uma prioridade. No entanto o Samsung Galaxy Z Fold 3 já nos dá esta garantia para vários cenários, desde a passeios à chuva, piscinas etc. O Z Fold 3 permite agora uma imersão completa até 1.5 metros por cerca de 30 minutos. Ainda que não o recomendemos

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 3

No entanto ao contrário dos smartphones Samsung Galaxy convencionais, que podem sobreviver à água e a poeiras com a sua certificação iP, o Z Fold 3 tem apenas uma mera resistência à água. Por outras palavras, não pensem por favor em colocar este equipamento por exemplo na praia, devido à areia e à água salgada, pois isto poderá danificar gravemente o vosso Z Fold 3. A Samsung conseguiu esta certificação isolando o interior do mecanismo de dobragem do ecrã interior. O engenhoso trabalho que a marca teve com isto é simplesmente delicioso, e demonstra claramente que a empresa pretende evoluir cada vez mais os equipamentos dobráveis.

Para além desta durabilidade melhorada, o smartphone é idêntico à sua geração anterior. Consegue transformar-se rapidamente de um smartphone com um aspecto mais alto, para um tablet compacto, com um formato quadrado. Este truque de abrir um smartphone "quase" convencional (só não o é, devido ao seu ecrã mais estreito e espessura) e se transformar em um pequeno tablet, é claramente o seu ponto de venda primordial. É esta a razão pela qual seduz os seus utilizadores, e os leva a considerar a opção de compra do Z Fold 3.

 Ecrãs e Áudio

Os ecrãs do Samsung Galaxy Z Fold 3 não desiludem, tal como a grande maioria dos equipamentos com ecrãs AMOLED da Samsung. Estes ecrãs da empresa sul-coreana já são a referência da marca, há uma década, e os dois ecrãs do Z Fold 3, como devem imaginar não desiludem. Ambos são muito brilhantes, com ótimo contraste e muito nítidos, e para além das suas cores vibrantes que saltam à vista, através de milhões de pixels, ambos os ecrãs conseguem chegar a uma taxa de atualização de 120Hz. Esta funcionalidade como muitos dos leitores já conhecem, torna a utilização do equipamento muito mais fluída, e as próprias interações são bem mais rápidas, tal como esperamos de um equipamento Android da Samsung nesta gama de preços.

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 4

O seu ecrã interior, devido aos melhoramentos desenvolvidos pela Samsung, é compatível com uma S-Pen, a primeira vez que um equipamento Z Fold poderá ser usado com uma stylus. No entanto ao contrário da linha Galaxy Note, o Z Fold não traz uma S-Pen incorporada no seu interior. Em vez disso a caneta stylus é um acessório opcional, que permite escrever notas, escrever no ecrã, desenhar, editar fotos e por aí fora. Dado que a Samsung não apresentou este ano um Galaxy Note pela primeira vez desde 2011, o Z Fold 3 é neste momento o smartphone mais produtivo da marca Sul coreana. Aliando o melhor de um smartphone premium com stylus, e um tamanho de ecrã bem maior como o Z Fold 3, colocando-o assim entre um Galaxy Note e um Galaxy Tab S, o melhor dos dois mundos, com a portabilidade de um smartphone.

Uma das novidades para esta nova geração Z Fold 3, é a sua câmara selfie no ecrã interior debaixo do display. Esta é a primeira vez que a Samsung coloca em produção em massa, um equipamento com a câmara debaixo do ecrã, algumas marcas chinesas, como a ZTE já o fizeram, no entanto tal como a primeira geração, esta câmara não é fantástica, com 4MP e uns pixels ultra grandes para conseguir absorver o máximo de luz entre todas as suas camadas até à lente, faz com que a qualidade caia drasticamente. 

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 5

No entanto, a Samsung apostou nesta tecnologia e decidiu colocá-la em um equipamento para as massas, para poder evoluir, decidiu bem. Assim vai receber o feedback dos utilizadores, e para a próxima geração certamente veremos uma evolução, tal como a ZTE fez. Pessoalmente acho que a Samsung poderia tê-lo feito em outro equipamento de outra gama de preços, e não no Z Fold 3

Por último em relação ao seu ecrã interior, este Z Fold 3, ainda mantém o seu vinco do ecrã dobrável pronunciado. No entanto tal como a sua câmara de selfie interior, na grande maioria do uso diário, nem damos por eles.

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 6

Quanto ao seu ecrã exterior de 6.2 polegadas do Z Fold 3, é tão vibrante e brilhante como o seu ecrã interior, e é o ecrã aconselhado para o uso com uma mão. Embora devido à sua largura torne o seu manuseamento por vezes difícil em algumas situações, como responder a chats, sms e emails, mas nada que não seja ultrapassado com um pouco de configurações do teclado, que poderá resolver algumas situações. Se estiverem com alguma pressa, escrever neste ecrã exterior poderá ser uma tarefa complicada. 

‎Os altifalantes do Galaxy Z Fold 3 são bastante poderosos e conseguem um som claro e alto enquanto ouvi música no Spotify e YouTube e mesmo durante as chamadas. O som poderá ficar um pouco abafado quando colocamos o Z Fold 3 em cima de uma mesa na vertical (um dos altifalantes encontra-se na parte inferior), mas no geral o áudio é bastante bom para um telefone dobrável. ‎

Câmaras

A Samsung equipou o Galaxy Z Fold 3, com um sistema de câmara tripla que é bastante versátil e conseguimos capturar excelentes fotos e um vídeo 4K bastante nítido. A aplicação de câmara é a típica da Samsung, bastante intuitiva e adequada para utilizadores básicos, bem como fotógrafos mais experientes.

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 7

No entanto, apesar de ser o equipamento mais caro Samsung Galaxy, o Fold 3 não tem as melhores câmaras da Samsung. As melhores câmaras pertencem ao Galaxy S21 Ultra, com a sua câmara principal de 108MP e capacidades de zoom, está bastante à frente do Z Fold 3. No entanto a grande maioria das pessoas que se queixam do Z Fold 3 não trazer as melhores câmaras não entendem que, a Samsung para colocar o mesmo hardware de câmaras no Z Fold 3, iria torná-lo ainda mais pesado, mais caro e iria ter um módulo gigante de câmaras, e a Samsung pretende o oposto com o Z Fold 3. A Samsung pretende colocar o melhor da tecnologia de equipamentos dobráveis, num único equipamento que possa ser usado diariamente e com o menor preço possível para o utilizador.

Quanto às câmaras de selfie, tenham em mente que tal como já referimos acima, a câmara de selfie do ecrã interior, não é propriamente a melhor câmara para tirarem as vossas selfies, mas sim para uma videochamada ou uma reunião online. Assim a câmara de selfie do ecrã exterior, é a câmara a considerarem para as vossas fotografias cheias de beleza e glamour. Se realmente gostarem de selfies, existe uma opção de tirarem as selfies com as câmaras traseiras com o Z Fold aberto, na aplicação de câmara basta clicarmos no único botão no canto superior direito que ativa o modo de pré visualização de ecrã de capa. Esta é uma funcionalidade única, graças ao seu design de ecrã dobrável.

Performance e Bateria

Aqui o Galaxy Z Fold 3 está como peixe na água, pois com um dos melhores chipsets da Qualcomm o smartphone dobrável torna-se poderoso e super rápido. O Snapdragon 888 traz mais RAM (12GB) que muitos portáteis do mercado, e aliado ao seu armazenamento super rápido, o equipamento devora tudo o que lhe mandemos para cima, facilmente. Abre as aplicações rapidamente e instantaneamente, e da mesma forma alterna entre várias aplicações em memória num piscar de olhos.

Jogar no Z Fold 3 é também uma ótima experiência, cortesia do poderoso hardware do equipamento, ecrã com taxa de atualização de 120Hz, altifalantes stereo poderosos e uma boa conectividade Wi-Fi e Bluetooth. Seja em jogos a correrem no sistema Android, seja em nuvem (Stadia) ou usando o DeX para um monitor externo, nunca por uma única vez se engasgou ou teve algum percalço. 

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 14

 

Relacionado:  Análise Galaxy Watch4 Classic. O melhor Smartwatch WearOS de sempre

Para além disso o Z Fold 3 traz consigo capacidades de carregamento com fio e sem fio de 10W, por isso o carregamento não nos parece ser algo difícil de fazer. Com tantas opções de carregamento com fio e sem fio, pessoalmente a bateria para mim nunca é poupada, gosto de usufruir dos meus equipamentos, e se tiver de colocar um pouco à carga, não me importo. Assim desta forma posso usar todo o potencial do equipamento. Se não partilharem da mesma opinião têm várias funcionalidades de poupança de bateria a bordo do Z Fold 3, e ainda podem sempre alterar a taxa de atualização que vos pode salvar provavelmente uma hora ou duas num dia mais intensivo.

‎Já que falamos nisso, o Galaxy Z Fold 3 traz uma bateria de célula dupla sofisticada de 4.400 mAh, mas que é um pouco mais pequena que a bateria de 4.500 mAh do Z Fold 2. mas como em qualquer outro smartphone a performance da bateria depende dos vossos hábitos, e uso diário. Durante estes dias com uso intensivo nunca tive qualquer problema de bateria, no entanto nota-se claramente um decréscimo da bateria assim que abrimos o smartphone e usamos o seu ecrã interior, o que é perfeitamente normal.

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 15

‎Tal como anunciado, o Galaxy Z Fold 3 não inclui um carregador na caixa, por isso usámos um carregador de outra marca para testar o tempo de carga. Depois de 30 minutos, o telefone chegou quase aos 50 %, o que não é mau, mas também não é o melhor que já vimos, no final de contas apenas suporta o máximo de 25W, por isso, não há muito que possamos fazer aqui. Acho que a Samsung poderia fazer bem melhor neste departamento, mas temos a esperança que no futuro a empresa o faça.

‎O Galaxy Z Fold 3 também suporta carregamento sem fio de até 10W. E também podemos usar a parte de trás do Z Fold 3 para a carga sem fio reversa de outros dispositivos de até 4,5W, que a mim por vezes dá jeito para carregar os meus fones de uso diário.

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 16

‎O Galaxy Z Fold 3 e o Z Flip 3 ambos herdaram uma proteção de bateria que antes era exclusiva dos tablets da Samsung, que quando ativada irá maximizar a vida útil das baterias. O recurso chamado "Proteger bateria" limita o nível de carga dos dispositivos a 85%, impedindo a carga total para 100% que se acredita que desgaste mais as baterias ao longo dos anos de uso.‎

Comparado com outros equipamentos como o Galaxy S21 Ultra e mesmo o iPhone 12 Pro Max, a bateria do Z Fold 3 claro que é inferior. No entanto dado o fator de forma e as capacidades que os outros não conseguem oferecer, o compromisso da bateria é bastante aceitável.

Experiência de utilizador

A interface de utilizador Android da Samsung One UI, está como habitualmente recheada de funcionalidades que nos deixam beneficiar de um equipamento dobrável, como o Z Fold 3. Desde o seu ecrã dividido para multitarefas, ao modo flex para videochamadas ou outras utilizações como por exemplo no YouTube podemos ver o video na parte de cima e na parte inferior ver os comentários e até responder a eles. Tudo isto foi eficientemente otimizado pela Samsung, nesta One UI, no Z Fold 3

Apesar de já irmos na terceira geração do Z Fold da Samsung, nem todas as aplicações funcionam nas dimensões que o Z Fold 3 trabalha, no entanto tal como no modo DeX, a Samsung também tem um trunfo na manga, o Labs. Este permite inúmeras opções entre elas, o redimensionamento do conteúdo para o ecrã interior do Z Fold 3.

Também existem várias aplicações Android que irão funcionar bem no ecrã interior do Z Fold 3. Nos dias que tenho usado o Z Fold 3, descobri que a funcionalidade do Microsoft Outlook com ecrã divido é muito interessante e útil.

‎O Galaxy Z Fold 3 é uma máquina de multitarefas. Graças ao recurso Multi-Active Window, podemos correr duas aplicações lado a lado (arrastando e soltando conteúdo entre elas) ou correr até três aplicações ao mesmo tempo. E agora o recurso App Pair permite criar atalhos para duas aplicações, para mais tarde abrirem da mesma forma que as abrimos anteriormente. ‎

Não gostam de constantemente deslizar do lado direito para abrir o Painel Lateral para ver essas aplicações? A Samsung adicionou um novo recurso de Barra de Tarefas que permite alternar entre aplicações em tempo real, elas ficam lá no lado direito do display, semelhante à barra de tarefas do Windows. Para fazer a Barra de Tarefas funcionar desta forma, temos de ativar o Samsung Labs.‎

‎Uma vez ativado, a barra de tarefas é uma grande ajuda. Eu gosto de poder ver notificações de alguma aplicação, e de seguida mudar rapidamente para essa aplicação, que se irá encontrar provavelmente nesta barra lateral. As opções e as funcionalidades adequam-se de utilizador para utilizador. ‎

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 25

‎O Samsung Labs também pode forçar aplicações que não são otimizadas para displays dobráveis funcionem no modo Windows Multi-Ativo. Por exemplo, eu posso colocar o Netflix no lado esquerdo do display e continuar a ver as minhas séries, enquanto dou um olho nas mensagens no lado direito do ecrã. ‎

‎O Galaxy Z Fold 3 é uma máquina de multitarefas. Graças ao recurso Multi-Active Window, podemos correr duas aplicações lado a lado (arrastando e soltando conteúdo entre elas) ou correr até três aplicações ao mesmo tempo. E agora o recurso App Pair permite criar atalhos para duas aplicações, para mais tarde abrirem da mesma forma que as abrimos anteriormente. ‎

Conclusão

O Samsung Galaxy Z Fold 3 não é perfeito, nem me parece que seja essa a intenção da marca sul-coreana. O Z Fold 3 é um produto refinado que pretende ser a melhor oferta nesta categoria. A sua qualidade, capacidade de multitarefas, e as diversas funcionalidades, pretendem substituir uma dupla de equipamentos que muitos usam diariamente, tal como o smartphone convencional e um tablet. Se procuram o melhor do Android e não se importam com um bocadinho mais de peso, e pretendem versatilidade, o Z Fold 3 é o equipamento a ter em conta. O Z Fold 3 continua a desbravar um caminho para o mainstream, acredito que daqui por uns anos será claramente a realidade dos smartphones.

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 26

As opções são fáceis, ou optam por a versão de 256GB não expansível por 1859 euros, ou então a opção que para muitos utilizadores será o alvo apetecível, 512GB de armazenamento por mais 100 euros (1959 euros). Para o utilizador comum que use bastante fotografia e vídeo, se não optarem por armazenamento backup na nuvem, em poucos meses poderão ver um alerta de pouco armazenamento. A opção que recomendo claramente será a de 512GB. A Samsung oferece o Z Fold 3 nas cores Phantom Black, Phantom Green e Phantom Silver.

‎O pack de capa Z Fold 3 + S Pen Fold Edition custa 89.90 euros, e vem com uma capa de armazenamento da Stylus, muito interessante. Ou então é possível escolher apenas a S-Pen Fold Edition por 49.90 euros, o que não recomendo, devido a não termos um sítio para colocar a caneta, quando não estamos a usá-la.

Análise Samsung Galaxy Z Fold 3 - O melhor da tecnologia a um preço cada vez menor 27

Para quem está indeciso quanto à sua compra ou não, relembro que eu era um pouco céptico em relação a estes smartphones, mas que dei o braço a torcer e a minha opinião mudou claramente. O equipamento é fantástico e dá-nos uma confiança para o seu uso diário sem grandes preocupações, pois a sua qualidade é inegável. Parabéns SAMSUNG por este fantástico pedaço de tecnologia!

 

85%
Tecnologia apaixonante

Conclusão

O Samsung Galaxy Z Fold 3 não é perfeito, nem me parece que seja essa a intenção da marca sul-coreana. O Z Fold 3 é um produto refinado que pretende ser a melhor oferta nesta categoria.

  • Pontos Positivos
  • Pontos Negativos

Para quem está indeciso quanto à sua compra ou não, relembro que eu era um pouco céptico em relação a estes smartphones, mas que dei o braço a torcer e a minha opinião mudou claramente.

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!