Análise Lenovo Legion Y520

Aqui fica a nossa análise mais detalhada sobre o Lenovo Legion Y520 15IKBN, um excelente portátil para quem gosta de jogar.

Tivemos a oportunidade de experimentar durante algumas semanas, o Lenovo Legion Y520 15IKBN, um portátil para jogos que promete um bom desempenho para jogos, e ao mesmo tempo uma boa performance, no que de produção se trata.

Com uma construção e acabamento maioritariamente em plástico, este Legion Y520 está longe de ter o acabamento premium de outros portáteis da empresa, mas provavelmente para reduzir os custos de produção, e por consequência de venda, a Lenovo a meu ver optou e bem por colocar uma “carcaça” em plástico e menos vistosa, neste equipamento.
No entanto as preocupações em torno da sua construção, desaparecem assim que abrimos o portátil, e embora não seja o mais extrovertido dos designs de portáteis de jogos, o preto fosco na zona de apoio das mãos e o teclado retroiluminado com detalhes em vermelho dão um toque muito gamer e este portátil. Infelizmente, o acabamento escolhido pela Lenovo, é um verdadeiro íman de impressões digitais.

No lado direito do portátil temos uma porta USB do tipo C, duas portas USB 3.0, um leitor de cartões e uma porta HDMI. Já do lado esquerdo temos um Kensington Lock, a porta de carregamento, uma NIC Gigabit, uma porta USB 2.0, a entrada de audio 3,5 mm e a Lenovo OneKey Recovery.
Quer na parte frontal como na parte traseira, não existem quaisquer portas.

Análise Lenovo Legion Y520 – Ecrã

O ecrã deste equipamento não é o seu realmente o seu ponto forte. Ele na verdade é um painel IPS de 15,6 polegadas com a resolução FullHD, com 1920 x 1080 pixeis. À primeira vista, o brilho e o contraste parecem suficientes, e a saturação de cores não parece ser o ponto forte deste ecrã. As dificuldades naturais surgem quando tentamos usar o equipamento em locais com muita luz natural. Ai a dificuldade de visualização é anormalmente estranha.

Análise Lenovo Legion Y520 imagePara usar este equipamento ao ar livre, só é mesmo possível em áreas sombreadas, e graças ao revestimento anti-reflexo e amplos ângulos de visão IPS, e ainda assim é necessário fazer algum esforço. sobre a incidência de luz solar, é realmente muito complicado de conseguir utilizar este equipamento… para não dizer impossível.

Análise Lenovo Legion Y520 – Performance

Se o seu design não é de topo, e o seu ecrã não são o ponto forte do equipamento, o seu interior é o mais interessante neste dispositivo. A unidade que temos para testes é uma unidade verdadeiramente poderosa, pois conta com um CPU quad-core Intel Core i7-7700HQ, GPU NVIDIA GeForce GTX 1050 Ti, 16 GB de memória dual-channel DDR4 e um SSD NVMe de 256 GB. Obviamente que os jogos em 4K estão fora de questão por causa do ecrã do mesmo, mas esta máquina lida facilmente com a maioria dos desafios com os jogos em FullHD.

Análise Lenovo Legion Y520 image

O Intel Core i7-7700HQ é amplamente conhecido pelo seu excelente desempenho, pois possui um clock base de 2,8 GHz com a capacidade de aumentar sua frequência para até 3,8 GHz / 3,6 GHz / 3,4 GHz (single-core / dual-core / quad-core).

O desempenho da GTX 1050 Ti é suficientemente boa para a maioria dos propósitos de jogos na resolução FullHD. Num teste que efetuei no Fire Strike Graphics obtive 7682 pontos, que significa que estamos perante um GPU muito capaz.

Análise Lenovo Legion Y520 – Ruído

Sem o Extreme Cooling ativado (que é na maioria das vezes, como a configuração é automaticamente revertida para desligado após um ciclo de reinicialização / repouso / reinício), o Legion Y520 é uma máquina relativamente discreta. Mesmo quando sob carga, o nível médio de ruído é realmente baixo.

Análise Lenovo Legion Y520 image
Mesmo após algum tempo em aplicações pesadas e em jogos, os dois blowers de arrefecimento do aparelho são relativamente silenciosos. E já que falamos de arrefecimento, o Legion Y520, mesmo em situações de muito stress, não detetamos qualquer ponto do equipamento com aquecimento excessivo. Os apoios para as mãos permanecem frios, e apenas a zona do teclado numérico aparenta estar um pouco mais quente que o resto do corpo do equipamento, mas nada anormalmente quente.

Análise Lenovo Legion Y520 – Som

O Legion Y520 possui dois altifalantes montados na parte superior mesmo ao lado da dobradiça central que está abaixo do ecrã, e na maior parte das vezes pareceram-me equilibrados. O software Dolby Audio incluído aplica um efeito de reverberação irritante por padrão como parte de seu recurso Surround Virtualizer, que pode ser desativado pelo utilizador. O recurso de nivelador de volume é talvez mais útil, embora durante os jogos com fones de ouvido, deva desativá-lo para obter um efeito dinâmico completo.
No geral o sistema de som do portátil é bom, excetuando a falta de alguns graves, mas isso é comum na maioria dos portáteis.

Análise Lenovo Legion Y520 – Bateria

A bateria de 3 células de 45 Wh do Y520, é um dos calcanhares de Aquiles deste equipamento. Os utilizadores que procuram um portátil com muito autonomia, devem manter-se afastados deste equipamento. Felizmente, a maioria dos utilizadores que procuram um portátil para jogos, provavelmente não se importa com isso, visto que é um PC de jogos, mesmo sendo tão portátil quanto este, ainda é um PC de jogos.
A titulo de exemplo, num dia de trabalho normal, com o Spotify a correr em segundo plano, ligado à rede via Wifi e em ferramentas de produção (web, office, etc), a carga do Legion Y520 durou-me sensivelmente 4 horas.

Análise Lenovo Legion Y520 – Veredito Final

O Lenovo Legion Y520 é uma boa escolha para um jogador com orçamento limitado. Ele apresenta um bom desempenho quer a nível de CPU e GPU, manutenção e capacidade de atualização relativamente fáceis e bons dispositivos de entrada. Embora a construção e o estilo obviamente tenham sido forçados a usar matérias menos nobres, essa parte menos boa é compensada quando a maquina entra em uso.

Análise Lenovo Legion Y520 image

A GTX NVIDIA 1050 Ti está longe de ser o melhor GPU do mercado, mas não vai deixar qualquer jogo por executar, e é capaz de lidar com a maioria dos jogos modernos na resolução FullHD e com configurações altas. A estabilidade sob cargas de jogos é muito boa no geral, não revelando sinais de fraqueza no domínio da gestão de calor. E a configuração do Y520 que avaliamos hoje também está bem equipada no departamento de armazenamento, com um SSD NVMe extremamente rápido com 256 GB, complementado por um disco rígido secundário de 2 TB.

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉


Fique atento à nossa página do Facebook e Twitter para obter as notícias em primeira mão.

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link

Achou interessante?

Partilhe com os seus amigos