Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa

Chegou a altura, depois das minhas primeiras impressões, de vos mostrar como foi a minha vida com o Huawei P40 Lite, sem os serviços móveis da Google ou GMS, para simplificar. 

Chegou a altura, depois das minhas primeiras impressões, de vos mostrar como foi a minha vida com o Huawei P40 Lite, sem os serviços móveis da Google ou GMS, para simplificar.

Como sempre este Huawei P40 Lite não desilude e dá seguimento a uma longa e bem sucedida linha Lite da empresa Chinesa.

HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google

Eu, por um lado, aprendi com a experiência e oportunidade de testar e analisar alguns dos equipamentos Huawei, que são sempre invariavelmente boas propostas de valor. Resumindo, tenho os equipamentos da Huawei em grande conta.

Mas por outro lado, sou um Fanboy da Google.

Estes dois amores entraram em conflito nesta minha análise que se veio a revelar uma experiência muito interessante. Pelo menos para mim, o desafio foi avaliar se conseguia manter a minha rotina sem os GMS no meu equipamento diário.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 1

Vamos lá então, ao foco desta análise - O HuaweiP40 Lite

A gama Lite da Huawei desde do tempo P8, pretendia oferecer aos consumidores uma linha de equipamentos mais acessíveis. Enquanto, a Huawei desbravava caminho no mercado com os seus outros equipamentos, obviamente superiores.

Mas em 2020, chamar à linha Lite, equipamentos low cost, baixa gama ou gama de entrada, para além de ser injusto, tecnicamente estaria errado.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 2

Cada vez mais vemos, a linha Lite aproximar-se das versões que são comercializadas como média gama alta.

Com apenas, algumas cedências no hardware oferecido ao consumidor, vejamos o que este P40 Lite nos oferece.

Especificações do P40 Lite

Dimensões e peso

  • 159.2 x 76.3 x 8.7 mm, 183 g

Construção

  • Traseira em plástico Gloss com uma moldura em alumínio

Cores

  • Midnight Black, Crush Green e Sakura Pink

Sistema Operativo

  • Android 10 com interface EMUI 10

Ecrã

  • 6,4″ IPS LCD (1080 x 2310 pixéis), densidade ~398 ppp
  • Proteção Corning Gorilla Glass 5
  • Com Punch Hole

Processador

  • HiSilicon Kirin 810 Octa-core (2×2.27 GHz Cortex-A76 e 6×1.88 GHz Cortex-A55)
  • GPU: Mali-G52 MP6

Rede

  • GSM/HSPA/LTE

Memórias

  • 128 GB de armazenamento interno com expansão até 256 GB por cartão NM
  • 6 GB RAM

Câmaras

  • Principal (traseira): 48 MP f/1.8
  • Grande angular (traseira): 8 MP f/2.4
  • Ultra grande angular (traseira): 2 MP f/2.4 bokeh
  • Macro (traseira): 2 MP f/2.4
  • Normal (frontal): 16 MP f/2.0

Conectividade

  • Wi-Fi 802.11 a/b/g/n/ac
  • GPS, A-GPS, GLONASS, GALILEO, BDS, QZSS
  • Bluetooth 5.0
  • USB v2.0 Tipo-C
  • NFC

Bateria

  • Li-Po 4200 mAh com carregamento rápido de 40W

Impressiona, só de pensar que há 2 anos estas características, pertenciam a equipamentos de topo com preços bem acima do ordenado mínimo nacional.

E que agora temos acesso a elas em equipamentos “média” gama. Que no caso do Huawei P40 Lite, o seu valor comercial em Portugal ronda a casa dos 329 euros nas grandes lojas.

E por esse preço, temos incluído:

Na caixa:

  • HuaweiP40 Lite
  • Protetor de ecrã (já aplicado)
  • Cabo Tipo-C
  • Carregador de parede
  • Manuais
  • Auriculares

Design aprimorado

A Huawei decidiu renovar o design este ano, no qual tive oportunidade de ver dita transição, comparado com o último equipamento que testei - o Huawei Nova 5T.

O novo Huawei P40 Lite, apresenta o mesmo design do ecrã que o Nova 5T, com o seu furo para a câmara frontal, em vez de um entalhe.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 3

Temos ainda uma traseira muito mais minimalista, apenas com as câmaras e o logo da Huawei. Sendo que, o sensor de impressões digitais passou para a sua lateral.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 4

O P40 Lite apresenta um design muito mais orgânico com linhas e cantos arredondados. O que se sente no conforto e segurança, quando manuseamos o telefone com uma mão.

A sua traseira é de plástico com efeito gloss, que imita muito bem o vidro, e o que lhe confere, aquele visual mais elegante e premium.

A versão que nos enviaram para testar, vem na cor - Crush Green, e deixem que vos diga.

Nunca pensei vir a gostar tanto da cor verde.

Como tinha mencionado acima, a traseira do Huawei P40 Lite, apresenta um conceito muito minimalista apenas com um bloco no canto superior esquerdo onde ficam alocadas as quatro câmaras.

Alinhadas num pequeno quadrado simétrico com o flash led por baixo. Este pequeno bloco, sobressai um pouco para fora. E quando deitamos o P40 Lite de costas este oscila um pouco.

Na lateral esquerda temos o slot para dois cartões microSIM, caso queiram utilizar em modo Dual Sim, podendo optar também por utilizar 1 cartão microSIM mais um cartão NM.

Enquanto que na lateral direita, estão os botões de controlo do volume e o botão ligar/desligar, que integra o sensor de impressão digital.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 5

Na zona superior, há apenas um microfone, enquanto que na sua base, temos a entrada USB tipo-C, a coluna, o jack 3,5mm (obrigado Huawei) e outro microfone.

E por último, temos o seu ecrã na parte de frente.

Ecrã imersivo

O P40 Lite tem um ecrã LCD IPS de 6.4 polegadas com Corning Gorilla Glass 5 e uma resolução Full HD ou 1080 X 2310 pixeis, cerca de 389 PPis.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 6

E já vem com o novo design com o punch-hole da Huawei, em vez de um entalhe. O que proporciona mais ecrã, e isso traduz-se em mais espaço para podermos usufruir do conteúdo.

Temos margens muito reduzidas, e apenas temos na zona superior uma coluna para as chamadas. Em contra-partida, não temos a presença de um led de notificações, que faz sempre falta.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 7

E apesar de se tratar de um ecrã IPS, este apresenta ângulos de visão e brilho muito bons.

Visibilidade ao ar livre, apesar de estarmos de quarentena por causa do Covid-19, é boa, mesmo quando o tempo está mais ensolarado.

E já agora, a Huawei oferece a opção de seleccionarmos uma resolução inferior, o que prolonga a vida da bateria caso seja necessário, ou simplesmente deixamos o P40 Lite decidir por nós.

Também podemos ativar o modo de leitura ou programar um horário, para aplicar um filtro para a luz azul. Para que a nossas leituras noturnas, não prejudiquem a nossa saúde ocular ou o nosso sono.

 

Desempenho médio, acima da média

No que toca ao desempenho o P40 Lite não passa despercebido, estamos a falar de um equipamento que nos testes de benchmark, andou perto de alguns equipamentos de topo - há 2 anos.

Para além daquele visual elegante, temos uma máquina competente no interior, ora vejamos:

Processador Kirin 810 como motor da máquina, enquanto que no departamento gráfico, temos uma GPU Mali G52 que conta com 6 GB de RAM para olear todos os processos, e ainda 128 GB de armazenamento interno para as nossas aplicações, fotos e vídeos ou ficheiros.

Durante a minha utilização diária com o P40 lite, não senti o telefone com problemas no desempenho, fosse qual fosse. Navegar na web, e-mails, redes sociais e vídeos, bem como o multitasking e a saltar entre as aplicações.

Tarefas executadas com suavidade e sem entraves.

E quando, lá puxava por um jogo como o Asphalt 9, o telefone voava e não senti mudanças na temperatura.

Resumindo, o Kirin 810, está muito bem oleado ficando desde já, aprovado!

No que toca à pontuação, nos testes de benchmarks, como tinha mencionado, o P40 Lite não mostrou ser tímido.

Com uma pontuação de 300007 no Antutu,  584 no single-core e 1808 no multi-core nos testes do Geekbench 5.

Este esteve colado a equipamentos como o caso, do Samsung S9+ ou o Note 9, e até via lá bem em cima, o Huawei Mate 20 Pro.

Mas vamos nos deixar de rodeios, vamos lá saber. Se podemos viver com um telefone Android, sem os serviços da Google.

 

P40 Lite pode não ter os GMS, mas tem os HMS

Bem, está na altura de falarmos no tópico mais sensível, e uma realidade que vamos começar a ver em todos os equipamentos da Huawei, até informação contrária.

Depois desta guerra económica ter começado, as relação entre a China e os EUA nunca mais foram as mesmas.

E tendo em conta a pandemia que estamos a viver agora, mais palavras agressivas do Sr. Trump, não me parece que as relações melhorem.

Como tal empresas americanas, “precisam” de um acordo especial para voltar a negociar com a china. E por essa razão é que os telefones da Huawei, neste momento não vêm com os serviços móveis da Google.

Mas isso, não foi impedimento para a Huawei e neste momento todos os equipamentos vêm com os seus serviços móveis: Huawei mobile services – HMS.

Sem esquecer, que a sua loja de aplicações, onde a própria empresa alegou que AppGallery é agora a terceira maior loja de aplicações online do mundo, com mais de 400 milhões de utilizadores ativos mensais.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 8

Mas nós seres humanos, resistimos muito à mudança. Já estamos tão habituados à forma de como interagimos com o nosso telefone. Mas acreditem, não é o fim do mundo.

E no final do dia, com um pouco de mais cliques e passos, vão acabar por fazer as mesmas coisas que já faziam, mesmo sem os serviços móveis da Google.

 

EMUI 10 o software que dá aquele ponto extra á Huawei

Mas antes de aprofundar o tema, que fique claro! Os telefones Huawei, vêm com o sistema Android, não têm é um pacote específico de serviços da Google, que são “essenciais” para correr as suas aplicações nativas no sistema.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 9

E o que eu quero dizer com isto?

Aplicações  como a Google Play Store, Gmail, Maps, Youtube, Drive, Photos, etc não funcionam “nativamente”, bem como algumas que recorram aos GMS.

Se forem como eu, provavelmente estas são as vossas principais aplicações, mas há alternativas! Apenas temos que procurar e ter uma mente aberta.

A Huawei tal como muitas outras, já tem uma vasta oferta de aplicações e serviços semelhantes, só temos é que deixar de ser reticentes e experimentar.

Tal como a Google, a Huawei oferece uma espécie de Assistente, sistema de cloud, e-mail, navegador, uma galeria semelhante ao Google Photos, música, um gestor de ficheiros e até uma aplicação de saúde.

O que precisarem a Huawei tem uma alternativa

Quando vamos fazer a nossa configuração inicial, esta é igual a qualquer outro telefone Android, à exceção que não é solicitado a nossa conta Google.

E para ajudar com todo o processo, inclusivo é disponibilizado uma aplicação: Phone Clone.

Phone Clone

Basta terem a mesma aplicação instalada num outro telefone que queiram replicar, e as aplicações que lá têm instaladas (com exceção das aplicações Google) serão transferidas para o P40 Lite, mesmo que estas não estejam presentes na AppGallery.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 10

De um modo simples, ficam imediatamente com uma cópia das vossas aplicações, sem necessidade de andar a procura noutros sítios.

No entanto, se a aplicação não existir “oficialmente” na AppGallery, esta poderá não receber atualizações.

Outras alternativas

Agora, se por alguma razão, precisam ou não encontram alguma aplicação em concreto. Existem lojas de aplicações de terceiros, onde podemos fazer o download dos apk’s.

Ambas lojas, também têm uma grande comunidade e oferecem verificações às aplicações que disponibilizam. Fora isso, como utilizador dos serviços Google, uma alternativa que usei, foi o recurso às aplicações web.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 11

É uma realidade, que usamos mais os nossos telefones para trabalhar e lazer, sendo que é comum a maioria dos serviços e websites, terem versões adaptadas para os ecrãs mais pequenos.

Trata-se de uma alternativa funcional, não perfeita. Mas não deixa de ser uma alternativa, caso seja essencial o uso de alguma aplicação da Google.

Porque fora isso, entre as duas lojas que mencionei acima e a loja da Huawei, podem encontrar as vossas aplicações favoritas.

 

AppGallery a loja da Huawei.

Esta loja tem um grande número de utilizadores, principalmente no lado asiático. Mas algo que me surpreendeu, e dou os meus parabéns aos programadores. É fato, de já haver um número de aplicações nacionais presentes na AppGallery e a crescer.

Exemplo prático, quando comecei a testar o P40 Lite, já havia disponível a aplicação de autenticação dos serviços do gov.pt, mas não tínhamos por exemplo as restantes aplicações do grupo.

Neste momento, já temos a aplicação onde podemos consultar o nosso cartão de cidadão e carta de condução, e isto num espaço de uma semana.

A comunidade de desenvolvimento é ativa e esta a trabalhar para esta loja crescer. Outro pormenor que achei curioso, é o fato de existir acesso a aplicações “rápidas”.

Estas na sua maioria são jogos, mas também temos ferramentas utilitárias.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 12

E são aplicações que estão hospedadas nos servidores da loja, e não necessitam de ser instaladas no telefone, basta correr diretamente da loja, poupamos tempo e espaço.

 

Câmaras o ponto forte da Huawei

A Huawei apostou desde cedo no departamento fotográfico com a sua linha P, principalmente depois do P9 e da sua parceria com a Leica.

E apesar do P40 Lite não continuar com esse legado, podemos encontrar um sistema de quatro câmaras muito boas.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 13

Uma para todos os gostos, na câmara principal temos um sensor de 48 MP com abertura f/1.8 e uma lente grande angular.

A esta junta-se um sensor com 8 MP com uma abertura f/2.4 e a lente super grande angular.

Ainda temos um sensor de 2 MP com abertura f/2.4 e lente bokeh e, por fim, um sensor de 2 MP com abertura f/2.4 com lente de super macro, que já tínhamos visto também no Nova 5T.

A aplicação da câmara continua a ser a mesma a que já estamos habituados, com vários modos de fotografia, filtros e opções.

Apesar do sensor principal ser de 48 MP, tal como outros, por predefinição e de forma recomendada, as fotografias são captadas com 12 MP.

Algo que podem alterar se assim o pretenderem.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 14

E para além dos normais 48 MP, temos também - 48 MI modo ultraclaridade AI.

Tal como outros modelos anteriores da Huawei, continua-se a notar que em alguns cenários o software (AI) força demasiado o contraste e a adaptação à luminosidade, quando estamos para captar a imagem.

Exemplos normais com fotos as 12 MP:

Fotos com 48 com MP ocupam mais espaço (MB), porque captam mais detalhe, o que é ideal para ecrãs / monitores com resoluções maiores, dai as recomendações da Huawei, e a razão de as definições virem nos 12 MP.

O telefone vem com duas lentes específicas de grande angular, no entanto, não temos a presença de uma telefoto. O que é compreensível tendo em conta a gama em que se encontra.

Apesar de termos a opção de zoom digital x6, esta perde qualidade e fica muito granulado, quanto mais zoom for aplicado.

Fiquem, abaixo com uma comparação da mesma foto, desde a grande angular, à normal e  com zoom gradual.

Já o modo super macro, este melhorou um pouco comparativamente ao apresentado pelo Nova 5T, e conseguimos obter imagens com pormenores decentes. Desde que sejam seguidas as recomendações da aplicação.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 27

Outro modo, e que tem sido a jóia da coroa do departamento fotográfico da Huawei: o modo noite.

Continua a ser a grande aposta da Huawei, mas este modo obriga nos, a ter o máximo de estabilização possível. Mas acreditem, o resultado final faz da noite, dia quando fotografamos com pouca luz.

Este slideshow necessita de JavaScript.

Por fim, no modo vídeo, temos apenas a possibilidade de gravar a 1080p 30fps, e nada de gravação em 4K. Além disso, há não estabilização, mas enquanto estamos a gravar podemos alternar entre as três lentes.

E ainda temos opção de incorporar alguns elementos de realidade aumentada nas nossas fotos.

Bateria e carregamento rápido

Na minha opinião tem sido uma grande aposta em todos os produtos e equipamentos da chinesa neste último ano.

Huawei P40 Lite
Spoiler alert, o carregador é o huawei MateBook 14, e não o do P40 Lite

E nós agradecemos, com a presença de carregamento rápido de 40W e uma bateria com 4200 mAh. Temos uma perfeita harmonia, o que permite uma utilização despreocupada do telefone.

E caso fiquemos sem energia, bastam 30 minutos para termos de volta mais ou menos 70% da sua bateria.

Basicamente em menos de 1 hora temos o telefone completamente carregado, sendo este, um dos grandes argumentos para adquirir este telefone.

 

Conclusões sobre a utilização do P40 Lite

A Huawei arriscou muito em apresentar um equipamento como o P40 Lite, e não tem um caminho fácil pela frente.

Para além, neste momento estarmos a atravessar uma crise económica, e um medo por tudo o que seja relacionado com a china.

A Huawei ainda tem que se preocupar com a concorrência, que no que toca a equipamentos dentro desta gama de preço.

Marcas, como a Xiaomi ou a Realme oferecem equipamentos de gama média, e com os serviços da Google a preços mais acessiveis.

No que toca ao equipamento em si, seja no hardware e mesmo no software proprietário da Huawei. Temos um equipamento muito interessante, e com um preço que foi reduzido, face aos seu antecessor.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 28

Agora na casa dos 329€, apresenta-se como um equipamento sólido, com extras interessantes: excelente construção, bem como desempenho e umas câmaras acima da sua gama.

Além disso, temos uma bateria com uma excelente autonomia com carregamento rápido a 40W.

Por outro lado, temos a situação do software, apesar do EMUI 10 nos oferecer uma excelente oferta de serviços e estabilidade.

E da sua constante evolução da interface, neste momento é mais simples e tem muita oferta de customização, para além de se basear no Android 10.

Análise HuaweiP40 Lite - A vida sem os serviços da Google é boa 29

No entanto, temos uma nuvem negra a sobrevoar o P40 Lite, e isso prende-se com a ausência dos serviços da Google. Apesar da Huawei, já começa a ter uma “casa cheia” com várias aplicações e serviços.

Apesar de terem implementado estratégias, para nos facilitar a vida. Infelizmente, somos criaturas de hábitos e as aplicações da Google já estão enraizadas na nossa vida.

Embora seja possível instalá-las, “não oficialmente”, o qual inclusivo já deixa-mos aqui o guia para isso. Acredito que muitos de vocês, não devem querer arriscar esse trabalho.

Mesmo assim, optei por utilizar o P40 Lite sem os serviços, e não implementei dita alternativa de instalar os GMS.

Durante a minha utilização restringi-me às alternativas dadas pela Huawei, Phone Clone, e obviamente a sua loja e os seus serviços e aplicações, bem como as lojas de terceiros.

Primeiro estranha-se e depois entranha-se.

O caminho ainda é longo, mas para o sucesso deste equipamento ou outro qualquer da Huawei, temos que esperar para ver como será a reação das pessoas a esta nova realidade.

E que tipo de marketing e ofertas a Huawei irá optar, bem como a própria evolução da loja de aplicações.

Só o tempo o dirá, mas vamos estar atentos para vos trazer todas as novidades em primeira mão.

Pontos fortes

  • Bateria
  • Desempenho
  • Câmaras

Pontos fracos

  • Ausência dos GMS
  • Plástico escorregadio e fica com marcas
  • Ausência de led de notificações

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais