Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise Huawei P Smart+ 2019 - tripla câmara a baixo custo

Logo após o tempo que passei com o P Smart 2019 tive a oportunidade de usar o P Smart+ 2019 como telefone do dia-a-dia. Fica a saber quais as diferenças entre os dois e qual é realmente o melhor negócio

O Huawei P Smart+ 2019 foi lançado de forma relativamente discreta em Dezembro de 2018, cerca de 5 meses após o modelo “normal”. Grande parte das especificações são semelhantes entre os dois modelos, no entanto o P Smart+ apresenta melhorias ao nível da câmara que, como se sabe, é um capítulo cada vez importante na decisão do consumidor. Resta saber se estes extras justificam a diferença de preço e qual dos dois é realmente o melhor negócio. Logo após o tempo que passei com o P Smart 2019, tive a oportunidade de usar o P Smart+ 2019 como telefone do dia-a-dia para te poder responder a estas e outras questões.

 

Design

Análise Huawei P Smart+ 2019 - tripla câmara a baixo custo 1

Do ponto de vista de design o P Smart+ é praticamente igual ao modelo standard, isto é, um formato 19.5:9 com moldura reduzida, um notch e uma traseira espelhada com as câmaras no canto superior direito e o sensor de impressões no meio. No fundo esta é a linguagem de design que temos visto nos aparelhos Huawei dos últimos tempos.

Tal como no modelo anterior, a traseira é feita de plástico revestido por uma camada extremamente brilhante e reflexiva, que não deixa de ser um íman de impressões digitais.Análise Huawei P Smart+ 2019 - tripla câmara a baixo custo 2

Estamos a falar de um plástico bastante robusto que acaba por fazer do P Smart+ 2019 um telefone relativamente resistente (mais do que um smartphone de vidro). Mais uma vez as câmaras são um pouco salientes mas, felizmente, isso não afecta muito o equilíbrio do telefone quando está pousado em superfícies planas. De resto este tem sido um problema de alguns dos mais recentes aparelhos da marca. ao qual nem mesmo o P30 escapa. Certamente um ponto a rever por parte da fabricante chinesa. O sensor de impressões digitais tem uma colocação perfeita e vem com um anel de relevo à volta para que seja facilmente detectado pelo dedo.

Como já referimos, as margens do smartphone são bastante reduzidas, apresentando um formato arredondado e um entalhe (ou notch) no topo em forma de gota de água, que alberga a câmara frontal. Em baixo fica um microfone, uma coluna, a entrada micro-USB e o orifício para fones 3.5”. Visto que estamos em 2019, teria sido simpático da parte da Huawei incluir uma entrada USB tipo-C neste modelo plus, acrescendo assim às diferenças para o P Smart 2019 (versão regular).

Os botões de power e volume foram colocados do lado direito, enquanto que a margem esquerda está completamente limpa. Em cima apenas se encontra o tabuleiro híbrido para dual (nano) SIM e cartão micro-SD e ainda um segundo microfone.

Em Portugal o Huawei P Smart+ 2019 está disponível em duas cores: Preto e Azul.

 

Ecrã

O ecrã do P Smart+ 2019 é exactamente o mesmo que o da versão regular, ou seja, um painel de 6.21” IPS LCD com resolução Full HD+ (1080 x 2340 pixels), que se traduz numa densidade de pixels de 415 ppp.

Análise Huawei P Smart+ 2019 - tripla câmara a baixo custo 3

Mesmo estando longe da qualidade de um topo de gama, os ângulos de visão são bons e a representação de cores é relativamente fiel. Não tive problemas com a legibilidade do ecrã pois apresenta um nível máximo brilho de cerca de 430 cd/m2, que se revelou suficiente até mesmo directamente sob a luz solar.

Através de ferramentas de personalização incluídas no software é possível manipular o tom, a temperatura das cores e a emissão de luz azul, para ficar ao gosto de cada um. Até a própria resolução do ecrã pode ser reduzida para poupar energia.

O formato 19.5:9 FullView do ecrã é óptimo para consumo multimédia e ainda confere ao smartphone uma aparência elegante. Tal como já referi, o painel do Huawei P Smart+ 2019 vem equipado com um notch em forma de gota de água (Dewdrop). É neste entalhe perfeitamente integrado no design do smartphone que encontramos a câmara de selfies.Análise Huawei P Smart+ 2019 - tripla câmara a baixo custo 4

Ao contrário do que acontece com aparelhos de outras marcas, inclusive em topos de gama como o Xiaomi Mi 8 e o iPhone X, este notch praticamente não interfere com o conteúdo que está a passar do ecrã, proporcionando uma experiência imersiva nas suas 6.21”.

 

Hardware e Performance

Especificações Técnicas

SoC

CPU: Hisilicon Kirin 710 (12 nm)

GPU: Mali-G51 MP4

Sistema Operativo

Android 9.0 (Pie); EMUI 9

Ecrã

6.21” LTPS IPS LCD 1080 x 2340 pixels, ratio 19.5:9 (~415 ppp)

Armazenamento

32/64 GB, expansível até 512 GB via micro-SD

Memória RAM

3 GB

Câmara traseira

24 MP, PDAF, LED flash, video [email protected]/60fps

16 MP, ultrawide

2 MP, sensor de profundidade

Câmara frontal

8 MP

Bateria

3400 mAh, não removível

Dimensões

155.2 x 73.4 x 8 mm

Peso

160 g

Redes

GSM / HSPA / LTE

Conectividade

Wi-Fi 802.11 b/g/n/ac, dual-band, WiFi Direct, hotspot

Bluetooth 4.2, A2DP, LE

GPS, A-GPS, GLONASS, BDS

NFC

Rádio FM

MicroUSB 2.0, USB On-The-Go

 

O Huawei P Smart+ 2019 vem equipado com o mesmo processador que o modelo “normal” (sem ser plus), o HiSilicon Kirin 710. Este é um SoC de gama média que se porta bastante bem nas tarefas quotidianas tendo em conta o segmento de mercado em que o aparelho se insere. Durante a utilização diária do aparelho não tive problemas de maior a abrir aplicações e a navegar pelo interface, no entanto, ocasionalmente esbarrei com algum lag ao usar apps mais pesadas como o Facebook e o Instagram. Como seria de esperar, o desempenho é semelhante ao que tinha experienciado com o P Smart 2019 e assim os maiores desafios continuam a ser os jogos 3D mais exigentes como War Robots, Shadow Fight 3 ou Mortal Kombat X, aos quais a GPU Mali-G51 MP4 não consegue dar a melhor resposta.

Seria de esperar que o “+” (plus) no nome fosse significado também de mais RAM mas infelizmente isso não acontece. Por isso as maiores queixas do ponto de vista de performance continuam a ir para aos escassos 3 GB de RAM do Huawei P Smart+ 2019. O multitasking deste smartphone fica assim muito limitado e dificilmente se conseguem manter mais do que 2 ou 3 aplicações a funcionar em memória. Ainda para mais, a solução da Huawei para manter a navegação fluida passa por encerrar aplicações em segundo plano, o que prejudica ainda mais o multitasking. É uma solução longe de ser ideal, roçando apenas o “aceitável”.

A performance do sensor de impressões digitais está ao nível do que a fabricante chinesa já nos habituou, ou seja, é absolutamente irrepreensível! Já o desbloqueio através do reconhecimento facial revelou-se lento e geralmente pouco eficaz.

 

Software e Interface

O Huawei P Smart+ 2019 corre Android 9 Pie de fábrica com o EMUI 9, a máscara da Huawei, e veio com patch de segurança de Fevereiro 2019.

Embora o EMUI seja uma versão fortemente personalizada de Android, é um interface muito intuitivo, sendo bastante fácil encontrar o que se pretende através de um par de toques. Com a versão 9 do EMUI, o P Smart+ 2019 acaba por fornecer uma experiência de software muito semelhante à dos aparelhos de topo da Huawei.

O sistema operativo vem com várias aplicações da pré-instaladas e a empresa disponibiliza também um vasto leque de ferramentas como a lanterna, a app de manutenção e segurança, a aplicação de monitorização de saúde e até a própria loja da Huawei. Na minha opinião a grande maioria destas aplicações estão a mais pois considero que a decisão de as instalar ou não deve caber ao utilizador. Não faz sentido haver uma loja Huawei quando se tem a Playstore disponível, por exemplo.

O EMUI 9 confere ao Huawei P Smart+ 2019 alguns extras em relação ao Android puro e assim temos a possibilidade de configurar o estilo de navegação (por gestos ou através de botões virtuais), activar ou desactivar a gaveta de aplicações, reduzir a área útil do ecrã para poder operar o UI com uma mão ou ainda aplicar temas diferentes ao interface. A navegação por gestos, apesar de permitir maximizar a utilização do ecrã, apresentou alguns soluços. Foram várias as vezes em que o gesto de voltar ao ecrã inicial provocou lag, o que me levou a optar por usar os “velhos” botões virtuais grande parte do tempo.

 

Câmara

Análise Huawei P Smart+ 2019 - tripla câmara a baixo custo 5No capítulo fotográfico o P Smart+ 2019 apresenta diferenças significativas em relação ao antecessor. Para começar, em vez de duas, trás três câmaras na traseira. O sensor principal sofreu um upgrade de 13MP para 24MP, também com abertura de f/1.8 e a câmara secundária de 2MP manteve-se para ajudar no efeito de profundidade. A novidade é uma lente grande angular com 16 MP que veio apimentar a fotografia deste aparelho.

De um modo geral, os resultados obtidos com o sensor principal de 24MP são muito semelhantes aos do P Smart 2019. Claro que as imagens apresentam mais detalhe, fruto da maior resolução, mas dificilmente se consegue perceber a diferença a olho nú. Tendo em conta que o preço deste smartphone se situa abaixo dos 300€, considero que a qualidade global das fotografias é bastante boa, com uma amplitude dinâmica aceitável, cores vibrantes e bom nível de detalhe. Isto é possível muito por “culpa” do algoritmo de inteligência artificial (AI) da Huawei, que consegue identificar a cena corretamente na grande maioria dos casos e ajustar os parâmetros do sensor em conformidade.

Em ambientes com pouca luz a performance também surpreende. Mais uma vez o processamento das imagens via software faz toda a diferença. Refiro-me ao modo Noite da Huawei que consegue produzir imagens com detalhe e relativamente pouco ruído em condições de fraca iluminação. Veja-se o exemplo abaixo onde a utilização deste modo fez toda a diferença, conseguindo um resultado francamente melhor.

A melhor parte do módulo fotográfico do P Smart+ 2019 é sem dúvida a lente grande angular, na minha opinião. Com esta opção conseguimos, por exemplo, encaixar toda a gente nas fotos de grupo e fotografar edifícios inteiros ou grandes planos sem ter que recuar em demasia. No fundo adiciona grande versatilidade e diversão na utilização da câmara do smartphone. No entanto esta lente não consegue captar tanta luz e por isso, em alguns casos, as imagens ficam um pouco mais escuras em comparação com as captadas pelo sensor principal. Há alguma distorção nos extremos, como seria de esperar numa lente deste género, mas felizmente a Huawei consegue minimizar esse efeito via software.

A câmara frontal capta imagens com cores bastante naturais e bom detalhe mas com bastante frequência as áreas mais claras ficam demasiado brilhantes. Em situações de fraca iluminação as fotos apresentam bastante ruído e a representação de cores decai significativamente.

Tal como a maioria dos smartphones da Huawei, o P Smart+ 2019 vem com uma aplicação de câmara recheada de diferentes modos de fotografia. Embora o resultado seja bem diferente daquilo que os topo de gama da marca conseguem fazer, o P Smart+ 2019 oferece ainda assim excelentes funções, fáceis de utilizar que fazem a sua câmara mais completa que a maioria dos smartphones low-cost.

Aqui ficam algumas amostras de fotos captadas com a câmara traseira do Huawei P Smart+ 2019:

Este slideshow necessita de JavaScript.

 

Bateria

Na autonomia que o Huawei P Smart+ 2019 alcança bons resultados. A sua bateria tem capacidade de 3400 mAh e consegue facilmente durar um dia. Neste aspecto, mais uma vez, não há qualquer diferença para o modelo standard.

Em repouso, com o ecrã desligado o consumo de bateria é mínimo, fruto das optimizações de software implementadas no EMUI 9. Na utilização quotidiana, à base de chats, consultas nas redes sociais e no browser, meia dúzia de fotos e cerca de 2h de jogos e Netflix, a bateria do Huawei P Smart+ 2019 durou para cerca de um dia e meio de trabalho (das 6h30 às 22h), com o tempo médio de ecrã ligado a rondar as 5h.

Continua a faltar tecnologia de carregamento rápido, o que quer dizer que com uma bateria destas dimensões, o P Smart+ 2019 demora cerca de 1h30 a carregar completamente.

 

Conclusão

Depois de passar algum tempo com ambos os modelos da família P Smart 2019, considero que são semelhantes em todos os pontos excepto na fotografia. Mas a diferença neste capítulo é de facto considerável devido à adição da lente grande angular e de todo o potencial extra que oferece.

Uma vez que nos restantes pontos estamos a falar do mesmo hardware, as conclusões não são muito diferentes em relação ao modelo standard. Assim o principal problema continua a ser a falta de memória RAM que condiciona significativamente o multitasking. Nos dias que correm, 3GB de RAM são muito curtos face às exigências cada vez maiores das aplicações e do próprio sistema operativo.

Quanto a preços, o Huawei P Smart+ 2019 pode ser adquirido por valores a rondar os 280€, cerca de 50€ mais que o modelo “normal”, que considero valerem a pena. Para quem está no mercado por um aparelho de gama média-baixa e tem um orçamento mais reservado, este smartphone é uma boa opção por menos de 300€. Ainda assim há que ter em conta outras alternativas como os aparelhos da linha Redmi da Xiaomi que, embora não tragam toda o know-how da Huawei na fotografia, tem óptima relação qualidade/preço.

 

Pros:

  • Câmara traseira versátil com 3 sensores
  • Ecrã com formato 19.5:9 optimizado para consumo multimédia
  • Kirin 710 com bom desempenho

Contras:

  • Apenas 3 GB de RAM → multitasking fraco
  • Desempenho da GPU em jogos 3D deixa a desejar
  • Quantidade considerável de bloatware pré-instalado.

 

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais