Android Geek
O maior site de Android em Português

Análise BlackBerry Keyone um regresso ao passado com os olhos no futuro

O equipamento que vamos analisar hoje é o último equipamento desenvolvido pela BlackBerry antes do grupo TCL Comunication, ter adquirido os direitos da marca BlackBerry. Para quem não sabe esta é a fabricante chinesa  por detrás dos actuais equipamentos Alcatel. Isto explica porque o KEYone não é apenas mais um equipamento sob a marca Alcatel. Em vez disso volta ás origens e oferece-nos um verdadeiro teclado fisico.

BlackBerry KEYone um regresso ao passado com os olhos no futuro

BlackBerry KEYone
BlackBerry KEYone

Tivemos a oportunidade de experimentar o BlackBerry KEYone na MWC Barcelona, na altura foi uma interacção breve, mas podem ver abaixo o Hands On.


A maior surpresa na altura passava pelo próprio sistema operativo, o Android Nougat 7.1 . Existe também um Hub da BlackBerry que trás todas as mensagens, emails, e contas de redes sociais numa só app. A TCL adicionou alguma segurança extra ao CPU, e a BlackBerry DTEK uma app para melhorar a protecção de ambos Hardware e Software. A app oferece uma constante monitorização e protecção, alertando o utilizador  de uma eventual ameaça ou risco para a privacidade, e o que poderá fazer em relação a isso.

Especificações BlackBerry KEYone

  • Android 7.1 Nougat
  • Ecrã de 4.5 polegadas resistente a riscos com resolução de 1620×1080 pixeis
  • Chipset octa-core Qualcomm Snapdragon 625
  • 3GB de RAM e 32GB de armazenamento interno
  • Dimensões: 149,3 x 72,5 x 9,4 mm
  • Peso: 180g
  • Teclado inteligente QWERTY
  • Câmera traseira de 12MP (sensor Sony IMX378) com vídeos em 4K a 30 fps, lente f/2.0
  • Câmera frontal de 8MP e vídeos em 1080p
  • Bateria de 3.505 mAh que carrega 50% em 36 minutos
  • USC Tipo-C

O BlackBerry KeyOne é o regresso da empresa à ribalta sem esquecer as suas origens. O teclado físico da empresa foi um marco na história da tecnologia móvel e agora tem um regresso na forma deste KeyOne.

BlackBerry KEYone

É apresentado como o telefone Android mais seguro, pré-carregado com um software móvel inteligente e de nível empresarial e, por fim, oferece um teclado físico antigo dentro de um design moderno de aço inoxidável e faux-leather.

Este é supostamente um BlackBerry reinventado para todos os que estão totalmente determinados a voltar a ter um teclado físico em 2018. Pela minha experiência e possível um utilizador voltar a adaptar-se a um teclado físico, mas não será mais rápido que escrever num teclado virtual.

Os fãs da marca, que eram conhecidos como “CrackBerrys” têm algo de precioso aqui. Mas se o objetivo for consumir conteúdos multimédia, esta poderá não ser a melhor opção.

O ecrã é brilhante e colorido, a sua relação de aspecto 3: 2 é ótima para visualizar e-mails, mas em todos os vídeos de 16: 9 deixa de fazer sentido e na verdade prejudica a visualização, pois faz os vídeos parecerem muito pequenos. O áudio é emitido por um único alto-falante.

Em termos de especificações da câmera , temos um conjunto em linha com outros topo de gama de 2017. Temos um sensor de 12MP diretamente do Google Pixel.

O BlackBerry KeyOne é claramente um telefone Android que tem como destinatários aqueles que privilegiam a produtividade. Funciona também como um dispositivo de entretenimento, mas não é o melhor para esse efeito como vamos ver mais. Claro, não tem o chipset mais rápido e um novo ecrã sem margens, mas é um dos melhores telefones para ajudar a gerir as tarefas do dia-a-dia e vai durar todo o dia com a sua bateria que dura mais de 24 horas.

BlackBerry KEYone

O que falta em especificações de chip interno topo de gama, o KeyOne tenta compensar com recursos únicos, como softwares sofisticados e o teclado físico.

Este novo telefone BlackBerry tem o necessário para vos fazer voltar a usar um equipamento com teclado físico? Vamos descobrir.

Preço e Disponibilidade Blackberry KeyOne

Este terminal está disponível em lojas de grandes superfícies assim como em diversas lojas online com preços desde 429€ com envio da China.

Teclado BlackBerry KeyOne

  • BlackBerry KEYone é o regresso ás origens da marca, numa era em que os ecrãs completos são a mais recente moda.
  • Escrever pode ser um desafio num regresso a um teclado fisico
  • Truques: Podem ser adicionados 52 shortcuts de teclas, e serve de trackpad e escrita flow.

O Blackberry KeyOne tem como ponto forte o seu teclado físico em um mundo dominado por iPhones touchscreen e Androids. É exatamente o oposto do Galaxy S8 e LG G6 e recusa a tendência actual de ecrãs sem margens.

O teclado de assinatura BlackBerry ,cada uma das teclas encontra-se corretamente retroiluminada, sem necessidade de um tecladode usar um teclado no ecrã.

Existe uma curva de adaptação, pois escrever num teclado físico é diferente de usar uma variante virtual, como alguns de nós se lembram bem.

Na verdade, após algumas semanas de utilização os erros são menos frequentes, no entanto é sempre mais lento do que escrever num telcado virtual, pelo menos para mim.

Existem várias funcionalidades para tornar a vida mais fácil. Tem 52 atalhos customizáveis, cada pressão longa e curta podem levar-nos a algum lugar mais rápido. Mantenha pressionada a tecla ‘I’ enquanto estiverem no ecrã inicial e podem chegar instantaneamente ao Instagram.

Blackberry KeyOne tem sugestões de três palavras na parte inferior do ecrã sensível ao toque como parte do seu mecanismo de previsão contextual da próxima palavra. É inteligente, mas não tem previsões de pontuação ou, como iOS 10, previsões de emoji.

Podemos no entanto, selecionar uma palavra sugerida sem nunca levantar os polegares do teclado. Basta deslizar para cima nas teclas e irá mostrar a palavra sugerida no ecrã.

O teclado também atua como um trackpad, para que possam percorrer os menus e páginas web à medida que tocam nas teclas.

Em comparação com os dias de glória dos teclados físicos, este teclado apresenta mais funcionalidades e truque de que vão gostar certamente.

Design BlackBerry KEYone

  • Aparência sofisticada
  • Sensor Biométrico de impressão digital está escondido na barra de espaços
  • Sem opção Dual SIM 

O BlackBerry KeyOne tem um ar de sofisticação, mesmo sendo uma combinação de tecnologia antiga e nova.

A combinação de ecrã e teclado é rodeada por um quadro de alumínio anodizado de prata e apoiado por uma tampa traseira preta e macia. Este aspecto elegante e de duas tonalidades tem um ar distinto e elegante e com certeza será do agrado da maioria.

BlackBerry KEYone

Apesar de parecer, a traseira não é realmente de couro, mas dá essa impressão. O quadro de alumínio é resistente a riscos e resistiu à nossa utilização incólume.

Um pormenor muito inteligente sobre este novo design do BlackBerry é que oculta o sensor de impressão digital dentro da pequena barra de espaços na parte inferior do telefone. É uma forma peculiar de incluir um scanner biométrico, mas funciona na perfeição.

 

Há também um botão personalizado de “conveniência” que definimos para abrir a câmera, mas achamos pouco útil devido ao seu local fácil de pressionar por engano. E como o botão não “acorda” o dispositivo aconteceu inúmeras vezes ligarmos o equipamento e vermos a câmera aberta porque pressionámos o botão por engano.

Durante as chamadas, ele funciona como um botão de “mute”, que achamos útil. Temos os botões de volume do lado direito assim como o botão de energia.

BlackBerry KEYone

 

A coluna existente na base do equipamento não é claramente a pensar nos fãs de consumo de música e vídeos nos seus smartphones. O BlackBerry KEYone é um equipamento para trabalho e isso nota-se nestes pormenores.

Também ficámos surpresos com o facto do BlackBerry KeyOne não ter uma bandeja Dual nano SIM quando muitos equipamentos de gamas inferiores já incluem esta funcionalidade, esta “falha” contraria a ideia de que o BlackBerry KEYone é uma ferramenta de trabalho.

O dispositivo está focado nas tarefas de digitação e leitura de texto, o que muitas vezes não se adequa às realidades de possuir um smartphone de primeira linha em 2017/18.

 

Display BlackBerry KEYone

  • 4.5 polegadas Full HD parece ter 5.5 polegadas devido á existência do teclado físico que ocupa boa parte da superfície frontal do equipamento.
  • O aspect ratio de 3:2 não permite uma experiência confortável a ver conteúdo 16:9 

O Ecrã do BlackBerry KEYone partilha a face frontal do telefone com o teclado, portanto, não pode comparar-se com novo telefone Android .

BlackBerry KEYone

Parece um ecrã de 5,5 polegadas graças à sua largura de 3 polegadas, qualquer coisa maior faria com que este telefone de 180g fica-se pesado demais para que fosse usado confortavelmente pegando no teclado.

O ecrã do BlackBerry KEYone é brilhante, colorido. Infelizmente, nem todos os aplicativos se ajustam a uma resolução de 1.620 x 1.080.

A este preço, a inclusão de um LCD em vez de um ecrã AMOLED não é justificável, queriamos um pouco mais deste pequeno ecrã.

A relação de aspecto 3: 2 vai trazer-vos constrangimentos diariamente. O vídeo 16: 9 parece extra pequeno com barras pretas superiores e inferiores. Snapchat e Instagram Stories também são cortados, eu sei que é suposto ser um equipamento para escrever e-mails, mas não dá para ver vídeo? Não faz muito sentido.

As boas notícias, são que a maioria dos aplicativos de produtividade e jogos interativos se adaptam ao tamanho. Apenas filmes e aplicativos de fotos de tamanho fixo dão problemas ao BlackBerry KeyOne.

BlackBerry KEYone

Também temos o ecrã multitarefa dividido graças ao Nougat do Android 7.1, mas fica um pouco apertado, se o ecrã já por si é pequeno imaginem com duas janelas. Há que fazer alguns sacrifícios se querem um teclado físico num smartphone nos dias modernos.

Software BlackBerry KEYone

  • Corre Android 7.1.1 com adições da BlackBerry  em software e segurança
  • Fnatástico BlackBerry Hub combina todos os serviços de mensagens
  • Visualização em grelha das aplicações recentes revela-se uma forma muito prática de alternar entre aplicações

O BlackBerry KEYone executa Android 7.1.1 Nougat com um toque BlackBerry. Terão acesso a todos os aplicativos da Google Play Store, além de alguns programas focados na produtividade e segurança empresarial da própria BlackBerry.

O BlackBerry Hub é o grande destaque do software. Combina as notificações, chamadas, mensagens e eventos num único local simplificado. Permite filtrar facilmente quase todas as contas em de uma agitada vida laboral: BlackBerry Messenger, SMS, e-mail, LinkedIn, Facebook, Instagram, Facebook Messenger, Slack, WhatsApp e Twitter.

BlackBerry KEYone

O BlackBerry Hub funciona com uma personalização profunda. Permite personalizar as regras de alerta para alternar sem esforço entre contas. Por exemplo no nosso modo de férias personalizado, desativamos os alertas do Twitter, Slack e email de trabalho, mas mantivemos os SMS e o Facebook Messenger ativados. Permite um maior controlo sobre o que recebemos e quando recebemos.

O BlackBerry Messenger é um aplicativo de mensagens alternativo, mas dificilmente o melhor. Gostamos do recurso Time and Retract (Snapchat para adultos), mas ficamos menos impressionados com os anúncios patrocinados e sentimos falta de um aplicativo complementar de desktop.

Deslizar a partir do lado direito do ecrã mostra uma guia de produtividade, onde os emails não lidos, eventos futuros, uma lista de tarefas e mais serão exibidos. Isto está ativo por padrão em todas os ecrãs, mas pode ser desabilitado.

Para quem não conhece , fiquem a saber que DTEK é o aplicativo de segurança que mantém o telefone seguro. Ele monitoriza constantemente o nível do status de segurança do dispositivo e atribui uma classificação. Podem ainda rever as permissões de cada aplicativo para entender as informações a que podem acedar e acompanhar as vulnerabilidades.

 

O BlackBerry KeyOne pode parecer um pouco “desordenado” por vezes, com aplicativos de e-mail duplos, aplicativos de calendário duplos e mais. Mas para sermos hoinestos isto também acontece com a Samsdung e as suas aplicações duplicadas.

Especificacões e performance BlackBerry KeyOne

  • Qualcomm Snapdragon 625 octa-core é um chipset de gama média
  • A perfiormance é satisfatório, mas não é adequado para jogos pesados
  • 32GB de armazenamento e apenas single-SIM são contraditórios quando tem o mercado empresarial como alvo.

 

 O BlackBerry KeyOnee tem um preço inferior a um telefone principal da Samsung ou da LG por uma boa razão: não possui especificações e desempenho de nível de topo.

O chipset Qualcomm Snapdragon 625 octa-core é rápido o suficiente para a maioria das tarefas de trabalho do dia-a-dia, e as suas capacidades de 64 bits garantem que a multitarefa é bastante suave.

As únicas dificuldades que sentimos a nível de desempenho foi mesmo na execução de jogos mais exigentes, em que os 3GB de RAM se revelaram insuficientes, assim como o processamento gráfico da Adreno 506 que colocam o KeyOne um passo atrás de outros telefones.

Outro aspecto que não conseguimos entender é o facto de o BlackBerry KeyOne ser disponibilizado com apenas 32GB de armazenamento, e não ter capacidade dual SIM. Para um equipamento focado no mercado empresarial estas escolhas são um pouco incompreensíveis.

BlackBerry KEYone

Camera BlackBerry KeyOne

  • 12MP não fazem milagres, apesar de conseguir resultados competentes
  • 8MP na Câmera frontal fazem um bom trabalho , se as condições de iluminação forem favoraveis
  • A aplicação de câmera da BlackBerry é o ponto mais fraco neste departamento

O BlackBerry KeyOne tem uma câmera principal de 12MP que captura 1.55um grande e consideramos que faz um excelente trabalho à luz do dia e resultados aceitáveis em pouca luz.

BlackBerry KEYone

Possui Foco de Detecção de Focagem Automática para focagem mais rápida e estabilização eletrônica de imagem (EIS) para fotos e vídeos para reduzir a vibração da câmera. O vídeo EIS é suave, mas não tanto como um estabilizador de imagem com estabilização de imagem óptica (OIS) do Samsung Galaxy S8 e Galaxy S8 Plus.

Ativar o HDR ajuda, mas achamos que as fotos ficam um pouco mais escuras do que consideramos ideal.

O aplicativo da câmera do BlackBerry tem muito poucos modos (Photo, Panoramico, Video e Slow-Mo) e todos estão ocultos num sub menu de modo. Isso significa que para alternar entre modos temos que entrar em menus e sub menus o que prejudica a experiência de utilização da câmera.

O KeyOne pode gravar 4K de vídeo a 30 frames por segundo e 1080p a 60fps. Curiosamente, a mudança entre todas as suas várias resoluções de vídeo e taxas de frames está na parte superior do aplicativo da câmera.

A câmera frontal possui 8MP e permite resultados semelhantes aos da câmera traseira principal. Ótimas na luz do dia, mas a lente f / 2.2 e o tamanho do pixel 1.125um não deslumbram em pouca luz.

Bateria BlackBerry KeyOne

  • 3,505mAh de bateria asseguram um dia a um dia e meio de utilização
  • Software faz uma excelente gestão de energia quando o equipamento não está em uso
  • Carrega rapidamente e praticamente não gasta energia em standby

O BlackBerry KeyOne é um smartphone construído para quem usa o telefone para trabalhar, a sua capacidade de bateria de 3,505mAh é referida suposto permitir autonomia para 26 horas, mas na nossa utilização acabou por durar mais.

O equipamento pode carregar até 50% em apenas 36 minutos e leva 1 hora e 52 minutos para atingir 100%.  Para ajudar acelerar o processo temos o ‘Boost Mode’, que suspende algum desempenho para tempos de carregamento mais rápidos.

Conclusão Análise BlackBerry KeyOne

BlackBerry KeyOne é um smartphone com muita personalidade, que é muito mais do que se pode dizer da maioria dos equipamentos disponiveis neste momento, o facto da TCL insistir num teclado físico em 2018 faz com que ganhe o nosso respeito por querer manter a identidade da marca contra todas as modas. É um equipamento competente e cheio de estilo mas falha em aspectos que nos parecem ser essenciais para um utilizador intensivo, o teclado físico tem os seus truques e funções úteis, mas pela nossa experiência não agiliza o processo de escrever num dispositivo móvel. Paralelamente o mercado alvo deste terminal que serão utilizadores empresariais ficaria melhor servidos com um equipamento com 4GB ou mais GB de RAM assim como com um armazenamento superior a 32GB. Por fim, consumir conteúdos multimédia neste dispositivo não é a melhor experiência, pois a relação de aspecto do ecrã torna os videos demasiado pequenos para uma utilização confortável. Os pontos fortes deste equipamento são o seu software com assinatura BlackBerry que acrescentam funcionalidades muito úteis ao sistema Android assim como a gestão de energia (também com mão do software) que fazem a bateria de 3505mAh durar bem mais do que o esperado.

Gostamos muito do conceito do BlackBerry KeyOne e gostávamos que fosse um sucesso de vendas, mas provavelmente não irá acontecer.

O BlackBerry KEYone está dísponivel em grandes superfícies e também significativamente mais barato em lojas online. Os links fornecidos servem apenas de referência não recomendamos nem deixamos de recomendar a compra nestes fornecedores.

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma 😉


Fique atento à nossa página do Facebook e Twitter para obter as notícias em primeira mão.

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais

Partilhar é importante, mostra este artigo aos teus amigos!

Obrigado, ficamos a dever-te uma ;)
close-link