Análise ASUS ROG Phone 8 Pro – O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso

Especificamente, a ASUS queria que todos soubessem que prestou especial atenção à câmara desta vez, para poder lançar uma oferta premium em todos os aspectos de um telemóvel. Isto é um grande desafio. Não há dúvida de que este telemóvel é seriamente poderoso, mas inclui isto também as câmaras? Estas são várias questões que irei tentar responder e dar a minha opinião nesta análise. A ASUS teve a gentileza de nos fornecer o ASUS ROG Phone 8 Pro Edition durante 2 semanas para podermos responder a tudo isto.

Quando se trata de telemóveis para jogos, geralmente procuramos o maior e mais poderoso que conseguirmos encontrar. Teremos o melhor processador, a maior RAM, muitos gigas de armazenamento e uma bateria do maior que houver, e se tudo isto vos soa familiar, é porque também descreve a maioria dos telemóveis topo de gama que podemos comprar. Mas há uma área onde os telemóveis para jogos tradicionalmente deixaram a desejar — a câmara. É por isso que foi surpreendente quando a ASUS anunciou que queria ser reconhecida como um excelente telemóvel topo de gama, em vez de um excelente telemóvel para jogos. No entanto, a empresa tornou este novo smartphone de jogos, um misto de flagship habitual, e um smartphone de jogos. Será que resultou? Será que valeu a pena investir num design menos exuberante?

Especificamente, a ASUS queria que todos soubessem que prestou especial atenção à câmara desta vez, para poder lançar uma oferta premium em todos os aspectos de um telemóvel. Isto é um grande desafio. Não há dúvida de que este telemóvel é seriamente poderoso, mas inclui isto também as câmaras? Estas são várias questões que irei tentar responder e dar a minha opinião nesta análise. A ASUS teve a gentileza de nos fornecer o ASUS ROG Phone 8 Pro Edition durante 2 semanas para podermos responder a tudo isto.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 1

Unboxing

Normalmente, ninguém presta atenção à configuração inicial de um telemóvel, porque se carregou a sua conta para um telemóvel, não falta nada, certo? Errado. O ASUS ROG Phone 8 Pro tem um processo de configuração inicial muito único e, claro, é um jogo tal como os modelos anteriores. Mas antes mesmo de chegar a isso, temos de abrir a caixa.

A caixa do ASUS ROG Phone 8 Pro é uma caixa de cartão hexagonal. Puxa-se a aba vermelha e levanta-se a tampa. Somos imediatamente presenteados com o telemóvel. Na tampa, tem uma capa, o carregador e o AeroActive Cooler X adicional que podemos colocar na parte de trás para ajudar a arrefecer o telemóvel, e ainda a fazer de stand em modo horizontal.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 2

Quando ligarmos o telemóvel, não vamos guardar a caixa, porque vamos precisar dela. Ao percorrer o processo normal de configuração do Android, obtém algumas opções adicionais, como o aspecto dos ícones, qual o fundo a escolher, etc. Podemos escolher as opções do Android padrão, mas a esta altura, não vai querer, não fosse este um smartphone dedicado a jogos!

A seguir, entramos no jogo de configuração inicial. O jogo ajuda-nos a habituar-mo-nos às várias funções do telemóvel, como os Air Triggers e o giroscópio. Também temos de tocar na caixa em alguns locais para obtermos armas adicionais para a nave espacial no jogo. Toquem na zona do sensor e obtenham mísseis. Deslizem o telemóvel para o “SERVIDOR ROG” e vão obter lasers. É completamente louco. Podem ignorar tudo isto, mas honestamente, por que é que iriam fazê-lo?

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 3

Quando terminarmos com tudo isto, podemos então entrar no telemóvel propriamente dito. O telemóvel é uma verdadeira “Besta” com um processador Snapdragon 8 Gen 3, 24 GB de RAM, 1TB de armazenamento, bateria de 5.500 mAh e ecrã AMOLED de 165 Hz. Tudo aquilo que possam querer em termos de hardware, está presente no ROG Phone 8 Pro Edition.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 4

Design e Funcionalidades

Entretanto, na parte de trás existem novidades, temos um ecrã LED que pode exibir vários ícones animados, dependendo do que estivermos a fazer. Chama-se AniMe Vision. Quando estamos a jogar, diz “GAME”, quando estivermos a ouvir música ou a ver um vídeo, obtemos um equalizador gráfico na parte de trás que se move ao ritmo da música. Quando queremos tirar uma foto com temporizador, obtemos uma contagem decrescente.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 5

Nenhum destes elementos é particularmente útil, mas são muito divertidos e únicos. Podemos fazer com que o ecrã LED reproduza o logótipo da Republic of Gamers mesmo quando não estamos a fazer nada de específico. Também podemos desativar qualquer um deles para poupar bateria.

O resto do telemóvel é bastante discreto no que diz respeito aos telemóveis para jogos. A grande protuberância da câmara aloja a configuração de câmara tripla e tem uma forma de retângulo com menos um canto. A parte traseira do telemóvel, incluindo a área LED, tem um acabamento mate com uma faixa brilhante a atravessá-la. Há algumas outras palavras de destaque como “GLHF” e “Est 2006” e, claro, “Republic of Gamers”, mas para além disso, não há muito mais a dizer. Em termos de design é claramente o smartphone de jogos menos exuberante, porque assim o quis a ASUS. No entanto, pessoalmente acho o Rog Phone 7 Ultimate bem mais incrível visualmente, em comparação com esta nova variante, muito subtil.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 6

Portas USB-C

O ASUS ROG Phone 8 Pro vem com duas portas USB Type-C. A primeira está na parte inferior e não está no centro como seria de esperar. Em vez disso, encontra-se do lado esquerdo oposto à entrada para auscultadores, e a propósito, sim, este telemóvel tem uma entrada para auscultadores. A porta USB-C deslocada pode ser conveniente às vezes quando queremos carregar e usar telemóvel na orientação vertical. Em vez de tentar envolver o mindinho de forma desajeitada à volta da porta, podemos facilmente deixar o telemóvel repousar na sua base. No entanto, a maioria dos suportes para telemóveis tem passagens de cabo centradas, por isso este telemóvel não funcionará com elas, tenham isso em mente.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 7

A segunda porta USB-C está localizada na lateral esquerda do telemóvel, e pode ser usada para alimentar o AeroActive Cooler X incluído para o telemóvel ou fornecer energia ao telemóvel enquanto joga num modo de orientação de paisagem. Ambas as portas USB suportam o mesmo carregamento rápido de 65W, por isso não importa onde ligue o telemóvel. O telemóvel também suporta carregamento sem fios de 15W, o que dá sempre jeito..

Software

Além das opções de configuração inicial que pode escolher, o telemóvel tem algumas opções divertidas para pastas. A criação de pastas é muito fácil, já que cada pasta tem um símbolo de adição que lhe permite adicionar aplicações rapidamente. Também pode ampliar as pastas, semelhante a outros fabricantes chineses. O único problema com isso é que as pastas voltam aleatoriamente ao seu tamanho original, por isso não há realmente nenhum ponto.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 8

Outra coisa boa sobre as pastas é que elas se abrem perto do fundo do ecrã, o que facilita o acesso aos ícones delas com uma só mão. Da mesma forma, na gaveta de aplicações, a caixa de pesquisa aparece na parte inferior do ecrã, o que é interessante. É uma espécie de melhoria no uso diário que vamos  sentir falta quando não a tivermos.

Quanto ao restante software, é uma compilação bastante padrão do Android 14. Podem gostar da personalização do launcher que nos permite escolher a versão ASUS ou a versão Google do ecrã inicial, pacote de ícones, etc. para apimentar um pouco mais as coisas porque este é um telemóvel ASUS ROG, afinal de contas.

Armory Crate

A peça principal de software que podemos utilizar para personalizar o Rog Phone chama-se Armory Crate. Esta interface fornece todas as informações de que necessitamos sobre o telemóvel, incluindo a velocidade e temperatura atual do processador, memória disponível, otimização de ecrã, a sua biblioteca de vídeos e capturas de ecrã, definições do AeroActive Cooler X, e muito mais.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 9

O Armory Crate também serve como a sua biblioteca de jogos e permite-lhe definir otimizações para cada jogo individualmente. Pode ter mapeamentos de teclas separados, air triggers, macros e áreas de visualização separadas para jogos individuais. Além disso, pode definir o modo de desempenho do seu telemóvel para cada jogo individualmente. “Call of Duty: Mobile” vai requerer mais recursos do que outro tipo de jogos, por exemplo.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 10

Aqui também podemos configurar o ecrã AniMe Vision na parte traseira do telemóvel, incluindo carregar perfis LED personalizados. Estes não são programáveis — temos de descarregar perfis personalizados da web, o que é lamentável. Seria bom se a ASUS pudesse converter imagens .gif ou .jpg em padrões de ecrã LED, mas infelizmente esta funcionalidade não está presente, o que é uma pena.

Vai gostar de saber:  Vivo T3 Oficial com Dimensity 7300 e uma câmara de 50MP

Desempenho e bateria

Não deve ser surpresa que este telemóvel seja um excelente executante. O processador Snapdragon 8 Gen 3, que é o mesmo que vem em outros topos de gama como OnePlus 12 ou Honor Magic 6 Pro, é extremamente rápido. Jogos como “Call of Duty: Mobile” e “Genshin Impact” correm muito bem. Mas vão notar um desempenho extra mesmo em tarefas do dia-a-dia como abrir aplicações e pastas. O telemóvel parece responder a qualquer comando com facilidade. É o telemóvel mais responsivo que já usei e aqui não vão ficar à espera que certas aplicações abram, como em alguns equipamentos, é quase instantâneo.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 11

Quanto ao Geekbench, o ASUS ROG Phone 8 Pro abre o modo “X” que coloca um prémio no desempenho logo que abre o Geekbench. Está a manipular o sistema? Talvez um pouco, mas pelo menos há transparência, por isso, é o que é. Quanto aos números, este telemóvel obtém facilmente 2.165/6.718 pontos de single core e multi core e, como esperado, está lá em cima com os melhores executantes do mercado. Mas números são números, e o seu desempenho é facilmente avaliado, como o uso dele no dia a dia.

Apesar deste desempenho enérgico, o ASUS ROG Phone 8 Pro é facilmente um telemóvel para dois dias, mas para realmente acertar nestes números, devemos desativar o painel LED AniMe na parte de trás se não quisermos descarregar a bateria desnecessariamente. Algumas animações são divertidas, mas algumas delas são supérfluas. No geral, podemos facilmente atingir dois dias com uso moderado antes de precisarmos de carregar novamente, e com o carregador de 65W incluído na caixa ainda será mais rápido o seu carregamento..

Câmaras ainda aquém

A ASUS quer que pensemos no ROG Phone 8 Pro como um verdadeiro telemóvel topo de gama em todos os sentidos, incluindo a câmara. Ficarão felizes em saber que este é o melhor conjunto de câmaras que podemos obter num telemóvel para jogos, mas este é um padrão bastante baixo. A ASUS tem ambições nobres aqui, mas ainda tem um longo caminho a percorrer para cumprir estas ambições. Dito isto, há alguns sucessos e alguns fracassos.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 12
Tirado com ROG Phone 8 Pro

 

O telemóvel vem com uma configuração de câmara tripla na parte de trás. A câmara principal é uma câmara de 50 megapixels com abertura f/1.9 e OIS estabilizado por gimbal. A telefoto é uma câmara de 32 megapixels com abertura f/2.4 e zoom ótico de 3x, e a câmara ultra grande angular é um sensor de 13 megapixels com abertura f/2.2 e campo de visão de 120 graus. Na teoria, isto não é mau.

Na realidade, as fotos diurnas são boas, mas limitadas ao “bom para redes sociais”. Num ecrã pequeno, as fotos tiradas durante o dia parecem perfeitamente normais, mas quando as ampliamos para a resolução de 100%, características como a relva e a natureza começam a perder profundidade e definição. Há também uma diferença de cor perceptível entre as três lentes, especialmente no céu azul, que parece quase branco na lente ultra grande angular, azul claro na lente principal e quase azul-esverdeado na telefoto. Há trabalho a fazer aqui com a ciência das cores.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 13
Tirado com ROG Phone 8 Pro

 

O vídeo, por outro lado, tem uma estabilização muito boa, graças ao sensor principal montado num gimbal. Isto é uma herança da linha Zenfone da ASUS e tem um desempenho admirável tanto em boas condições de luz como em condições de pouca luz.

Embora a imagem do vídeo possa ficar um pouco instável com os passos, não é desconfortável ou perturbadora. O mesmo se pode dizer à noite — na sua maioria. Especificamente, o tremor que normalmente se vê ao filmar à noite e a andar está quase (mas não completamente) ausente. Isto é bastante importante porque todos os telemóveis, exceto os melhores, sofrem com isso.

Claro, o vídeo capturado é apenas OK. É utilizável, mas não é incrível. Há bastante grão nas áreas mais escuras e as fontes de luz tendem a ficar sobre-expostas. Poderia ser pior a gravar vídeo à noite, mas também poderia ser muito melhor.

No total, o conjunto de câmaras deste telemóvel é bom e aceitável, mas certamente não é de qualidade topo de gama. Para um telemóvel para jogos, está bom, mas certamente não cumpre as ambições declaradas da ASUS. Se isso é bom para vocês ou não, é uma questão que só vocês podem responder. No entanto, parece que a ASUS colocou a fasquia demasiado elevada neste departamento.

Preço, Disponibilidade

O ASUS ROG Phone 8 Pro está disponível no website da ASUS por 1.249 euros com 16 GB de RAM e 512 GB de armazenamento. E o modelo que pudemos testar nas últimas duas semanas (com 24 GB/1 TB de RAM/ROM), a ASUS está a pedir 1.549 euros. Se quiserem poupar algum dinheiro, o ASUS ROG Phone 8 tem as mesmas especificações, mas com 16 GB de RAM, 256 GB de armazenamento, um logótipo ROG RGB na parte de trás (em vez do ecrã LED AniMe) por 1.149 euros. Mas em Portugal esta diferença de preços de 100 euros para a versão Pro, não faz nenhum sentido, a Asus podia bem ter colocado nos 999 euros e seria bem mais atraente o preço.

Análise ASUS ROG Phone 8 Pro - O smartphone de jogos que quer ser mais do que isso 20

Veredito

O ASUS ROG Phone 8 Pro Edition é um ambicioso híbrido entre um smartphone topo de gama convencional e um dispositivo dedicado aos jogadores. A ASUS, reconhecendo a necessidade de uma experiência completa, investiu consideravelmente na melhoria das câmaras, tradicionalmente um ponto fraco nos telefones para jogos. No entanto, apesar dos esforços, as câmaras ainda ficam aquém das expectativas de um verdadeiro dispositivo flagship tradicional.

O desempenho e a experiência geral oferecidos pelo ROG Phone 8 Pro são impressionantes. Equipado com um processador poderoso, uma enorme quantidade de RAM e armazenamento, além de recursos de carregamento rápido e arrefecimento  adicional, este smartphone atende aos jogadores mais exigentes. O design, embora menos extravagante em comparação com seus predecessores, mantém elementos distintivos que o identificam como um dispositivo para jogos.

No entanto, o preço elevado pode ser um obstáculo para muitos consumidores, especialmente considerando as limitações ainda presentes na qualidade das câmaras. Embora seja um passo na direção certa para a ASUS, o ROG Phone 8 Pro pode não justificar o investimento total para aqueles que valorizam tanto a experiência fotográfica quanto a de jogos. No entanto, para os fãs dos jogos que procuram o máximo desempenho, o ROG Phone 8 Pro continua a ser uma opção atraente, embora com algumas ressalvas em relação ao seu preço e recursos fotográficos. Podemos mesmo dizer, que continua a ser o melhor smartphone para jogos no mercado, mas que a Asus não precisa focar-se na fotografia, que quem o compra, não é pela fotografia, mas por tudo o resto. E em tudo o resto o Rog Phone 8 Pro é simplesmente imbatível. 

 

90%
Incrível

Continua a ser o melhor smartphone de jogos

O ASUS ROG Phone 8 Pro Edition é um ambicioso híbrido entre um smartphone topo de gama convencional e um dispositivo dedicado aos jogadores. A ASUS, reconhecendo a necessidade de uma experiência completa, investiu consideravelmente na melhoria das câmaras, tradicionalmente um ponto fraco nos telefones para jogos. No entanto, apesar dos esforços, as câmaras ainda ficam aquém das expectativas de um verdadeiro dispositivo flagship tradicional.

  • Poderoso!

No entanto, para os fãs dos jogos que procuram o máximo desempenho, o ROG Phone 8 Pro continua a ser uma opção atraente, embora com algumas ressalvas em relação ao seu preço e recursos fotográficos. Podemos mesmo dizer, que continua a ser o melhor smartphone para jogos no mercado, mas que a Asus não precisa focar-se na fotografia, que quem o compra, não é pela fotografia, mas por tudo o resto. E em tudo o resto o Rog Phone 8 Pro é simplesmente imbatível. 

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!