Android Geek
O maior site de Android em Português

A Samsung planeia passar por cima do processo de 4nm e passar diretamente para 3nm

Os processos de 10nm e 7nm são os que estão a ser usados no momento e neste momento o Chipset de 5nm que deve estrear em breve, provavelmente no Galaxy Note20. O novo  processador principal da Samsung de próxima geração conhecido como Exynos 992 será fabricado usando um processo de 5nm.

Em 2017, a Samsung anunciou os seus planos de produção de Chipsets, de 10nm a 4nm. Os processos de 10nm e 7nm são os que estão a ser usados no momento e neste momento o Chipset de 5nm que deve estrear em breve, provavelmente no Galaxy Note20. O novo  processador principal da Samsung de próxima geração conhecido como Exynos 992 será fabricado usando um processo de 5nm. A produção em massa está prevista ganhar tracção com o lançamento da série Galaxy Note20.

Samsung Exynos 9710

A plataforma DigiTimes e confiáveis fontes do setor dizem que a Samsung pode estar a planear não passar totalmente ao lado do nó de 4nm. Em vez disso, a gigante coreana passará do processo de 5 nm para 3 nm. Esse é caminho diametralmente oposto ao do que a TSMC está a planear que consiste na utilização de um processo de 4nm N4 com previsão de conclusão em 2023. A ideia da TSMC é dar aos seus clientes várias opções e preços para escolher. A TSMC também garantiu um investimento de US $ 20 mil milhões na sua unidade de produção de Chipsets de 3nm, que deve estar operacional até 2022.

Embora a Samsung seja o único fabricante que pode efetivamente acompanhar a TSMC em termos de tecnologia, continua a ficar para trás em termos de crescimento neste setor. A TSMC já garantiu pedidos de empresas como Apple, Qualcomm e Huawei, e já sabemos que a Samsung recebeu alguns pedidos para produzir em massa Chipsets de 5 nm para o modem Snapdragon X60 5G da Qualcomm. Alguns pedidos serão entregues à TSMC, a fim de minimizar riscos, ter melhor alavancagem de preços e cumprir as entregas num determinado período de tempo.

Esperamos que a Samsung mantenha a produção de 5nm ao longo de 2021, que é o ano em que a empresa lança o Exynos 1000. Ao passar diretamente para a tecnologia de 3nm, a Samsung poderá direcionar mais recursos para um nó com melhorias e eficiente. Isto por outro lado também significa que a empresa pode perder um grande volume de pedidos de parceiros em potencial, que agora provavelmente se vão virar para a TSMC como uma opção melhor, graças à sua próxima tecnologia de 4nm.

(fonte)

 

Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!

Este Website usa cookies para providenciar uma melhor experiência. Pode recusar se desejar. Aceitar Saber Mais