‎A China vai superar a Coreia do Sul no mercado de displays OLED e LCD

De acordo com um relatório da BusinessKorea, a BOE começou a enviar painéis OLED de 6,1 polegadas para a série iPhone 13 da Apple no mês passado

‎A China está a caminho de superar a Coreia do Sul nos mercados de displays OLED e LCD. A BOE, fabricante chinesa de displays, está a expandir a sua parceria com a Apple, aumentando a sua presença nos mercados de OLED e LCD.‎

‎De acordo com um relatório da BusinessKorea, a BOE começou a enviar painéis OLED de 6,1 polegadas para a série iPhone 13 da Apple no mês passado. Após alguns testes na Apple, espera-se que esses envios aumentem ainda mais. Anteriormente, a BOE só tinha fornecido painéis OLED para modelos de iPhone recondicionados. No entanto, a fabricante chinesa de displays agora é responsável por até 40% dos produtos OLED da Apple.‎

‎A China vai superar a Coreia do Sul no mercado de displays OLED e LCD 1

‎A Samsung Electronics, por outro lado, viu a sua participação na cadeia de fornecedores OLED diminuir ao longo do tempo. Em 2017, as fabricantes chinesas de painéis LCD alcançaram os fabricantes de painéis LCD sul-coreanos. Isso parece refletir-se no mercado de painéis OLED, com a BOE a liderar os fabricantes chineses. A LG Display e Samsung Display são os dois principais fabricantes de OLED no mercado global, de momento.‎

‎As duas marcas, no entanto, estão a crescer em um ritmo bastante mais lento do que as suas homólogas chinesas. Enquanto que a Samsung e a LG tinham taxas médias de crescimento anual de 12% e 19%, a BOE e CSOT tinham taxas de crescimento anuais de 25% e 52%, respetivamente. Por outras palavras, espera-se que elas alcancem e possivelmente ultrapassem estas empresas sul-coreanas num futuro próximo.

‎A China vai superar a Coreia do Sul no mercado de displays OLED e LCD 2

Os ecrãs OLED da BOE para o iPhone 13 estão ser fabricados no complexo Mian Yang, na província de Sichuan, onde a empresa já está a produzir o mesmo ecrã para a HuaweiHonorXiaomi e Vivo.‎

‎Esta situação da BOE irá aumentar a pressão na LG Display e na Samsung Display, especialmente este último, que tem dominado o fornecimento de ecrãs OLEDs para iPhones desde 2017. Um terceiro fabricante para a Apple irá conceder à empresa maior poder de negociação sobre os seus fornecedores sul-coreanos.‎

‎A BOE já faz displays LCD para o Apple iPad, mas tem vindo a tentar há anos entrar na cadeia de fornecedores do iPhone com sucesso limitado. Mas agora parece que isso está a começar a mudar.‎

Leiam as últimas notícias do mundo da tecnologia no Google News , Facebook  e Twitter e também no nosso Grupo de Telegram
Todos os dias vos trazemos dezenas de notícias sobre o mundo Android em Português. Sigam-nos no Google Notícias. Cliquem aqui e depois em Seguir. Obrigado!