Xperia Z5 Premium só utiliza a resolução 4K na reprodução Multimédia

Xperia Z5 Premium só utiliza a resolução 4K na reprodução Multimédia

 

O Sony Xperia Z5 Premium tornou-se muito famoso na altura do seu lançamento porque foi o primeiro smartphone a disponibilizar a tecnologia 4K num smartphone. E isso foi um feito impressionante, pois coloca 8 milhões de pixeis num ecrã de apenas 5,5 polegadas, e para que tenham a noção dessa dimensão o gadget da Sony tem 880 ppi, enquanto que o Samsung Galaxy S6, por exemplo, possui 557 ppi.

Na teoria isso torna-o um ecrã maravilhoso, mas na pratica e depois de se analisar o aparelho chega-se à conclusão que o aparelho nem sempre executa a resolução de ecrã nativa, especialmente quando se trata da interface do Android. Após muitas especulações sobre a execução em Full HD e não 4K em determinadas partes do sistema, a Sony resolveu manifestar-se oficialmente sobre o assunto e explicar porque é que a empresa usou o conceito “4K sob demanda” no Xperia Z5 Premium.

A empresa informou que a resolução 4K do smartphone é, de facto, reservada apenas para conteúdos de imagem e vídeo que podem usufruir desse benefício. Todos os outros conteúdos são processados numa resolução de 1080p ou inferior, com o intuito de preservar a vida da bateria e optimizar o desempenho do aparelho.

 

Xperia Z5 Premium features a 4K display with a resolution of 3840×2160 pixels based on SID Standard and enables all video and image content to be enjoyed in 4K resolution. All other content is displayed at 1080P or lower resolution in order to optimise the performance and battery stamina for this device, ensuring you can enjoy the 4K resolution when you need it most.

 

É claro que isto faz todo sentido, uma vez que os benefícios oferecidos pelos 4K nas tarefas diárias de um smartphone provavelmente não valem a pressão extra sobre os componentes de processamento do smartphone.
Resumindo: os smartphones ainda não estão preparados para suportar a resolução 4K no uso diário, antes de tudo é preciso que o hardware evolua a ponto de lidar tranquilamente com a resolução sem sobrecargas. E depois as baterias também ainda não têm a capacidade de lidar bem com o excessivo consumo energético que o a resolução 4k iria causar.

Esta não é a primeira vez que a Sony necessita de vir a público para “explicar melhor” o uso de seus smartphones. Recentemente, a empresa fez uma alteração extremamente controversa na sua postura em relação aos seus telefones à prova d’água e a ordem agora é que eles não devem ser utilizados submersos.

 

 

 

FONTE

Poderá gostar de: Mais do autor

Comentários estão fechados.